Unidade de ensino potencialmente significativa para o estudo de química orgânica

O ensino de Química possui um papel importante na sociedade, visto que os cidadãos interagem com esse conhecimento por diferentes meios: alimentação, tecnologia, construção civil, medicamentos e vestuário, dentre outros. A aprendizagem da química requer contextualização, interdisciplinaridade e prin...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Souza, Sabrina Rejane de
Orientador/a: Marranghello, Guilherme Frederico
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal do Pampa
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://dspace.unipampa.edu.br:8080/xmlui/handle/riu/1419
Resumo Português:O ensino de Química possui um papel importante na sociedade, visto que os cidadãos interagem com esse conhecimento por diferentes meios: alimentação, tecnologia, construção civil, medicamentos e vestuário, dentre outros. A aprendizagem da química requer contextualização, interdisciplinaridade e principalmente a aquisição de conhecimentos que capacitem os estudantes para interferir ativamente no meio em que habitam. No entanto, o conhecimento que se difunde no ensino é o de transmissão de informações, definições, regras, memorização de fórmulas e conceitos, atividades essas desconectadas com a vivência dos alunos e os fatos do dia-a-dia. O ensino de Química Orgânica é apresentado como um amontoado de informações aparentemente desconexas e sem utilidade, enfatizado somente pela escrita de nomenclatura e suas respectivas fórmulas. Contrariando esse tipo de abordagem, foi desenvolvida uma unidade de ensino de química orgânica que possibilite aos estudantes entender os fenômenos, compreender notícias, analisar e questionar informações, duvidar, verificar se os dados estão corretos, tudo para que o aluno saia do papel de espectador e passe a atuar sobre os problemas que o afetam. Como referencial teórico foi utilizada a Teoria da Aprendizagem Significativa de Ausubel, utilizando o conhecimento prévio existentes na estrutura cognitiva dos alunos, a interação com o outro, defendida na Teoria Sociocultural de Vygotsky e a Teoria da Aprendizagem Significativa Crítica. A proposta foi elaborada seguindo os passos das Unidades de Ensino Potencialmente Significativas onde, num primeiro momento, foi feito o levantamento dos conhecimentos prévios dos alunos, seguido da apresentação do conteúdo de uma forma mais geral. A partir de então, cada assunto foi elaborado de forma mais específica, visando à diferenciação progressiva e à reconciliação integradora. Os conceitos abordados perpassaram sobre as temáticas da origem, identificação e aplicação do carbono, de acordo com os passos da unidade. A aplicação foi realizada em sete turmas de 3ª série do Ensino Médio da Escola Estadual de Ensino Médio Vera Cruz e uma turma de 3ª série do Ensino Médio do Instituto Sinodal Imigrante, ambas localizadas na cidade de Vera Cruz, RS. Dentre as atividades desenvolvidas foram analisados de forma qualitativa os mapas mentais e apresentações de trabalhos e, de forma quantitativa, os pré e pós testes e uma avaliação somativa. A análise feita a partir dos resultados obtidos forneceu indícios de aprendizagem significativa, que é o objetivo da Unidade de Ensino Potencialmente Significativa.
The teaching of chemistry plays an important role in our society, as citizens interact with this knowledge by different means: power, technology, construction, medicine, clothing, among others. Learning of chemistry requires contextualization, interdisciplinarity and mainly the acquisition of knowledge that enable the students to intervene actively in the place they are living. However, the knowledge diffused in education is the transmission of information, definitions, rules, memorizing formulas and concepts. These activities are disconnected with the experience of the students and the facts of everyday life. The teaching of organic chemistry is presented as a jumble of seemingly unconnected and useless information, emphasized only for writing and naming their respective formulas. Contrary to this kind of approach, was developed a Teaching Unity on Organic Chemistry Education which enables students to understand the phenomena, understand news, analyze and understand information, questioning, doubting, verify that the data is correct, everything for the student to drop the viewer position to act on problems that affect it. As theoretical framework was used to Ausubel meaninful learning theory, using prior knowledge existing in the student’s cognitive structure, integration with the other students, defended by the Vygotsky’s Sociocultural theory and the theory of meaningful subversive learning. The proposal was drafted following the steps of teaching units in potentially meaningful learning where, at first was made the lifting of the previous knowledge of the students, then the content was presented in a more general aspects and, from there, each subject was elaborated more specifically, in order to accomplish progressive differentiation and inclusive reconciliation. The concepts covered on the themes followed the origin, identification and application of carbon, according to Unit’s footsteps. The application was performed in seven classes from 3rd grade of State Vera Cruz High School and a third grade class from the high school of the Synodal Immigrant Institute, located in the city of Vera Cruz, RS. Among the activities developed were analyzed qualitatively the mind maps and presentations of works and quantitatively the pre, post and summative assessment tests. The analysis from the results provided evidence of meaningful learning, which is the goal of potentially significant educational unit.