A formação do empreendedor

Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2001
Main Author: Pereira, Sonia Maria
Orientador/a: Gauthier, Fernando Alvaro Ostuni
Format: Tese
Language:por
Published: Florianópolis, SC
Online Access:http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/82131
Resumo Português:Neste trabalho, propõe-se fundamentar procedimentos metodológicos para o desenvolvimento e a atualização de habilidades do sujeito empreendedor. Considera-se a complexidade da construção de seu perfil, pois a modificação de comportamentos e atitudes deve se processar num ambiente de transformações históricas aceleradas. Tal ambiente, gerador de indefinições, é uma arena de luta de forças em todos os níveis. Os riscos e as possibilidades dessa, luta agilizados pela velocidade dos acontecimentos, evidenciam as contradições e conflitos humanos e exigem de todos os indivíduos um esforço enorme para se adaptar ao novo contexto. O comportamento empreendedor não apenas se ajusta à necessidade de organização e aproveitamento de recursos humanos atuais como pode organizar a produção de riqueza de maneira inovadora, para além da adaptação e sobrevivência dos indivíduos. Segundo a perspectiva que fundamenta os procedimentos metodológicos a serem utilizados ou aplicados na formação dos empreendedores mais jovens, os valores, atitudes e crenças dos adultos, que foram construídos historicamente, são filtros para a apreensão do significado dos conceitos. Dessa maneira, o envolvimento do adulto no desenvolvimento de habilidades e na orientação dos jovens e crianças é fundamental para a definição de um perfil refletido e capaz de alterar-se a si mesmo, e nisto consiste boa parte da complexidade que envolve a questão. O caminho aqui percorrido objetiva orientar passos para uma atuação significativa e motivadora do adulto, de forma a facilitar, a ampliar sua percepção para a antecipação e resolução de necessidades, aumentando, no processo de formação, as chances de sucesso e sobrevivência dos indivíduos mais jovens e empreendedores.