Compartilhamento do conhecimento nos cursos de capacitação da Universidade Federal de Santa Catarina

Esta dissertação tem como objetivo verificar a contribuição do compartilhamento do conhecimento por meio dos cursos de capacitação e aprimoramento ofertados na UFSC ao seu corpo administrativo. Busca-se identificar, por meio do objetivo geral, as relações de troca existentes entre os sujeitos envolv...

Access Level:openAccess
Publication Date:2014
Main Author: Delfino, Nelson
Advisor: Rados, Gregório Jean Varvakis
Co-advisor: Remor, Carlos Augusto Monguilhott
Format: masterThesis
Language:por
Online Access:https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/123435
Portuguese Abstract:Esta dissertação tem como objetivo verificar a contribuição do compartilhamento do conhecimento por meio dos cursos de capacitação e aprimoramento ofertados na UFSC ao seu corpo administrativo. Busca-se identificar, por meio do objetivo geral, as relações de troca existentes entre os sujeitos envolvidos nas atividades de capacitação e a forma de organização, e se neste processo de capacitar pessoas ocorrem o compartilhado do conhecimento e o seu entesouramento organizacional. Para tanto, por meio dos objetivos específicos, de descrever o plano de capacitação, categorizar o obtido com entrevistas junto aos gestores e a frequência dos questionamentos feitos aos participantes dos cursos de capacitação, estruturou-se a pesquisa, na forma de identificar a ocorrência e os meios estruturais de condução das formas de processos de capacitação pela organização. Através dos dados levantados junto aos sujeitos envolvidos na pesquisa, buscou-se identificar através dos fatores "comunidade" e "pessoal", se há o compartilhamento do conhecimento nos cursos por meio da percepção dos participantes da pesquisa. Desta forma, efetivou-se um estudo de caso, com abordagem pragmática (mista) nos cursos de capacitação da Universidade Federal de Santa Catarina, para evidenciar as relações existentes dentro de um ambiente de aprimoramento profissional. Usou-se a método de triangulação de dados, com o intuito de identificar a convergência destes para identificação, se as formas de gestão da capacitação de pessoas na Instituição geram o aprimoramento do conhecimento e se o que é gerado cria novas competências e se estas são entesouradas em um ciclo virtuoso de tácito-pessoal para explícito-organizacional. Destacaram-se, nos resultados, as formas de condução e estruturação desta comunidade de troca de conhecimento e as relações das pessoas envolvidas nos processos de capacitação. Foram identificadas as percepções dos envolvidos no processo de gestão, as visões dos participantes e as limitações existentes nos processos de troca e decisão. Concluiu-se que o compartilhamento do conhecimento acontece nos cursos, porém novas formas e meios de trocas devem ser incentivados para o constante aprimoramento do setor de gestão de pessoas da instituição.<br>
English Abstract:Abstract : This thesis aims to determine the contribution of knowledge sharing through training courses offered at UFSC employees. It Seeks to identify, through the main objective, the existing exchange relations between those involved in training activities and organizational form, and if, in this process of empowering people, knowledge sharing and its organizational hoarding occur. For that, through specific objectives, which were to describe the training plan, to categorize the data obtained with the interviews with the managers and with the answers from the participants of the training courses; the research was structured in a way to identify the occurrence and structural means of conducting forms of training processes by the organization. Through the data collected from the sample, we sought to identify factors through the "community" and "personal" determined by Sulaiman (2010), if there is knowledge sharing in courses through the perception of the respondents. Thus, case study was carried out through mixed pragmatic approaches in training courses at the Federal University of Santa Catarina, in order to reveal the existing relations within an environment of professional development. The used method was data triangulation, to identify the convergence of these data for identification, aiming to understand if the forms of the institution's people training management generate the improvement of knowledge and if what is generated creates new skills and if these are enshrined in a virtuous cycle of personnel - tacit to organizational - explicit. The highlights of the results were the way of conducting and structuring this community of knowledge exchange and the people's relationships involved in the training processes. The perceptions of those involved in the management process, the views of participants and limitations in the processes of exchange and decision were identified. It was concluded that knowledge sharing happens in the courses, but new ways and means of exchange should be encouraged to constantly improve the institution's people management sector.