Estudo comparativo da bioatividade de compostos fenólicos em plantas medicinais

Phenolic compounds are secondary metabolites, widely distributed in the plant kingdom, which present antiinflamatory, antibacterial, antiviral, antialergical and antitumoral activities, in addition to antioxidant activities. Even in low concentrations compared to the oxidant substrate, the antioxida...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2013
Main Author: Lima, Fernanda Oliveira lattes
Orientador/a: Carvalho, Leandro Machado de lattes
Banca: Monserrat, José María lattes, Stülp, Simone lattes, Fighera, Michele Rechia lattes, Ieggli, Carine Viana Silva lattes
Format: Tese
Language:por
Published: Universidade Federal de Santa Maria
Programa: Programa de Pós-Graduação em Química
Department: Química
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://repositorio.ufsm.br/handle/1/4268
Citação:LIMA, Fernanda Oliveira. Comparative study of the bioactivity of phenolic compounds in medicinal plants. 2013. 145 f. Tese (Doutorado em Química) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2013.
Resumo Português:Os compostos fenólicos constituem-se por um grupo de metabólitos secundários, amplamente distribuídos no reino vegetal, que apresentam propriedades antinflamatórias, antibacterianas, antivirais, antialérgicas e antitumorais, além de possuírem propriedades antioxidantes. Mesmo presentes em baixas concentrações em relação ao substrato oxidante, os antioxidantes podem atrasar ou inibir as taxas de oxidação dos radicais livres. Desta forma, este estudo teve como objetivo classificar e determinar quantitativamente os compostos antioxidantes isolados e naturais quanto a sua contribuição na atividade antirradicalar a partir da análise cromatográfica (HPLC-DAD) e de um estudo sistemático da atividade antirradicalar de compostos antioxidantes isolados (padrões de referência) e naturais (extratos de plantas medicinais) usando métodos in vitro e ex vivo.bem. Além disso, a bioatividade das espécies antioxidantes foi avaliada a partir de células de córtex e da permeação por biomembranas celulares artificiais lipídicas. Dentre os antioxidantes estudados, a quercitrina apresentou ação protetora contra radicais livres em nível celular (células de córtex), alta ação antirradicalar in vitro e em nível celular (ex vivo), além de permear biomembranas. Essas respostas, quando somadas, podem credenciar a quercitrina com um dos antioxidantes da classe dos polifenóis de maior relevância em nível fisiológico.
Resumo inglês:Phenolic compounds are secondary metabolites, widely distributed in the plant kingdom, which present antiinflamatory, antibacterial, antiviral, antialergical and antitumoral activities, in addition to antioxidant activities. Even in low concentrations compared to the oxidant substrate, the antioxidant compounds can delay or inhibit free radical oxidation rates. Thus, this study aimed to quantitatively determine and classify the compounds as natural antioxidants isolated and its contribution to the antiradical activity from the chromatographic analysis (HPLC-DAD) and a systematic study of the antiradical activity of antioxidant compounds isolated (patterns reference) and natural (herbal extracts) using in vitro and ex vivo.bem. Furthermore, the antioxidant species bioactivity was assessed from cells of the cortex and permeation cell biomembranes, artificial lipid. Among the antioxidant compounds studied, quercetrin presented protection action against free radicals on cell-based studies (cortex cells), high in vitro and cell-based antiradical actions, and also biomembrane permeations. These responses, when added, can confer to quercitrin higher relevance as a antioxidant at physiological levels when compared to others poliphenols. This work presents a systematic study on antiradical activities of isolated antioxidant compounds (from reference standards) and natural antioxidant compounds (medicinal plant extracts), by using in vitro and ex vivo methods.