Estudo comparativo das percepções de risco dos pilotos de helicóptero da aviação de segurança pública com a realidade dos acidentes dessas aeronaves

Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2010.

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2010
Main Author: Dias, Luiz Fernando Azevedo
Orientador/a: Shimoishi, José Matsuo
Format: Dissertação
Language:por
Online Access:http://repositorio.unb.br/handle/10482/8076
Citação:DIAS, Luiz Fernando Azevedo. Estudo comparativo das percepções de risco dos pilotos de helicóptero da aviação de segurança pública com a realidade dos acidentes dessas aeronaves. 2010. 103 f., il. Dissertação (Mestrado em Transportes)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Resumo inglês:O presente estudo descreve a pesquisa realizada com a finalidade de procurar contribuições para a melhoria da segurança de voo. As operações com uso de helicópteros pelos órgãos de segurança pública em geral, abrangem voos em condições diferentes daquelas que acontecem com as aeronaves privadas, estando suas tripulações sujeitas à pressão e estresse peculiares de suas missões. A identificação do que é preciso ser alterado em determinado procedimento devido o seu risco, fica por conta dos pilotos de cada organização aérea, que, às vezes, desconsidera ou menospreza a realidade da situação em que se encontra, potencializando a situação perigosa. Verificou-se, através de pesquisa realizada com pilotos de helicóptero da área de Segurança Pública, a percepção do risco durante a realização de suas missões. Durante a investigação de acidentes aeronáuticos, são identificados todos os elementos envolvidos, chamados de fatores contribuintes. Ao se comparar os resultados das investigações realizadas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos – CENIPA nos últimos dez anos com as avaliações de risco desses pilotos de helicóptero, verificou-se discrepâncias que influenciam diretamente nos índices de acidentes com essas aeronaves. A motivação deste estudo advém da perspectiva que determinados fatores contribuintes dos acidentes aeronáuticos não estarem sendo levados em consideração pelas unidades aéreas de Segurança Pública, quando da alocação de recursos materiais e humanos, visando o aumento da segurança de vôo nas suas operações. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study describes the research carried out with the purpose of seeking contributions to the improvement of flight safety. The operations using helicopters of public security organizations in general, cover flights in different conditions from those that occur with private aircrafts, and their crews are subject to the pressure and stress peculiar to their missions. The identification of what must be changed in a given procedure due to its risk, relies on the pilots of each air organization, which, sometimes, overlooks or disregards the reality of the situation in which it is, potentializing the dangerous situation. It was verified, through research carried out with helicopter pilots of the Public Security area, the perception of the risk during the performance of their missions. During the investigation of aeronautical accidents, are identified all the elements involved, called contributing factors. Comparing the results of investigations carried out by the Center of Research and Prevention of Aeronautical Accidents CENIPA – in the past ten years with the risk assessments of helicopter pilots, it was verified discrepancies that directly influence the rates of accidents involving such aircrafts. The motivation of this study results from the perspective that certain contributional factors of aeronautical accidents are not being taken into account by air units of Public Security, in the allocation of human and material resources, aiming to increase flight safety in their operations.