A amplitude da maré rosa: uma análise das experiências de governo no Brasil, Chile e Uruguai

Dissertação apresentada ao Curso de Pós- Graduação em Integração Contemporânea da América Latina, chancelado pela Universidade Federal da Integração Latino-Americana, como requisito parcial à obtenção do título de Mestre em Integração Contemporânea da América Latina. Orientadora: Dra. Renata Peixoto...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2017
Main Author: Nascimento Júnior, Wanderley dos Reis
Orientador/a: Oliveira, Renata Peixoto de, Silva, Fabricio Pereira da
Format: Dissertação
Language:por
Assuntos em Portugês:
Online Access:http://dspace.unila.edu.br/123456789/1694
Citação:NASCIMENTO JÚNIOR, Wanderley dos Reis. A amplitude da maré rosa: uma análise das experiências de governo no Brasil, Chile e Uruguai. 2017. p. 184. (Dissertação de Mestrado) Integração Contemporânea da América Latina, Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), Foz do Iguaçu, 2017.
Resumo Português:O advento do século XXI apresentou para a historiografia política Latino-Americana um fato sem precedentes: a ascensão de partidos e coalizões que se definem como esquerda ou centro-esquerda a governos nacionais em diversos países da região. Esse fenômeno foi definido como maré rosa. Tal fato fez emergir uma vasta literatura visando explicar as trajetórias e características dessas forças políticas. Entretanto, a literatura especializada ainda caminha com os estudos dos impactos dessas administrações quer em âmbito nacional, quanto regional. No presente estudo, fazemos um balanço das administrações dos recentes governos progressistas do Brasil, Chile e Uruguai no âmbito interno de cada país, no que se refere às políticas sociais, e quanto à orientação da política externa e seu impulso ao processo de integração regional.