A subjetividade da decisão : uma leitura psicanalítica no estudo da gestão

Este trabalho propõe o exame e a crítica da concepção de racionalidade implícita na administração tradicional a partir de uma abordagem psicanalítica. A questão da decisão é especificamente enfocada. São indicadas, em primeiro lugar, as insuficiências desta concepção de racionalidade na própria teor...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:1992
Main Author: Souza, Yeda Swirski de
Orientador/a: Fachin, Roberto Costa
Format: Dissertação
Language:por
Assuntos em Português:
Online Access:http://hdl.handle.net/10183/29921
Resumo Português:Este trabalho propõe o exame e a crítica da concepção de racionalidade implícita na administração tradicional a partir de uma abordagem psicanalítica. A questão da decisão é especificamente enfocada. São indicadas, em primeiro lugar, as insuficiências desta concepção de racionalidade na própria teoria da administração. Desenvolve-se, então, uma leitura desde a psicanálise sobre a questão da decisão. Esta leitura traz indicações sobre estrutura e operações subjetivas implicadas na decisão. O exame de decisões de um dirigente de empresa é apresentado num estudo de caso. A partir de método qualitativo procura-se apreender a dimensão subjetiva presente nos atos deste dirigente que dão lugar a decisões na gestão. Conclui-se, neste estudo, que é preciso operar e refletir na gestão conferindo o devido valor e a devida posição ao que diz respeito à subjetividade que responde a uma lógica bastante diferente daquela pretendida concepção de racionalidade da administração tradicional.
Resumo inglês:This study has the purpose of examining and criticizing from a psychoanalytical viewpoint the rationality concept implicit in the traditional approach to administration. It specially focuses the problem of decision. At first, one points to the insufficiency of this rationality concept at the theory of administration itself. From then it's developped a psychoanalytical reading about the problem of choice-decision. A case study of decisions taken by an entrepreuner is presented. By using qualitative methods one tries to understand the subjective dimension of the acts of the leader which abounds to decisions taken in the course of managing the firm. The conclusion of the study is that it is necessary to give to subjectivity its proper position and importance when we think about decisons taken at the entreprise level.