Avaliação de indicadores e de métodos de predição do valor energético da dieta em bovinos em crescimento

The objective of this work was to estimate the total recovering, the long term and short term bias of the estimates of fecal excretion, and evaluate the fecal excretion profile using the external markers chromic oxide and titanium dioxide and the internal markers indigestible dry matter (iDM), indig...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2010
Main Author: Sampaio, Cláudia Batista lattes
Orientador/a: Detmann, Edenio lattes
Co-orientador/a: Paulino, Mário Fonseca lattes, Valadares Filho, Sebastião de Campos lattes
Banca: Rennó, Luciana Navajas lattes, Lopes, Fernando César Ferraz lattes
Format: Tese
Language:por
Published: Universidade Federal de Viçosa
Programa: Doutorado em Zootecnia
Department: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://locus.ufv.br/handle/123456789/1866
Citação:SAMPAIO, Cláudia Batista. Evaluation of markers and methods for diet energy prediction in growing cattle. 2010. 100 f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Resumo Português:Objetivou-se estimar a recuperação total, perfil de excreção fecal, o vício de tempo longo e de tempo curto das estimativas de excreção fecal obtidas com os indicadores externos óxido crômico e dióxido de titânio e com os indicadores internos matéria seca indigestível (MSi), fibra em detergente neutro indigestível (FDNi) e fibra em detergente ácido indigestível (FDAi), e, adicionalmente, estimar e avaliar os teores das frações aparentemente digestíveis de proteína bruta extrato etéreo e carboidratos não fibrosos, da fração digestível da fibra em detergente neutro e o teor de nutrientes digestíveis totais (NDT) a partir da composição química dos alimentos em bovinos em crescimento alimentados com diferentes dietas. Foram utilizados 14 novilhos F1 Red Angus x Nelore, não-castrados, com idade e peso médios de 12 meses e 287 kg. Os animais foram alimentados com silagem de capim elefante, silagem de milho ou feno de capim braquiária, suplementados ou não com 20% de mistura concentrada. O experimento foi constituído de dois períodos de 13 dias cada, segundo delineamento em quadrado latino 2 x 2, com agrupamento de sete quadrados. Os animais receberam diariamente 10 g de óxido crômico e 10 g de dióxido de titânio através de sonda esofágica. Foram realizadas coletas fecais totais e pontuais (grab samples), diretamente do reto dos animais nos horários de 1h30, 3h00, 4h30 e 6h00, 7h30, 9h00, 10h30, 12h00, 13h30, 15h00, 16h30, 18h00, 19h30, 21h00, 22h30 e 24h00. Os valores observados de frações digestíveis e do teor de NDT foram obtidos com base na coleta total de fezes. Não foram observados efeitos de forragem, nível de concentrado ou sua interação sobre as estimativas de recuperação fecal tanto dos indicadores internos, quanto dos indicadores externos. As estimativas de recuperação fecal média para o óxido crômico e para o dióxido de titânio foram de 99,50% e 101, 95%, respectivamente. Para os indicadores internos observou-se recuperação fecal média de 99,02%, 98,87% e 102,07% para MSi, FDNi e FDAi, respectivamente. Em todos os casos, as recuperações fecais foram iguais a 100%. Todos os indicadores avaliados foram considerados isentos de vício de tempo longo. Contudo, maior precisão foi verificada para as estimativas de excreção fecal obtidas com indicadores internos. Não foram verificados efeitos das diferentes forragens ou níveis de concentrado sobre a dimensão do ciclo excretório. O período fundamental do ciclo excretório foi de 15,06 e 18,66 horas para o óxido crômico e dióxido de titânio, e de 9,93; 9,29 e 10,55 horas para MSi, FDNi e FDAi respectivamente. Verificou-se maior amplitude de oscilação para os indicadores externos. Considerando-se conjuntamente as características dos indicadores avaliados, recomenda-se delineamentos de amostragem fecal com o mínimo de quatro coletas, sendo estas distribuídas ao longo do dia ou somente no período diurno, para a obtenção de estimativas de excreção fecal isentas de vício de tempo curto. Diversos sub-modelos aplicados às diferentes frações digestíveis foram avaliados e discutidos. Estimativas do teor de NDT na dieta foram produzidas a partir da combinação de sub-modelos aplicados às frações digestíveis individuais. O teor de NDT foi mais eficientemente predito a partir dos sub-modelos propostos por Detmann et al. (2010) quando considerados procedimentos biológicos para estimação da fração indegradável da proteína e da fração potencialmente degradável da fibra em detergente neutro.
Resumo inglês:The objective of this work was to estimate the total recovering, the long term and short term bias of the estimates of fecal excretion, and evaluate the fecal excretion profile using the external markers chromic oxide and titanium dioxide and the internal markers indigestible dry matter (iDM), indigestible neutral detergent fiber (iNDF) and indigestible acid detergent fiber (iADF); and, additionally, to estimate and evaluate the apparent digestible fractions of ether extract, crude protein and non-fibrous carbohydrates, the digestible fraction of neutral detergent fibre and the diet content of total digestible nutritents (TDN) using the chemical composition of feeds in growing cattle fed different diets. Fourteen F1 Red Angus x Nellore bulls, averaging 12 months and 287 kg, were used. The animals were fed with elephant grass silage, corn silage or signal grass hay and supplemented or not with 20% of concentrate. The experiment consisted of two 13-days experimental periods according to a 2 x 2 Latin square design with seven squares. The animals received 10 g/d of chromic oxide and titanium dioxide through esophageal sound. Total fecal collection was done and fecal grab samples were too obtained at 1h30, 3h00, 4h30 e 6h00, 7h30, 9h00, 10h30, 12h00, 13h30, 15h00, 16h30, 18h00, 19h30, 21h00, 22h30 and 24h00. The observed values of digestible fractions and TDN were obtained based on total collection of feces. There was no effect of forage, concentrate or their interaction on fecal recovering of external and internal markers. The average fecal recovering of chromic oxide and titanium dioxide were 99.50% and 101 95%, respectively. iDM, iNDF and iADF presented average fecal recovering of 99.02%, 98.87% and 102.07%, respectively. For all markers the fecal recovering was found to be 100% and all of them presented no long term bias. However, higher precision was observed for fecal excretion estimates obtained with internal markers. There were no effects of forages and concentrate levels on excretory cycle of markers. The fundamental periods of excretory cycle were 15.06 and 18.66 hours for chromic oxide and titanium dioxide, and 9.93, 9.29 and 10.55 hours for iDM, iNDF and iADF, respectively. The oscillation range was higher for external markers. Considering the characteristics of all markers, it is recommended fecal sampling designs with at least four collects, which can be distributed along day or along diurnal period. This recommendation looks for avoiding short term bias on fecal excretion estimates. Several sub-models applied to predict the different digestible fractions were evaluated and discussed. Estimates of diet content of TDN were produced from combination of sub-models applied to digestible fractions. The TDN content was better predicted using the sub-models of Detmann et al. (2010) and considering biological procedures to estimate the undegradable fraction of protein and the potentially digestible fraction of neutral detergent fiber.