Hábitos de estudo, tecnologia e a matemática: a importância de um novo enfoque

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2001
Main Author: Gaspar, Diva Eugenia Sabadin
Orientador/a: Fialho, Francisco Antonio Pereira
Format: Dissertação
Language:por
Published: Florianópolis, SC
Online Access:http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/79416
Resumo Português:O objetivo desta pesquisa buscou uma metodologia mais adequada à apropriação do conhecimento matemático, destacou-se origem, importância e um breve histórico, em busca de uma matemática para todos. Através da análise de teorias pedagógicas redirecionou-se o ensino da matemática levando o aluno a construir o conhecimento fazendo uso das novas tecnologias. Partimos do pressuposto de que todos têm capacidade inata de aprender, e que deve-se estimular o aluno construir o conhecimento de forma interativa e prazerosa sem imposições. Caracteriza-se como um estudo exploratório em que se empregou revisão bibliográfica e entrevista estruturada. Participaram da pesquisa 20 professores e 451 alunos do Ensino fundamental e Ensino Médio. Questionou-se hábitos de estudo e o apreço pela matemática. Quanto aos professores, o questionamento referiu-se as dificuldades encontradas no ensino-aprendizagem, buscando através das teorias e das novas tecnologias melhorar sua prática pedagógica. Os instrumentos da pesquisa foram: levantamento de dados, entrevista informal e análise de teorias pedagógicas. Através de pesquisa bibliográfica, buscou-se fundamentação metodológica dentro da teoria de Reuven Feuerstein, que vê o professor como mediador do processo ensino-aprendizagem. Os resultados apontam para urgência de reformulação de postura pedagógica e metodológica, pois, exige alteração de posicionamento e da estrutura da própria escola relativamente ao aprendizado individual e coletivo.