Soluções homeopáticas em Brevicoryne brassicae e Ascia monuste orseis

This work had for objective to verify if there is winged individuals' formation in colonies of aphids Brevicoryne brassicae (L.), and the occurrence of some adverse effect in Ascia monuste orseis, when exposed to the homoeopathic solutions. The insects were coming of the creation-stock. The pre...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2006
Main Author: Mapeli, Nilbe Carla lattes
Orientador/a: Santos, Ricardo Henrique Silva lattes
Banca: Casali, Vicente Wagner Dias lattes, Cecon, Paulo Roberto lattes, Bonato, Carlos Moacir lattes, Guedes, Raul Narciso Carvalho lattes
Format: Tese
Language:por
Published: Universidade Federal de Viçosa
Programa: Doutorado em Fitotecnia
Department: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://locus.ufv.br/handle/123456789/1083
Citação:MAPELI, Nilbe Carla. Homoeopathic solutions in Brevicoryne brassicae and Ascia monuste orseis. 2006. 123 f. Tese (Doutorado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Resumo Português:Este trabalho teve por objetivo verificar se há formação de indivíduos alados em colônias de afídeos Brevicoryne brassicae (L.), e o desencadeamento de algum efeito adverso em Ascia monuste orseis, quando expostos às soluções homeopáticas. Os insetos foram provenientes da criaçãoestoque. O preparo das soluções e as dinamizações foram realizados de acordo com as regras e técnicas oficiais previstas na Farmacopéia Homeopática Brasileira. Os tratamentos foram Resistente 5CH, Susceptível atacada 5CH, Pulgão (nosódio) 30CH, e as testemunhas Água (sem dinamização) e Água destilada + etanol 70% 5CH, sendo aplicados em dias alternados, durante 15 dias, para o experimento com pulgão. A solução Sulphur 12CH; Phosphorus 5CH; Magnesia carbonica 30CH; Ruta 5CH para o teste com as lagartas. A testemunha foi água destilada + etanol 70% 5CH. No momento da aplicação, foram preparadas soluções com 0,2 mL da respectiva substância dinamizada para 200 mL de água destilada, aplicados 100 mL de cada solução/vaso, via solo 70 mL e pulverizado nas folhas 30 mL. As características analisadas foram: número de formas aladas de pulgão e número de ninfas por colônia; massa (g) de lagartas no início e final do 4° ínstar; massa (g) de pupa seca (biomassa incorporada); comprimento (cm) de lagarta no 4° ínstar; duração do ciclo (dias), período compreendido de ovo até adulto; porcentagem de emergência de adultos; comprimento alar (cm); fertilidade das fêmeas (% de ovos eclodidos); valor nutritivo das couves tratadas (ingestão, eficiência de conversão do alimento ingerido (ECI), eficiência de conversão do alimento digerido (ECD)). Nenhuma solução dinamizada apresentou efeito significativo sobre a formação de alados em colônias de Brevicoryne brassica. A solução Resistente 5CH aumentou o número de ninfas e o nosódio Pulgão 30CH reduziu o número de ninfas nas colônias de Brevicoryne brassicae. Com exceção do Phosphorus 5CH, os demais preparados homeopáticos promoveram algum efeito adverso. O Sulphur 12CH apresentou efeito negativo sobre o comprimento das lagartas, tamanho das fêmeas adultas e a reprodução de Ascia monuste orseis. A Ruta 5CH reduziu a fertilidade das fêmeas e o ciclo de vida. A Magnesia carbonica 30CH promoveu um menor comprimento de lagartas, de fêmeas adultas e diminuiu o período de ciclo biológico do inseto.
Resumo inglês:This work had for objective to verify if there is winged individuals' formation in colonies of aphids Brevicoryne brassicae (L.), and the occurrence of some adverse effect in Ascia monuste orseis, when exposed to the homoeopathic solutions. The insects were coming of the creation-stock. The preparation of the solutions and the dinamizations were accomplished in agreement with the rules and techniques officials foreseen in Farmacopéia Homeopática Brasileira. The treatments were Resistant 5CH, attacked Susceptível 5CH, Aphid (nosódio) 30CH, and the control Water (without dinamization) and distilled Water + alchool 70% 5CH, being applied in alternate days, for 15 days, for the experiment with aphids. The solution Sulphur 12CH; Phosphorus 5CH; Magnesia carbonica 30CH; Ruta 5CH for the test with the caterpillars. The control was distilled water + alchool 70% 5CH. In the moment of the application, they were prepared solutions with 0,2 mL of the respective substance dinamized for 200 mL of distilled water, applied 100 mL of each solution/plots, through soil 70 mL and pulverized in the leaves 30 mL. The analyzed characteristics were: number in winged aphids and number of nymphs for colony; mass (g) of caterpillars in the beginning and end of the 4th instar; mass (g) of dries pupa (incorporate biomass); length (cm) of caterpillar in the 4th instar; duration of the cycle (days), period of egg to adult; percentage of adults' emergency; length to haul (cm); fertility of the females (% of emerged eggs); nutritional value of the treated collard greens (ingestion, efficiency of conversion of the ingested food (ECI), efficiency of conversion of the digested food (ECD)). No solution homoeopathic presented significant effect on the winged formation in colonies of Brevicoryne brassica. The Resistant solution 5CH increased the number of nymphs and the nosódio Aphid 30CH reduced the number of nymphs in the colonies of Brevicoryne brassicae. Except for Phosphorus 5CH, the other homoeopathic mixtures promoted some adverse effect. Sulphur 12CH presented negative effect on the length of the caterpillars, size of the adult females and the reproduction of Ascia monuste orseis. Ruta 5CH reduced the fertility of the females and the life cycle. The Magnesia carbonica 30CH promoted a smaller length of caterpillars, of adult females and it reduced the period of biological cycle of the insect.