Avaliação da potencialidade metalogenética do Cinturão Dom Feliciano leste do Rio Grande do Sul por meio da prospecção geoquímica

Nos últimos anos, estudos de prospecção geoquímica aliados à análise estatística e a técnicas de geoprocessamento tornaram-se imprescindíveis na busca por novos depósitos minerais. O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) executou o levantamento geoquímico na porção leste do Estado do Rio Grande do Sul,...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2017
Main Author: Garcia, Francisco Paulo
Orientador/a: Marques, Juliana Charão
Format: Dissertação
Language:por
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Online Access:http://hdl.handle.net/10183/156564
Resumo Português:Nos últimos anos, estudos de prospecção geoquímica aliados à análise estatística e a técnicas de geoprocessamento tornaram-se imprescindíveis na busca por novos depósitos minerais. O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) executou o levantamento geoquímico na porção leste do Estado do Rio Grande do Sul, em uma área de aproximadamente 32.481 km², e disponibilizou dados de sedimentos de corrente e de concentrado de bateia. A área desse estudo está situada sobre o Escudo Sul-rio-grandense, mais especificamente no Cinturão Dom Feliciano Leste. Trata-se de uma área formada por um volumoso magmatismo granítico com características de retrabalhamento crustal, na qual predominam rochas de idades proterozóicas. Apesar de pesquisas pontuais haverem encontrado indícios para a descoberta de novas ocorrências minerais na porção leste do escudo, esta tem sido pouco estudada. Sendo assim, este trabalho objetivou investigar possibilidades de novos alvos a partir da identificação de valores anômalos nesta região, empregando técnicas estatísticas e de geoprocessamento. Foram analisadas 1528 amostras de sedimentos de corrente e 1477, de concentrados de bateia, disponibilizadas no banco de dados digital da CPRM (Geobank) Determinaram-se os limiares para elementos químicos de sedimentos de corrente que possibilitaram identificar áreas anômalas. Os dados de concentrados de bateia foram tratados de forma distinta, a partir da construção de mapas de densidade do tipo Kernel. As áreas anômalas foram apresentadas de duas formas distintas. As Anomalias Puramente Estatísticas correspondem às regiões que apresentaram elementos químicos com valores acima do limiar e consideram apenas a posição geográfica destes, independentemente da afinidade existente entre os mesmos. Já as Anomalias Prospectivas foram assim denominadas, pois a delimitação da área anômala foi baseada no agrupamento de elementos que possuem afinidade, utilizando conceitos de prospecção como assinatura geoquímica e elementos farejadores. Os resultados encontrados apontam para seis áreas anômalas na porção leste do escudo sul-riograndense, os quais apresentam assinaturas de depósitos IOCG, Pórfiro-epitermal e depósitos relacionados a granitos estaníferos. Este estudo geoquímico de escala regional revelou áreas anômalas inéditas no escudo sul-riograndense. Fica claro que existe um alto potencial na área da metalogenia a ser ainda estudado.
Resumo inglês:In the last few years, geochemical prospective studies allied to statistical analysis and geoprocessing techniques became indispensable in the search for new mineral deposits. The Brazilian Geological Survey (CPRM) performed a geochemical survey in the eastern portion of the Rio Grande do Sul State, in an area that covers 32.481 km², and provided stream sediment and pan concentrate data. The studied area is situated in the Rio Grande do Sul’s Shield, more specifically in the Dom Feliciano Eastern belt. The area is constituted by a massive granitic magmatism with crustal reworking characteristics, in which rocks of Proterozoic age prevail. Although some researches had found clues of new mineral occurrences in the eastern part of the Shield, it is still understudied. Thus, this study aimed to investigate the possibilities of new targets from the identification of anomalous values in the region, employing statistical and geoprocessing techniques. 1528 stream sediment and 1477 pan concentrate samples are available in the digital database of CPRM (Geobank) were analysed. The threshold values for stream sediment chemical elements were determined, which allowed identifying the anomalous areas The pan concentrate data was analysed differently, from the construction of Kernel density maps. The resulting anomalous areas of this study were presented in two different ways, as Purely Statistical Anomalies (PSA) and Prospective Anomalies (PA). The regions that presented chemical elements above the threshold value, considering just their geographical position, regardless of the chemical affinity between the elements, were denominated Purely Statistical Anomalies. In the Prospective Anomalies, the delimitation of the anomalous area was based on the grouping of the elements that had chemical affinity, using prospective concepts as geochemical signature and pathfinder elements. The results pointed to six anomalous areas in the Sul-Riograndense Shield, which presented signatures of Iron oxide copper-gold (IOCG), porphyry-epithermal and stanniferous granites deposits. This regional scale geochemical study revealed unprecedented anomalous areas in the Sul-Riograndense Shield. Besides that, it became clear that there is a great metallogenic potential that still need to be studied.