"Eu" e o "outro" : executivos expatriados e itinerantes vivenciando uma nova realidade cultural no âmbito profissional e pessoal

Trata-se de uma pesquisa exploratório-descritiva que tem como objetivo entender como os executivos expatriados e executivos itinerantes estão vivenciando uma nova realidade cultural no âmbito profissional e pessoal. O problema de pesquisa constitui-se em identificar e analisar os entraves e os facil...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2009
Main Author: Wagner, Linde
Orientador/a: Cavedon, Neusa Rolita
Format: Dissertação
Language:por
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Online Access:http://hdl.handle.net/10183/18610
Resumo Português:Trata-se de uma pesquisa exploratório-descritiva que tem como objetivo entender como os executivos expatriados e executivos itinerantes estão vivenciando uma nova realidade cultural no âmbito profissional e pessoal. O problema de pesquisa constitui-se em identificar e analisar os entraves e os facilitadores com os quais os executivos expatriados e os executivos itinerantes se defrontam ao iniciarem suas atividades profissionais em outro país e utilizar este conhecimento para desenvolver meios para facilitar o contato intercultural, focando no executivo itinerante. Os dados foram coletados através de questionários abertos com quarenta executivos da empresa transnacional (quatorze executivos expatriados, onze executivos expatriados retornados e quinze executivos itinerantes). Para a análise das respostas às perguntas do questionário, utilizou-se a metodologia de análise de conteúdo. Os resultados são apresentados em três conjuntos de categorias: vinte categorias iniciais, posteriormente reagrupadas em nove categorias intermediárias e, por último, sintetizadas nas categorias finais: A preparação para o contato com outras culturas, O contato com outras culturas e Desenvolvendo a interculturalidade. Os resultados obtidos apontam para a importância de não só executivos expatriados receberem treinamento intercultural, mas também os executivos itinerantes, que transitam entre as diferentes culturas das diversas localidades da empresa transnacional, necessitam de um treinamento cultural para embasar o contato intercultural. A pesquisa também indica características necessárias em um executivo itinerante e a importância do conhecimento prévio do idioma da localidade.
Resumo inglês:This is an exploratory-descriptive research, with the objective to understand how the expatriate and itinerant executives are experiencing a new cultural reality in a professional and personal ambit. The researched problem consist in identify and analyze the barriers and facilitators that the expatriate and itinerary executives are exposed to when performing professional activities in other countries, and use this knowledge to develop ways to facilitate the intercultural contact, focusing on the itinerate executive. The data was collected using an open questionnaire with forty executives from a transnational company (fourteen expatriates’ executives, eleven returned expatriate executives and fifteen itinerant executives). Content analyze methodology was used to analyze the answers given to the questionnaire. The results are presented in three groups of categories: twenty initial categories, posterior rearranged in nine intermediary categories and, at last, synthesize in three final categories, which are: the preparation for the contact with other cultures, the contact with other cultures and developing interculturality. The obtained results indicate the importance that not only expatriate executives should receive intercultural training, but also itinerant executives, which transit the different cultures of the various transnational company localities, need a cultural training to base the intercultural contact. This research also indicates needed characteristics of the itinerant executives and the importance of the previous knowledge of the local idiom.