Identificação de proteínas que interagem com o fator de transcrição GmbZIP105 de soja (Glycine max)

Plants are sessile organisms capable of recognizing and attack various pathogens. Foreign organisms recognition or effectors released by them results in Pathogen-Associated Molecular Patterns -triggered immunity or effector-triggered immunity. In response to recognition of the host plant pathogens a...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2014
Main Author: Souza, Gilza Barcelos de lattes
Orientador/a: Fietto, Luciano Gomes lattes
Banca: Carvalho, Claudine Márcia lattes, Ribeiro, Cleberson lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de Viçosa
Programa: Mestrado em Bioquímica Agrícola
Department: Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://locus.ufv.br/handle/123456789/2469
Citação:SOUZA, Gilza Barcelos de. Identification of proteins that interact with the transcription factor GmbZIP105 of soybean (Glycine max). 2014. 53 f. Dissertação (Mestrado em Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.
Resumo Português:As plantas são organismos sésseis capazes de reconhecer e combater os diversos patógenos. O reconhecimento dos organismos estranhos ou efetores liberados por eles resulta em Imunidade Desencadeia por Padrões Moleculares Associados a Patógenos (PTI) ou em Imunidade Desencadeada por Efetores (ETI). Em resposta a reconhecimento dos patógenos a planta hospedeira ativam complexas vias de sinalização de defesa, que muitas vezes são mediadas pelos fito-hormônios tais como auxina, ácido salicílico (SA), ácido jasmônico (JA), ácido abscísico (ABA) giberilinas e etileno (ET). Outro importante componente das vias de defesa são os transfatores. A família bZIP possuem alguns membros relatados por serem responsivos a estresses biótico e abiótico, entretanto, poucas interações entre proteínas que modulam esses transfatores são conhecidas. Alguns genes bZIPs do grupos C de Arabidopsis thalina e seus ortólogos são relados em resposta a estresse biótico. Considerando a similaridade de estrutura com esses genes, além de serem responsivos a fito-hormônios e ao fungo biotrófico em soja, acreditamos que o gene bZIP105 possui uma função relevante em vias de sinalização em resposta a estresse biótico. O objetivo deste trabalho foi identificar proteínas que interagem com GmbZIP105 em ensaios de duplo híbrido de leveduras, utilizando o transfator como isca para obtenção de cDNAs alvos em biblioteca de soja submetidas a diferentes estresses. Foram identificadas três proteínas que interagem com GmbZIP105 na triagem da biblioteca de soja: proteínas não caracterizada de soja, asparagina sintetase e proteínas reprimida por auxina (ARP). A proteína não caracterizada não há relatos sobre seus domínios conservados e sua função bioquímica. A proteína asparagina sintetase é descrita por ser responsivo a infecção por patógenos e tratamento com fito-hormônios. A terceira proteína identificada foi a ARP, é uma proteína reprimida por auxina durante o desenvolvimento do fruto, dormência de gemas, e ativada durante o ataque de nematoides. Assim essas interações obtidas por ensaios in vivo indicam que essas proteínas são prováveis componentes de vias de sinalização de resposta a estresse biótico, podendo atuar modulando positivamente ou negativamente a atividade de GmbZIP105.
Resumo inglês:Plants are sessile organisms capable of recognizing and attack various pathogens. Foreign organisms recognition or effectors released by them results in Pathogen-Associated Molecular Patterns -triggered immunity or effector-triggered immunity. In response to recognition of the host plant pathogens activate complex signaling pathways of defense, which are often mediated by plant hormones such as auxin, salicylic acid (SA), jasmonic acid (JA), abscisic acid (ABA) and ethylene giberilinas (ET). Other important components of defense pathways are transfatores. The bZIP family members have reported some for being responsive to biotic and abiotic stresses, however, few interactions between proteins that modulate these transfatores are known. Some genes bZIPs groups of C Arabidopsis thaliana and their orthologs are reported in response to biotic stress. Considering similarity of structure with these genes, and are responsive to hormones and biotrophic fungus soybean believe that the bZIP 105 gene has an important role in signaling pathways in response to biotic stress. The objective of this study was to identify proteins that interact with GmbZIP105 two-hybrid assays in yeast using transfator as bait to obtain cDNAs targets in soybean subjected to different stresses library. Three proteins that interact with GmbZIP105 for screening soybean library were identified: uncharacterized protein soybean, asparagine synthetase and auxin repressed protein (ARP). The uncharacterized protein there are no reports about their conserved domains and their biochemical function. Asparagine synthetase protein is described to be responsive to infection by pathogens and treatment with hormones. The third protein was identified a ARP, is a protein repressed by auxin during fruit development, bud dormancy, and activated during the attack nematode. These interactions obtained by in vivo assays indicate that these proteins are likely components of signaling pathways in response to biotic stress, can act positively or negatively modulating the activity GmbZIP105.