Habitação popular na arquitetura: paradigmas paulistas (1960-1975)

This research is a reflexive analysis of those paradigmatic structures, built or not, with innovative principles which turned them into references in projects and debates of Brazilian and paulista architecture for low income workers. By paradigmatic it is meant examples that have, in some fashion, c...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Machado, Cleber José Bonetti lattes
Orientador/a: Zein, Ruth Verde lattes
Banca: Camargo, Mônica Junqueira de lattes, Perrone, Rafael Antonio Cunha lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Programa: Arquitetura e Urbanismo
Department: Arquitetura e Urbanismo
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2620
Citação:MACHADO, Cleber José Bonetti. Habitação popular na arquitetura: paradigmas paulistas (1960-1975). 2008. 188 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2008.
Resumo Português:Esta pesquisa é uma análise reflexiva, sobre aquelas arquiteturas paradigmáticas, construídas ou não, cujos princípios inovadores as tornaram referências indispensáveis no projeto e no debate das arquiteturas paulista e brasileira voltadas ao atendimento da demanda por habitação popular. São entendidos como paradigmáticos os exemplos que de alguma maneira contribuíram substancialmente para o desenvolvimento dos marcos conceituais e arquitetônicos, tendo repercutido de diferentes maneiras nas obras de outros autores. Foram estudados projetos que extrapolaram seu valor imediato e produziram soluções que se tornaram genéricas e ascenderam à categoria de paradigmas. Essa análise pretende ser uma reflexão sobre a validade da persistência em tratar essas obras como paradigmas exclusivos ao situá-las historicamente e compreendê-las de maneira mais flexível.
Resumo inglês:This research is a reflexive analysis of those paradigmatic structures, built or not, with innovative principles which turned them into references in projects and debates of Brazilian and paulista architecture for low income workers. By paradigmatic it is meant examples that have, in some fashion, contributed consistently to the developing of conceptual and architectonic landmarks influencing, in different ways, the work of other authors. Projects that have gone further than their original purposes and produced solutions that have become standard, and have thus turned into paradigms, have been analysed here. This analysis aims to reflect upon the usefulness of the persistence in treating such works as exclusive paradigms by situating them historically and to understand them in a more flexible manner.