Mídia social para a indústria criativa: reflexões sobre possíveis contribuições da Dicipa para a comunicação científica da Unipampa

A presente dissertação tem como intenção refletir sobre as possíveis contribuições das multiplataformas de Divulgação Científica do Pampa (Dicipa) – ação comunicacional de nossa autoria, resultado de um projeto de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) –, produzidas para a Universidade Fede...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2019
Main Author: Jorge, Franceli Couto lattes
Orientador/a: Feil, Gabriel Sausen lattes
Banca: Gonçalves, Carmen Regina Abreu lattes, Silva, Marcela Guimarães e lattes, Marques, André Canal lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal do Pampa
Programa: Mestrado Profissional em Comunicação e Indústria Criativa
Department: Campus São Borja
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3899
Citação:JORGE, Franceli Couto. Mídia social para a indústria criativa: reflexões sobre possíveis contribuições da Dicipa para a comunicação científica da Unipampa. 2019. 132 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Comunicação e Indústria Criativa) - Universidade Federal do Pampa, Campus São Borja, São Borja, 2019.
Resumo Português:A presente dissertação tem como intenção refletir sobre as possíveis contribuições das multiplataformas de Divulgação Científica do Pampa (Dicipa) – ação comunicacional de nossa autoria, resultado de um projeto de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) –, produzidas para a Universidade Federal do Pampa (Unipampa). Entendendo as multiplataformas de Dicipa como mídias sociais para a indústria criativa, a dissertação tem como objetivo central apresentar as possíveis contribuições de ordem científico-teórica, científico-prática e social da mencionada ação comunicacional para a comunicação científica da Unipampa. Para isso, disserta sobre indústria criativa e universidade, a fim de relacionar as duas expressões e apresentar a universidade enquanto uma indústria criativa (Capítulo 2), e sobre os conceitos que norteiam sua reflexão: cibercultura, cultura da convergência, mídias sociais e comunicação científica (Capítulo 3); apresenta o planejamento e a execução das multiplataformas de Divulgação Científica do Pampa (Capítulo 4) e, por fim, discute as possíveis contribuições dessa ação – Dicipa – para a comunicação científica da Unipampa (Capítulo 5). Esta pesquisa se justifica no campo científicoteórico ao trazer reflexões sobre a pesquisa e desenvolvimento enquanto insumo da indústria criativa e, portanto, permitindo nossa argumentação da Unipampa enquanto indústria criativa; no campo científico-prático quando se refere à reflexão da aplicação das mídias sociais (ação comunicacional) no contexto científico e, ao mesmo tempo, organizacional das universidades, ou seja, ao mostrar que é possível desenvolver ações que buscam contribuir com a comunicação científica a partir dos recursos físicos, humanos e intelectuais já disponíveis na instituição; e, por fim, no campo social quando promove um debate acerca da importância da divulgação científica – um dos ramos da comunicação científica – à sociedade e do preparo dos cidadãos para participarem ativamente das escolhas envolvendo Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I). Dentre as contribuições identificadas, o trabalho destaca a visibilidade aos grupos de pesquisa e programas de pós-graduação; a democratização do acesso à informação científica; a horizontalidade e bidirecionalidade comunicativa; a possibilidade de diálogo entre os pares e de trabalho em equipe e a aproximação da sociedade com temas científicos.
The aim of the present work is to reflect upon the possible contributions of the Scientific Dissemination of Pampa (Dicipa) multi-platform strategies – communicational action of our own design, as a result of a Research, Development and Innovation project (PD&I) –, made for the Federal University of Pampa (Unipampa). Conceiving the Dicipa multiplatform strategies as social media for creative industry, the main goal of this thesis is to present the possible contributions of the scientific-theoretical, scientific-practical and social fields of the above-mentioned communicational action to Unipampa’s scientific communication. To this end, this work expatiates on creative industry and university, in order to connect the two expressions and to present the university as a creative industry (Chapter 2), and on the concepts guiding its reflection: cyberculture, culture of convergence, social media and scientific communication (Chapter 3); it also presents the planning and carrying out of the multi-platform strategies of Scientific Dissemination of Pampa (Chapter 4); and, finally, it discusses the possible contributions of this action – Dicipa – to Unipampa’s scientific communication (Chapter 5). This research is justified in the scientific-theoretical field as it provides reflection upon the research and development as resources for creative industry and, therefore, allowing our argumentation conceiving Unipampa as a creative industry; it is also justified in the scientific-practical field in what concerns the reflection of the use of social media (communicational action) in the scientific context and, at the same time, in the organizational context of the universities, i.e., when it shows that it is possible to develop actions aiming to contribute to the scientific communication with the aid of physical, human and intellectual resources, previously available at the institution; and, finally, in the social field, promoting a debate on the importance of scientific dissemination – one of the branches of scientific communication – to society, and on people’s readiness to take part in the decisions concerning Science, Technology and Innovation (STI). Amongst the identified contributions, this work highlights the visibility brought to research groups and graduate programs; the democratization of scientific information; the communicative horizontality and bidirectionality; the possibility of discussion among peers and teamwork and the contact of society with scientific issues.