Quantificação de células T regulatórias no baço e sangue de cães naturalmente infectados com Leishmania spp

Os cães são o principal reservatório doméstico de Leishmania. (L.) chagasi. No hospedeiro vertebrado, incluindo o homem, o parasita pode causar leishmaniose visceral, transmitida aos humanos. As células T regulatórias (Treg) estão envolvidas na indução de supressão de mecanismos efetores relacionado...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2010
Main Author: Souza, Fausto de [UNESP]
Orientador/a: Lima, Valéria Marçal Felix de [UNESP]
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Online Access:http://hdl.handle.net/11449/94720
Citação:SOUZA, Fausto de. Quantificação de células T regulatórias no baço e sangue de cães naturalmente infectados com Leishmania spp. 2010. 42 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia e Curso de Medicina Veterinária, 2010.
Resumo Português:Os cães são o principal reservatório doméstico de Leishmania. (L.) chagasi. No hospedeiro vertebrado, incluindo o homem, o parasita pode causar leishmaniose visceral, transmitida aos humanos. As células T regulatórias (Treg) estão envolvidas na indução de supressão de mecanismos efetores relacionados à imunidade celular. Para investigar a possível implicação das células Treg durante a infecção por Leishmania spp., a presença de Treg no baço e no sangue periférico foi avaliada em cães naturalmente infectados e com sinais clínicos compatíveis com a doença. Quinze cães adultos provenientes do Centro de Controle de Zoonoses da Prefeitura Municipal de Araçatuba - SP, Brasil, com reação sorológica positiva para antígenos de Leishmania (L.) chagasi determinada por ELISA indireto e teste rápido rK39 (Kalazar Detect TM Rapid Test, InBios Inc-Seattle, WA-USA). Cinco cães saudáveis, provenientes de área não endêmica foram incluídos no estudo. As células T regulatórias foram quantificadas em amostras de baço e em células mononucleares do sangue periférico utilizando-se anticorpos monoclonais e citometria de fluxo. No baço, menor número de células Treg foi observado em cães infectados do que nos controles (p<0,05), enquanto que nenhuma diferença foi observada nas células mononucleares de sangue periférico. Esses resultados sugerem que as células Treg estão envolvidas na infecção por Leishmania spp. e que podem ter um papel na persistência do parasita e o estabelecimento da infecção crônica
Resumo inglês:Dogs are the main domestic reservoirs of L. (L.) chagasi. Once in the vertebrate host, the parasite may cause visceral leishmaniasis, which can also be transmitted to humans. Regulatory T cells (Treg) have been shown to be involved in the direct induction of immunosupression of effector cellular immune response. To investigate the possible involvement of T reg cells during Leishmania infection, the presence of Treg cells from the spleen and peripheral blood mononuclear cells (PBMC) of dogs naturally infected with L. (L.) chagasi, and showing clinical signs, was quantified. A total of 15 adult dogs from the Center for Zoonosis Control of Araçatuba - SP, Brazil, positive for Leishmania (L.) chagasi by indirect ELISA and TM rapid test rK39 (Kalazar Detect TM Rapid Test, InBios Inc-Seattleadult healthy dogs from non endemic area were included in the sspleen and PBMC were used for quantification of Treg by flow cytometmonoclonal antibodies. In spleen, Treg levels in infected dogs control group (p<0.05); in PBMC, no differences were observed betgroups. These results suggest that Treg population is involved in infection and may play a role in promoting parasite persistence achronic infection