Percurso histórico do ensino da língua portuguesa no Brasil : vestígios em concepções docentes atuais

The main objective of this research is to promote a reflection on the Portuguese language teaching in Brazil since the beginning of its colonization to the present day, not only to have a panoramic vision of the process, but, above all, to understand how this historic route was built, which factors...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Fontes, Pedro Marcelo Rocha lattes
Orientador/a: Carvalho, Maria Leônia Garcia Costa
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de Sergipe
Programa: Pós-Graduação em Letras
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://ri.ufs.br/handle/riufs/5680
Citação:Fontes, Pedro Marcelo Rocha. Percurso histórico do ensino da língua portuguesa no Brasil : vestígios em concepções docentes atuais. 2015. 180 f. Dissertação (Pós-Graduação em Letras) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2015.
Resumo Português:O objetivo principal desta pesquisa é promover uma reflexão sobre o ensino da língua portuguesa no Brasil desde o princípio de sua colonização até nossos dias, não apenas para se ter uma visão panorâmica do processo, mas, sobretudo, para se entender como se delineou esse percurso histórico, quais fatores e acontecimentos influenciaram na constituição da disciplina escolar Língua Portuguesa motivando ou determinando, ao longo do tempo, mudanças, avanços ou retrocessos que se manifestaram nas metodologias e práticas de linguagem adotadas nas escolas. Pretendeu-se, também, nesse estudo, refletir sobre as concepções de língua, de linguagem e de gramática que perpassam a prática dos professores de língua materna em nossos dias e que norteiam o seu trabalho, no intuito de perceber se os conhecimentos linguísticos adquiridos na universidade ou em cursos de formação de professores influenciam ou não seu tirocínio docente. Para tanto, foi utilizada a pesquisa bibliográfica, primeiramente com base em autores como Silva Neto (1977, 1979), Ilari e Basso (2006), Naro e Scherre (2007), Spina (1987) e Noll (2008), entre outros, que contribuíram na construção da parte histórica; posteriormente, buscou-se apoio em Bakhtin (1997, 2010), Geraldi (2006a, 2006b, 2013), Britto (1997), Koch (2005, 2006), Neves (1997, 2006), Castilho (2010) e em documentos oficiais, tais quais os Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN (1998) e as Leis de Diretrizes e Bases (LDB), com o escopo de trazer para a cena estudos da Linguística mais atuais e diretrizes do Ministério da Educação – MEC, que têm influenciado o ensino da língua materna a partir do final do século passado. Além dessas retomadas teóricas, foram utilizados questionários, como corpus de pesquisa, aplicados a professores de língua portuguesa do Ensino Fundamental II (3º e 4º ciclos) da rede municipal da cidade de Lagarto-SE, com o intuito de perceber, em suas respostas, o seu conhecimento sobre concepções de língua/linguagem, tipos de gramática e, consequentemente, ensino de língua, e se esse conhecimento se manifesta em seus discursos, a ponto de dar indicativos, de influenciar seu exercício docente. Também procurou-se averiguar, nas exposições dos docentes investigados, vestígios da história da língua e do seu ensino no Brasil. A análise do corpus assumiu uma perspectiva mista (quantitativa e qualitativa) com predominância dos aspectos quantitativos sobre os qualitativos, tendo em vista a forma como o instrumento utilizado (questionários) foi construído. Os dados da análise permitem inferir que o ensino apresenta certa evolução ao longo do tempo, mas parte significativa dos professores ainda está presa a uma forte tradição gramatical baseada, principalmente, na norma. Além disso, constatou-se que as dificuldades de associação entre teoria e prática persistem até os dias atuais e representam o grande desafio do professor de língua portuguesa.
Resumo inglês:The main objective of this research is to promote a reflection on the Portuguese language teaching in Brazil since the beginning of its colonization to the present day, not only to have a panoramic vision of the process, but, above all, to understand how this historic route was built, which factors and events influenced the formation of the subject school, Portuguese Language, motivating or determining, over time, change, progression or regression that have turned up in the language methodologies and practices in schools. Also, in this study, there was intent to reflect on tongue, language and grammar conceptions that underlie the practice of mother tongue teachers nowadays and that guide their work, in order to understand if the language knowledge acquired in university or teacher training courses influence or not their teaching concept. Therefore, literature research was used, at first, based on authors such as Silva Neto (1977, 1979), Ilari and Basso (2006), Naro and Scherre (2007), Spina (1987) and Noll (2008), among others that contributed to the building of the historic part; subsequently, there was support by Bakhtin (1997, 2010), Geraldi (2006a, 2006b, 2013), Britto (1997), Koch (2005, 2006) Neves (1997, 2006), Castillo (2010) and official documents, such as Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN (1998) and Leis de Diretrizes e Bases (LDB), with the aim of bringing to the scene most current Linguistics studies and guidelines of the Ministry of Education - MEC, which have influenced the mother tongue teaching from the end of the last century. In addition to these theoretical resumed, questionnaires were used in the corpus of research, applied to Portuguese language teachers of the Ensino Fundamental II (3rd and 4th cycles) of the municipal system from Lagarto-SE, in order to realize, in their answers, their understanding about tongue/language, types of grammar and, hence, language teaching, and if this knowledge is manifested in their speeches, indicating influence on their teaching practice. Also, historic traces of the language and its teaching in Brazil were verified, from exhibitions of the investigated teachers. The analysis of corpus has taken a mixed approach (quantitative and qualitative) with a predominance of the quantitative aspects above the qualitative ones, considering how the instrument used (questionnaires) was built. Data of analysis can infer that teaching presents some development over time, but significant proportion of teachers is still directed toward a strong grammatical tradition based, mainly, in rule. Besides, the difficulties of association between theory and practice have persisted to the present time and represented the major challenge of the Portuguese language teacher.