Responsabilidade social: uma estratégia empreendedora

Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2004
Main Author: Karkotli, Gilson Rihan
Orientador/a: Fialho, Francisco Antonio Pereira
Format: Tese
Language:por
Published: Florianópolis, SC
Online Access:http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/87582
Resumo Português:O presente trabalho vem discutir o exercício da responsabilidade social como estratégia empreendedora nas organizações, chamando a atenção dos empreendedores para a importância, bem como para os benefícios e vantagens, que poderão obter com a prática e implementação de uma gestão da responsabilidade social em suas empresas. O trabalho procurou inicialmente pesquisar os aspectos conceituais e evolutivos da responsabilidade social perpassando por vários posicionamentos que marcam a evolução histórica das preocupações com o tema e seu tratamento no âmbito social e empresarial. Na seqüência apresenta-se os principais indicadores da responsabilidade social,com ênfase para o indicador de sustentabilidade social, que busca auferir o retorno do investimento. Em decorrência foi construído um quadro teórico para identificar as interfaces entre estratégia empreendedora e responsabilidade social nas organizações no qual foi comprovado teoricamente que a responsabilidade social é uma estratégia empreendedora. Foi realizada uma pesquisa empírica onde se buscou identificar se a responsabilidade social é uma estratégia empreendedora por meio do método estudo de multicasos. A partir dos resultados obtidos defende-se a tese de que toda empresa responsável social é empreendedora na sua essência, confirmando desta forma os pressupostos do estudo realizado, no qual pretendeu-se evidenciar que a responsabilidade social é uma estratégia empreendedora. Destaca-se o fato de que, a responsabilidade social não é filosofia, técnica, modismo, gestão e ideologia, mas sim uma estratégia empreendedora que transforma uma organização tornando-a competitiva, dinâmica, transparente, humana, ética e por meio destes a sua imagem de marca se solidifica. Trazendo como conseqüência, retorno financeiro em lucratividade assim como no mercado de capitais, aliado ao fato do lucro social contribuir para melhoria na qualidade de vida de todos seus stakeholders.