Laser de baixa intensidade na viabilidade do retalho musculofasciocutâneo transverso do músculo reto do abdome em ratos

Introdução: A terapia a laser de baixa intensidade tem sido utilizada com o objetivo de aumentar a perfusão vascular de retalhos cutâneos e musculofasciocutâneos. Objetivo: Avaliar o efeito da terapia a laser de baixa intensidade na viabilidade do retalho musculofasciocutâneo transverso do reto do a...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Pinfildi, Carlos Eduardo [UNIFESP]
Orientador/a: Ferreira, Lydia Masako [UNIFESP]
Format: Tese
Language:por
Published: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Assuntos em Português:
Online Access:http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/24010
Citação:PINFILDI, Carlos Eduardo. Laser de baixa intensidade na viabilidade do retalho musculofasciocutâneo transverso do músculo reto do abdome em ratos. 2008. 125f. Tese (Doutorado em Ciências) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2008.
Resumo Português:Introdução: A terapia a laser de baixa intensidade tem sido utilizada com o objetivo de aumentar a perfusão vascular de retalhos cutâneos e musculofasciocutâneos. Objetivo: Avaliar o efeito da terapia a laser de baixa intensidade na viabilidade do retalho musculofasciocutâneo transverso do reto do abdome em ratos. Método: Foram utilizados 84 ratos Wistar-EPM1 que foram randomicamente distribuídos em 7 grupos com 12 animais cada. O Grupo 1 (simulação), grupo 2 (3J/cm2 com 1 ponto), grupo 3 (3J/cm2 24 pontos), grupo 4 (72J/cm2 1 ponto), grupo 5 (6J/cm2 1 ponto), grupo 6 (6J/cm2 24 pontos) e grupo 7 (144J/cm2 1 ponto). Todos os grupos experimentais foram submetidos a terapia a laser imediatamente após a realização do TRAM e nos outros dois dias subseqüentes. A porcentagem da área de necrose foi calculada no quarto dia pós-operatório por meio do gabarito de papel. Duas amostras foram coletadas por um punch para realizar as avaliações de mastócitos, vasos sanguíneos (1A4) e VEGF. Resultados: Foram encontradas diferenças significantes entre as porcentagens de necrose de todos os grupos, com os valores mais elevados para o grupo 1 comparado aos grupos experimentais. Entre os grupos 3 à 7 não foram encontradas diferenças significantes com p<0,292. Para as avaliações de mastócitos e VEGF os grupos 5 e 7 mostraram um aumento significante quando comparado aos outros grupos. Para avaliação de vasos sanguíneos (1A4) houve um aumento significante para os grupos 3 e 5 quando comparado aos outros grupos. Conclusão: A terapia a laser de baixa intensidade nas fluências de 6 e 144J/cm2 foi eficaz no aumento da viabilidade do retalho musculofasciocutâneo transverso do reto do abdome em ratos.
Resumo inglês:Introduction: The LLLT has been used with the aim to improve the perfusion vascular of the skin and musculocutaneous flaps. Objective: To assess the effect of low intensity laser therapy on the transverse rectus abdominis musculocutaneous flap (TRAM) viability. Methods: Were used 84 Wistar rats that random divided in 7 groups with 12 rats in each one. The Group 1 (sham laser), group 2 received 3J/cm2 with 1 point, group 3 (3J/cm2 24 points), group 4 (72J/cm2 1point), group 5 (6J/cm2 1point), group 6 (6J/cm2 24 points) and group 7 (144J/cm2 1 point). All experimental groups were undergoing to LLLT immediately after the TRAM operation, and at the next two subsequent days, and so, animals underwent 3 days with applications. The percentage of skin flap necrosis area was calculated on the fourth postoperative day through the paper template method and 2 samples of skin were collected by a 1 cm2 punch in order to perform mat cells evaluation, blood vessels with 1A4 and VEGF evaluations. Results: Were found statistically significant differences among necrosis percentage, and higher values were seen in Group 1, over all other values. Among Groups 3 to 7 statistically significant differences were not found, with p<0.292. To mast cells and VEGF evaluation the group 5 and 7 showed a significant increase when compared to another groups. The 1A4 evaluations showed that the groups 3 and 5 had a increase when compared to another groups. Conclusion: Low level laser therapy on the fluences 6 and 144J/cm2 was efficient to increase transverse rectus abdominis musculocutaneous flap (TRAM) viability in rats.