Espaço urbano, desigualdade e indicadores de dimensões da sustentabilidade: análise de Formosa-GO

A ideia da construção de diversos índices e indicadores vem ganhando força como subsídio para o monitoramento das ações em políticas públicas no que diz respeito à qualidade de vida e à qualidade ambiental. No entanto, as formulações desses índices e indicadores podem não oferecer um retrato dos rea...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2011
Main Author: Silva, Antonio Sergio da [UNESP]
Orientador/a: Souza, José Gilberto de [UNESP]
Format: Tese
Language:por
Published: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Online Access:http://hdl.handle.net/11449/105026
Citação:SILVA, Antonio Sergio da. Espaço urbano, desigualdade e indicadores de dimensões da sustentabilidade: análise de Formosa-GO. 2011. viii, 277 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, 2011.
Resumo Português:A ideia da construção de diversos índices e indicadores vem ganhando força como subsídio para o monitoramento das ações em políticas públicas no que diz respeito à qualidade de vida e à qualidade ambiental. No entanto, as formulações desses índices e indicadores podem não oferecer um retrato dos reais aspectos das desigualdades sociais e dos elementos condicionantes para uma vida com qualidade e um ambiente sustentável. Esta pesquisa tem por objetivo principal analisar as possíveis relações entre as dimensões da sustentabilidade e os aspectos das desigualdades sociais, segregação ambiental, segregação espacial e classes de renda no espaço urbano. A estratégia de pesquisa foi através da investigação dos referenciais teóricos e pela análise das experiências realizadas, sendo elas: Seattle Sustentável, IQVU de Belo Horizonte, Diputació de Barcelona, Índice de Sustentabilidade de Blumenau, Mapa de Exclusão/Inclusão Social de São Paulo, a Experiência Jaboticabal Sustentável e a Proposta de Sistema de Indicadores Sociais Georreferenciados para o Planejamento e a Gestão Local. A pesquisa foi realizada no município de Formosa, GO, a coleta de dados entre janeiro e julho de 2010 e estabeleceu-se como estratégia o processo participativo por meio da formação de um grupo de sujeitos locais, sendo o levantamento de dados realizado em 225 domicílios de nove bairros, em setores censitários urbanos delimitados pelo IBGE, representativos à totalidade populacional urbana. Os critérios para identificação dos bairros foram baseados por acentuadas diferenças, tais como a estrutura urbana, condições ambientais, sociais e econômicas, dentre outras. A análise dos dados foi pela técnica comparativa dos indicadores utilizados, classificados e enquadrados em função dos princípios das dimensões ambiental, social...
Resumo inglês:The idea of building several indexes and indicators has been gaining power as an aid for monitoring the actions of public policies regarding to quality of life and environmental quality. However, the formulations of these indexes and indicators may not provide a picture of the real issues of social inequality and the determining factors for a quality life and a sustainable environment. This research aims at analyzing the possible relationships between the dimensions of sustainability and the aspects of social inequality, environmental segregations, spatial segregation and income classes in urban space. The search strategy was through the investigation of theoretical analysis and experiments, which were: Sustainable Seattle, IQVU of Belo Horizonte, Diputació of Barcelona, Sustainability Index of Blumenau, Map of Social Exclusion / Inclusion of São Paulo, Sustainable Experience Jaboticabal and Proposal of System of Social Indicators Georeferenced for Planning and Local Management. The research was conducted in the city of Formosa, GO, the data collection was between January and July 2010 and had established itself as strategy the participatory process through the formation of a group of local people, and the data collection conducted in 225 households of nine neighborhoods in urban census tracts defined by IBGE, represent the entire urban population. The criteria for identification of neighborhoods were based in significant differences, such as urban structure, environmental conditions, social and economic, among others. Data analysis was by the technique of used comparative indicators, sorted and classified according... (Complete abstract click electronic access below)