Controle genético de caracteres e estratégias de seleção no maracujazeiro-azedo

Heterosis in hybrids were evaluated, the selection strategies for plant vigor and scab resistance, the adequate fruit number to be sampled for selection and the association of fruit weight classes with other fruit traits. Twelve F1 hybrids obtained according to the diallel II design of Comstock and...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Santos, Carlos Eduardo Magalhães dos lattes
Orientador/a: Bruckner, Claudio Horst lattes
Co-advisor: Cruz, Cosme Damião lattes, Siqueira, Dalmo Lopes de lattes
Banca: Sediyama, Tuneo lattes, Moura, Waldênia de Melo lattes
Format: Tese
Language:por
Published: Universidade Federal de Viçosa
Programa: Doutorado em Genética e Melhoramento
Department: Genética animal; Genética molecular e de microrganismos; Genética quantitativa; Genética vegetal; Me
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://locus.ufv.br/handle/123456789/1276
Citação:SANTOS, Carlos Eduardo Magalhães dos. Genetic control of characters and selection strategies in the yellow passion fruit. 2008. 99 f. Tese (Doutorado em Genética animal; Genética molecular e de microrganismos; Genética quantitativa; Genética vegetal; Me) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Resumo Português:Objetivou-se avaliar o comportamento heterótico de híbridos, as estratégias de seleção em progênies de maracujazeiro para vigor e resistência à verrugose, estimar o número de medições necessárias (frutos) para promover a seleção de progênies no primeiro ano de produção e determinar as associações entre classes de massa do fruto com diversas características avaliadas. O trabalho foi desenvolvido no Departamento de Fitotecnia, da Universidade Federal de Viçosa, analisando-se doze híbridos F1, obtidos segundo o delineamento II de Comstock e Robinson, e setenta e cinco progênies de meios- irmãos. Os resultados evidenciaram que houve efeito de dominância e, portanto, de heterose no primeiro ano de produção nas características massa fresca, massa da polpa, massa da casca e diâmetro equatorial do fruto. No segundo ano de produção, somente a característica diâmetro equatorial do fruto apresentou variância devido aos efeitos de dominância não nula. Observou-se predominância dos efeitos aditivos para número de frutos e massa do fruto. Os valores de herdabilidade obtidos são indicativos da potencialidade da população para fins de melhoramento genético. A população avaliada no presente estudo pode ser inserida em programas de melhoramento genético populacional, com intuito de obter híbridos heteróticos. Foi predito que a seleção combinada promoveu ganhos superiores nas características avaliadas em relação à seleção direta e indireta e aos índices de seleção. Os índices de Pesek & Baker e Mulamba & Mock proporcionaram ganhos preditos satisfatórios, e similares quando-se utilizam pesos econômicos 1 e -3 (Pesek & Baker) e superior a 4 e inferior a 2 (Mulamba & Mock), para vigor e resistência a verrugose, respectivamente. Há diferenças entre as estimativas dos coeficientes de repetibilidade obtidas pelo método da ANOVA e pelos métodos multivariados. O método dos componentes principais com base na matriz de covariância sempre apresentou estimativas maiores, principalmente para espessura da casca e comprimento longitudinal do fruto. A realização de 18 medições será suficiente para predizer o valor real dos indivíduos com 90% de acurácia no primeiro ano de produção, com relação à massa fresca do fruto, massa de polpa e casca, comprimento longitudinal e diâmetro equatorial. A espessura da casca varia com a massa do fruto, de modo que a avaliação da espessura da casca em frutos de diferentes massas pode provocar equívocos na avaliação de progênies. Houve interação entre as progênies e as classes de massa do fruto nas características massa da casca e massa de sementes do fruto. O diâmetro equatorial do fruto apresentou maior correlação com a massa fresca do fruto, quando comparado ao comprimento longitudinal, indicando a viabilidade de seleção indireta de progênies com maior massa do fruto pela avaliação do diâmetro.
Resumo inglês:Heterosis in hybrids were evaluated, the selection strategies for plant vigor and scab resistance, the adequate fruit number to be sampled for selection and the association of fruit weight classes with other fruit traits. Twelve F1 hybrids obtained according to the diallel II design of Comstock and Robinson and half-sib progenies were evaluated at the Department of Plant Science of Universidade Federal de Viçosa (Federal University of Viçosa, Brazil). The results evidenced dominance effects and therefore heterosis in the yield of the first year in the traits of fresh mass, pulp mass, skin mass, and equatorial diameter of the fruit. In the second yield season only the equatorial diameter of the fruit presented variance due to dominance effects. The presence of additive effects was observed for number of fruits and mass of the fruit. The heritability values are an indication of the potentiality of the population for genetic improvement. The evaluated population at the present study can be inserted in popular genetic improvement programs, aiming heterotic hybrids. The combined selection promoted superior expected gains than the direct and indirect selection and the applied selection indexes. The indexes of Pesek & Baker and Mulamba & Mock provided satisfactory and similar expected gains for plant vigor and scab resistance selection when 1 and -3 (Pesek & Baker) or higher than 4 and lower than 2 (Mulamba & Mock) were used as economical weights, respectively. Differences were found among the estimates of the repeatability coefficients obtained by the method of ANOVA and by the multivariate methods. The method of the main components based on the covariance matrix always presented larger estimates, mainly for thickness of the skin and longitudinal length of the fruit. Eighteen measurements will be enough to predict the individuals' real value of the fresh mass of the fruit, pulp, skin mass, longitudinal length and equatorial diameter with 90% of accuracy in the first year of production. The thickness of the skin varies with the mass of the fruit, so that the evaluation of the skin thickness in fruits with different mass can cause misunderstandings in the evaluations. Interactions were found between the progenies and the classes of mass of the fruit for mass of the skin and mass of the seeds. The equatorial diameter of the fruit presented higher correlation with the fresh mass of the fruit, when compared to the longitudinal length, indicating the viability of indirect selection of progenies with higher fruit mass by evaluation of the fruit diameter.