Brasil e Venezuela: do desinteresse mútuo aos acordos bilaterais

Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Integração Contemporânea da América Latina da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, como requisito parcial à obtenção do título de Mestra em Integração Latino-Americana. Orientadora: Prof. Doutora Renata Peixoto de Oliveira...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2018
Main Author: Antunes, Roberta Pacheco
Orientador/a: Oliveira, Renata Peixoto de
Format: Dissertação
Language:por
Assuntos em Portugês:
Online Access:http://dspace.unila.edu.br/123456789/3138
Citação:ANTUNES, Roberta Pacheco. Brasil e Venezuela: do desinteresse mútuo aos acordos bilaterais. 2017. 173 p. Dissertação de Mestrado (Programa de Pós-Graduação em Integração Contemporânea da América Latina) - Universidade Federal da Integração Latino- Americana, Foz do Iguaçu, 2017
Resumo Português:O presente trabalho analisa as relações bilaterais Brasil-Venezuela, mormente, como e quando estas relações se desenvolveram, em que intensidade, por meio de quais projetos e até que ponto tais projetos se concretizaram ou não. Verifica-se a influência dos regimes políticos dos dois países neste processo de relacionamento, seja por meio de suas Constituições Federais, sua política externa, o papel regional desempenhado e sua inserção internacional. Busca-se compreender como se desenvolveram as relações bilaterais entre Brasil e Venezuela no período compreendido desde a década de 1950 até 2010, com ênfase no lapso temporal entre 1999 e 2010, tendo como hipótese o desenvolvimento das referidas relações bilaterais em movimento pendular, balançando em paralelo às ondas integracionistas latino americanas, ora se avançando no processo de integração entre os dois países, ora se retrocedendo.