Administra??o preemptiva do Traumeel S? versus Dexametasona em cirurgias de terceiros molares inferiores: ensaio cl?nico randomizado, triplo-cego

O presente ensaio cl?nico randomizado, triplo-cego, boca-dividida teve por objetivo comparar a a??o preemptiva do Traumeel S? versus Dexametasona, nos desfechos dor, edema e trismo em cirurgias de terceiros molares mandibulares. Dezessete pacientes com m?dia de idade de 20,94 (?5.83) anos foram subm...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2018
Main Author: Souza, Glaciele Maria de
Orientador/a: Falci, Saulo Gabriel Moreira
Format: Dissertação
Language:por
Published: UFVJM
Online Access:http://acervo.ufvjm.edu.br/jspui/handle/1/1844
Citação:SOUZA, Glaciele Maria de. Administra??o preemptiva do Traumeel S? versus Dexametasona em cirurgias de terceiros molares inferiores: ensaio cl?nico randomizado, triplo-cego. 2018. 75 p. Disserta??o (Mestrado) ? Programa de P?s-Gradua??o em Odontologia, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Diamantina, 2018.
Resumo Português:O presente ensaio cl?nico randomizado, triplo-cego, boca-dividida teve por objetivo comparar a a??o preemptiva do Traumeel S? versus Dexametasona, nos desfechos dor, edema e trismo em cirurgias de terceiros molares mandibulares. Dezessete pacientes com m?dia de idade de 20,94 (?5.83) anos foram submetidos ? remo??o dos terceiros molares inferiores em dois momentos separados por um wash-out m?nimo de 15 dias. Os pacientes receberam as medica??es preemptivamente atrav?s de inje??o intramuscular no m?sculo masseter no pr?-operat?rio imediato. As medica??es foram aleatorizadas, bem como o lado a ser operado primeiro (direito ou esquerdo). As vari?veis de desfecho foram analisadas no baseline, 24, 48, 72 horas e sete dias ap?s a cirurgia. A dor foi avaliada atrav?s da escala visual anal?gica, o edema atrav?s das medidas da face, com aux?lio de fita m?trica, e o trismo pela abertura m?xima bucal com uso do paqu?metro. A an?lise estat?stica foi feita pelo teste T pareado e Wilcoxon. A Dexametasona obteve melhor desempenho no controle da dor em 48h (p=0.002) e do trismo nos momentos 24h (p=0.03) e 48h (p=0.008), quando comparada ao Traumeel S?. N?o houve diferen?a estatisticamente significativa no controle do edema entre os grupos de compara??o. A Dexametasona foi superior ao Traumeel S? no controle p?s-operat?rio de dor e trismo e houve um desempenho semelhante entre as medica??es no controle de edema p?s-operat?rio.