Avaliação da cicatrização de feridas por hidrogel contendo extrato seco padronizado de Hyptis pectinata (L.) em ratos

The veined ulcers are a very common problem and his very expensive treatment. The World-wide Organization of Health and Brazil they have been stimulating the use of medicinal plants. For so much we have like objective: 1) to Carry out a systematic revision about the fitoterápicos with activity cicat...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2018
Main Author: Freitas, Anderson Leite
Orientador/a: Antoniolli, Ângelo Roberto
Co-orientador/a: Silva, Francilene Amaral da
Format: Tese
Language:por
Programa: Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/8563
Citação:FREITAS, Anderson Leite. Avaliação da cicatrização de feridas por hidrogel contendo extrato seco padronizado de Hyptis pectinata (L.) em ratos. 2018. 93 f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) – Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2018.
Resumo Português:Úlceras venosas são um problema muito comum e seu tratamento muito caro. A Organização Mundial de Saúde e o Brasil têm incentivado o uso de plantas medicinais. Para tanto temos como objetivo: 1) Realizar uma revisão sistemática acerca dos fitoterápicos com atividade cicatrizante, 2) Desenvolver e validar uma metodologia analítica para quantificação do extrato aquoso e produtos derivados de Hyptis pectinata (L.), 3) Investigar o potencial cicatrizante do extrato seco padronizado de H. pectinata incorporado ao hidrogel em modelo tecidual de ferida excisão em ratos, 4) verificar possíveis alterações do extrato seco padronizado da H. pectinata incorporado ao hidrogel, no processo de cicatrização de feridas cutâneas induzidas. A pesquisa buscou em português, inglês e espanhol, nas bases de dados: Cinahl, Lilacs, Medline/Pubmed, Scopus e Web of Science, usando os descritores: Plants, Medicinal, Wound Healing e Varicose Ulcer. A busca da revisão sistemática produziu 3.505 artigos, sendo que sete foram selecionados para inclusão na revisão. Dos estudos incluídos, sete (100%) avaliaram a redução da área de úlcera, quatro (57,14%) avaliaram reepitelização, dois (28,57%) avaliaram a flora bacteriana e um (14,28%) avaliaram a pressão de oxigênio e dióxido de carbono percutâneo. Uma metaanálise foi realizada em dois estudos que analisaram os efeitos do hidrogel incorporado com Mimosa tenuiflora no tratamento da úlcera venosa e incluíram 42 pacientes, com idade média de 60,5 anos, e duração média de tratamento de 10,5 semanas. A heterogeneidade foi avaliada utilizando I2, resultado em um alto valor de 84%. O hidrogel que incorporou M. tenuiflora pareceu ser um candidato promissor para o tratamento de úlceras venosas. Foi desenvolvido e validado um método analítico por cromatografia líquida de alta eficiência para a quantificação de substâncias no extrato aquoso de H. pectinata conforme resolução RDC 899 da Anvisa. O método apresentou boa repetibilidade, robustez, exatidão, especificidade, reprodutibilidade e precisão intermediária. Para a avaliação da atividade cicatrizante foram realizados experimentos com 3, 7 e 14 dias em modelos animais. As lesões tratadas com HP5 no tempo de 3 dias obtiveram uma redução significativa (p<0,05) em relação ao grupo controle (CTL). Nas lesões acompanhadas por 14 dias tratadas com HP5 houve uma redução significativa (p<0,05) em relação às lesões do grupo tratado com CTL. Na análise histomorfológica dos scores do grupo tratado por 3,7 e 14 dias não houve diferença significativa entre o grupo CLT e o grupo HP5. Os resultados sugerem que o hidrogel de H. pectinata apresentou melhora no reparo cicatricial em modelo animal, mas precisa de mais estudos para corroborar com os achados deste estudo.
Resumo inglês:The veined ulcers are a very common problem and his very expensive treatment. The World-wide Organization of Health and Brazil they have been stimulating the use of medicinal plants. For so much we have like objective: 1) to Carry out a systematic revision about the fitoterápicos with activity cicatrizante, 2) to Develop and to validate an analytical methodology for quantificação of the aqueous extract and products been derived from Hyptis pectinata (L.) 3) to Investigate the potential cicatrizante of the standardized dry extract of H. pectinata when to check possible alterations of the standardized dry extract of H. pectinata incorporated to a hidrogel, in the process of scarring of induced cutaneous wounds was incorporated to a hidrogel in model tecidual of injured in mice, 4). The inquiry looked in Portuguese, Englishman and Spaniard, in the bases of data: Cinahl, Lilacs, Medline/Pubmed, Scopus and Web of Science, using the descritores: Plants, Medicinal, Wound Healing and Varicose Ulcer. The search of the systematic revision produced 3.505 articles, being that seven were selected for inclusion in the revision. Of the included studies, seven (100 %) valued the reduction of the area of ulcer, four (57,14 %) valued reepitelização, two (28,57 %) valued the bacterial flora and one (14,28 %) valued the pressure of oxygen and carbon dioxide percutâneo. A mark-analysis was carried out in two studies that analysed the effects of the hidrogel incorporated with Mimosa tenuiflora in the treatment of the veined ulcer and included 42 patients, with middle age of 60,5 years, and middle duration of treatment of 10,5 weeks. It was valued the heterogeneity using I2, when it turned in a high value of 84 %. The hidrogel that it incorporated M. tenuiflora seemed to be a promising candidate for the treatment of veined ulcers. An analytical method was developed and validated for cromatografia liquid of high efficiency for the substances quantificação in the aqueous extract of H. pectinata according to resolution RDC 899 of the Anvisa. The method presented boa repetibilidade, strength, exactness, especificidade, reproductiveness and intermediary precision. For the evaluation of the activity cicatrizante experiments were carried out with 3, 7 and 14 days in animal models. The injuries treated with HP5 in the time of 3 days obtained a significant reduction (p<0,05) regarding the group control (CTL). In the injuries accompanied by 14 days treated with HP5 there was a significant reduction (p<0,05) regarding the injuries of the group treated with CTL. In the analysis histomorfológica of the scores of the group treated by 3,7 and 14 days there was no significant difference between the group CLT and the group HP5. The results suggest that the hidrogel of H. pectinata presented improvement in the repair cicatricial in animal, but precise model of more studies to corroborate with the finds of this study.