Processo sucessório e a sustentabilidade social de organizações pecuárias na Campanha Gaúcha

As ações do ser humano que causam, ano após ano, a modificação das condições naturais do ecossistema, despertam uma crescente busca por sustentabilidade dentro das organizações. Nesse espectro, o próprio entendimento sobre sustentabilidade tem suscitado discussões e proporcionado o surgimento de teo...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2019
Main Author: Borges, Sávio Costa lattes
Orientador/a: Viana, João Garibaldi Almeida lattes
Banca: Ribeiro, Cláudio Marques lattes, Hoff, Débora Nayar lattes, Magnago, Karine Faverzani lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal do Pampa
Programa: Mestrado Acadêmico em Administração
Department: Campus Santana do Livramento
Assuntos em Portugês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4011
Citação:BORGES, Sávio Costa. Processo sucessório e a sustentabilidade social de organizações pecuárias na Campanha Gaúcha. Dissertação apresentada ao Mestrado em Administração da Unipampa. Santana do Livramento: Unipampa, 2019.
Resumo Português:As ações do ser humano que causam, ano após ano, a modificação das condições naturais do ecossistema, despertam uma crescente busca por sustentabilidade dentro das organizações. Nesse espectro, o próprio entendimento sobre sustentabilidade tem suscitado discussões e proporcionado o surgimento de teorias. Uma das mais difundidas, é a teoria que traz o conceito de um tripé da sustentabilidade, estruturado nos âmbitos social, econômico e ambiental. O presente estudo foca na dimensão social da sustentabilidade, mais especificamente um dos fenômenos que interagem com esse âmbito, o processo sucessório. Tendo as organizações pecuárias da Campanha Gaúcha como objeto de estudo, onde o processo esse processo sucessório é um dos fatores críticos, esse estudo tem o objetivo de analisar a influência do processo sucessório sobre a sustentabilidade social de organizações pecuárias na Campanha Gaúcha. A metodologia utilizada foi estruturada a partir de uma Pesquisa quantitativa, de caráter descritivo e explicativo, com amostragem de 115 organizações pecuárias da Campanha Gaúcha. O método MESMIS foi utilizado para a construção do instrumento de coleta de dados, a posteriori lançando uso da estatística descritiva para caracterizar o processo de sucessão e identificar o nível de sustentabilidade social das organizações pecuárias, sequencialmente aplicando a lógica fuzzy para mensurar o nível do processo sucessório, findando com uso da técnica de regressão linear simples para analisar a influência do nível do processo sucessório sobre o índice de sustentabilidade social das organizações pecuárias. Os achados desse estudo apontam que organizações pecuárias da amostra estudada se encontram com índices acima da média de sustentabilidade social, bem como com índices altos de possibilidade de efetivação dos seus processos sucessórios. Além disso, há uma influência positiva e significativa do nível do processo sucessório sobre o índice de sustentabilidade social das organizações pecuárias. Dessa forma, as indicações do presente estudo são de que fortalecer o processo sucessório das organizações pecuárias da Campanha Gaúcha pode ser o caminho para gerar melhores indicadores sociais no campo, bem como a manutenção das condições sustentáveis do Bioma Pampa, garantindo a continuidade das organizações da pecuária de corte.
The human actions that cause, year after year, the modification of the natural conditions of the ecosystem, awaken a growing search for sustainability within the organizations. In this spectrum, the very understanding of sustainability has provoked discussion and provided the emergence of theories. One of the most widespread is the theory that brings the concept of a tripod of sustainability, structured in the social, economic and environmental spheres. The present study focuses on the social dimension of sustainability, more specifically one of the phenomena that interact with this scope, the succession process. The objective of this study is to analyze the influence of the succession process on the social sustainability of livestock organizations in the Campanha Gaúcha. The methodology used was structured based on a quantitative research, of a descriptive and explanatory nature, with sampling of 115 livestock organizations of the Campanha Gaúcha. The MESMIS method was used for the construction of the data collection instrument, a posteriori using descriptive statistics to characterize the succession process and to identify the level of social sustainability of livestock organizations, sequentially applying the fuzzy logic to measure the level of the process succession, ending with the use of the simple linear regression technique to analyze the influence of the level of the succession process on the index of social sustainability of livestock organizations. The findings of this study indicate that the livestock organizations of the sample studied are above the social sustainability average, as well as with high indexes of possibility of succession of their succession processes. In addition, there is a positive and significant influence of the succession process on the social sustainability index of livestock organizations. In this way, the indications of the present study are that to strengthen the succession process of the Campanha Gaúcha organizations can be the way to generate better social indicators in the field, as well as the maintenance of the sustainable conditions of the Bioma Pampa, ensuring the continuity of the organizations of the beef cattle.