Percepção de situações de risco ambiental na área rural de São José do Rio Pardo/SP

O presente estudo é fruto de investigação acerca da percepção da população que possui vivência em dois bairros na área rural do município de São José do Rio Pardo-SP, atentando para o meio em que vivem pela perspectiva da experiência, identificando situações de riscos ambientais que permeiam seu mod...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Silva, Amanda Cristina Alves [UNESP]
Orientador/a: Risso, Luciene Cristina [UNESP]
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Assuntos em Português:
Online Access:http://hdl.handle.net/11449/139309
http://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/cathedra/19-05-2016/000865768.pdf
Citação:SILVA, Amanda Cristina Alves. Percepção de situações de risco ambiental na área rural de São José do Rio Pardo/SP. 2015. 128 f. Dissertação - (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2015.
Resumo Português:O presente estudo é fruto de investigação acerca da percepção da população que possui vivência em dois bairros na área rural do município de São José do Rio Pardo-SP, atentando para o meio em que vivem pela perspectiva da experiência, identificando situações de riscos ambientais que permeiam seu modus vivendi. O conceito de percepção, alicerce da aplicação e abordagem da metodologia de mapeamento ambiental participativo, abrange o arcabouço conceitual e teórico, pautado nas relações culturais, interligadas neste estudo sui generis, que estabelece uma nova relação entre as discussões culturais e sistêmicas. A integração participativa da população, no que tange às ações de cunho socioambiental, é um fator de prima importância no que se refere à qualidade de vida e permanência na área rural, uma vez que são inexpressivas as ações do poder público municipal no que se refere à atenção para criar condições para sua fixação no campo. Assim, questões ambientais, necessidades básicas, como saneamento, infraestrutura e acesso à saúde, relacionados a pequenos produtores são esquecidos por programas municipais - também esmiuçados neste estudo - através da análise crítica do Plano Diretor Municipal e de Desenvolvimento Rural Sustentável. Para concretizar tal trabalho, a parceria da Secretaria Municipal de Educação e Secretaria de Agricultura foi essencial para estabelecer elos com a população local. Em 2014 e 2015 foram realizadas reuniões públicas, nos bairros Água Fria e Sítio Novo de diferentes características socioeconômicas, onde riscos, potencialidades locais, bem como as necessidades de intervenção, conferiram dados identificados em depoimentos e questionários, culminando em uma construção cartográfica dos próprios participantes, produzindo um mapa final de riscos ambientais da área rural sudoeste do município. Diante das informações obtidas nas reuniões de mapeamento...
Resumo inglês:The current study is result of investigation about the perception of the population living in two districts at the municipality of São José do Rio Pardo-SP, attempting to the environment that they live in by the perspective of experience, identifying situations of environmental risks that permeate their modus vivendi. The concept of perception, basis of application and approach of participative environmental mapping methodology, covers the conceptual and theoretical outline, guided in cultural relations, interconnected in this sui generis study, that establish a new relation between cultural and systemic discussions. The population's participative integration, with respect to socio-environmental actions, it's a factor of prime importance about life quality and the countryside permanence, once the municipal public power actions as regards attention to create conditions for their setting in the field are meaningless. Therefore, environmental issues, basic needs such as sanitation, infraestructure and access to health, related to small producers are forgotten by municipal programs - also scrutinized in this study - through the critical analysis of the Master Plan Municipal and Rural Sustainable Development. To concretize this work, the partnership with the Education Municipal Secretary and the Agriculture Secretary was essential to establish links with the local population. In 2014 and 2015 public meetings were held in the districts Água Fria and Sítio Novo with different socioeconomic characteristics, where risks, local potential, such as the needs of intervention, conferred data in testimonials and questionnaires, culminating in a cartographic construction by the participants themselves, producing a environmental risks final map from the municipality southwest rural area. In face of the informations obtained at the participative mapping meetings were done field works,that presented important results, by which was possible to understand...