Seleção de populações de cebola tipo valenciana para o Vale do São Francisco

In the present work were estimated genetic gains in two environments due to recurrent selection practiced in population CNPH6400 for the type Valenciano, as well as parameters of adaptability and stability in five environments, with the final objective to evaluate the potential for recommendation of...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: OLIVEIRA, Antonio Esmael Silva de lattes
Orientador/a: SANTOS, Carlos Antônio Fernandes
Co-orientador/a: CARVALHO FILHO, José Luiz Sandes de
Banca: LUZ, Lucas Nunes da, MELO, Roberto de Albuquerque
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal Rural de Pernambuco
Programa: Programa de Pós-Graduação em Melhoramento Genético de Plantas
Department: Departamento de Agronomia
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/handle/tede2/5557
Citação:OLIVEIRA, Antonio Esmael Silva de. Seleção de populações de cebola tipo valenciana para o Vale do São Francisco. 2015. 75 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Melhoramento Genético de Plantas) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife.
Resumo Português:No presente trabalho foram estimados ganhos genéticos em dois ambientes devido a seleção recorrente praticada na população CNPH6400 para o tipo Valenciano, bem como parâmetros de adaptabilidade e estabilidade em cinco ambientes, com o objetivo final de avaliar o potencial de recomendação de populações Valencianas para o Vale do São Francisco. Os experimentos foram conduzidos nos municípios de Petrolina – PE, Juazeiro – BA, e Belém do São Francisco – PE, nos anos de 2013 a 2014. Foi adotado o delineamento experimental de blocos ao acaso, com três repetições, sendo doze tratamentos para avaliação do ganho genético e quatorze tratamentos, sendo oito Valencianas para parâmetros de adaptabilidade e estabilidade. As características avaliadas foram produção total de bulbos e produção de bulbos comerciais. Os dados da produção total foram corrigidos pela covariância a partir do stand médio de cada experimento. Foram estimadas a herdabilidade, o diferencial de seleção, o ganho genético. Parâmetros de adaptabilidade e estabilidade foram estimadas pelas metodologias de Eberhart & Russel e Lin & Binns. Nas avaliações de ganho genético foram observadas diferenças significativas para produção comercial de bulbos nos dois ambientes, exceto para a população 25CA10 em Juazeiro - BA. As médias do ganho genético para produção comercial na população Valenciana amarela 25CA10 foram 378,88% em Petrolina – PE e 16,30% em Juazeiro – BA, enquanto na população roxa T811CR13 os ganhos foram de 340,76% para Petrolina – PE e 55,01% de Juazeiro – BA. Os ganhos genéticos não foram lineares para a sequência dos ciclos avaliados, sendo essa oscilação atribuída a deriva genética e a seleção com ênfase a espessura de catáfilos nos últimos ciclos. Foi observada interação genótipo x ambiente para todas as variáveis avaliadas. As duas metodologias apresentaram resultados discrepantes para a cultivar Alfa São Francisco. As populações Valencianas 25CA10 e T811CR13 apresentaram produção de bulbos próximos ou acima das médias dos experimentos, aliadas a ampla adaptabilidade e boa estabilidade, tendo potencial para serem recomendadas como novas cultivares para a região do Vale do São Francisco.
Resumo inglês:In the present work were estimated genetic gains in two environments due to recurrent selection practiced in population CNPH6400 for the type Valenciano, as well as parameters of adaptability and stability in five environments, with the final objective to evaluate the potential for recommendation of Valencian populations for the Sao Francisco Valley. The experiments were carried out in the municipalities of Petrolina - PE, Juazeiro - BA, and Belem San Francisco - PE, during the years 2013 to 2014. It was adopted the experimental design of randomized blocks, with three replications and twelve treatments to evaluate the genetic gain and fourteen treatments, including eight Valencianas for adaptability and stability parameters. The characteristics evaluated were total and commercial bulb yields, which were. Adjusted by covariance from the average plant stand of each experiment. Were estimated heritability, differential selection, genetic gain. Adaptability and stability parameters were estimated by the methods of Eberhart & Russel and Lin & Binns. Significant differences were observed for bulbs commercial production in the two environment, except for the population 25CA10 in Juazeiro - BA. The mean genetic gain for bulbs commercial production in the yellow Valenciana population 25CA10 were 378.88% in Petrolina - PE and 16.30% in Juazeiro - BA, while the purple population T811CR13 the gains were 340.76% to Petrolina - PE and 55 01% to Juazeiro - BA. The genetic gains were not linear to the sequence of the evaluated cycles, and these oscillations were attributed to genetic drift and selection emphasizing the thickness of cataphylls in recent cycles. It was observed genotype x environment interaction for all variables. The two methodologies presented discrepant results for the cultivar Alfa San Francisco. The Valencianas 25CA10 populations and T811CR13 showed average bulb productions close or above experiments means, combined with wide adaptability and stability, having the potential to be recommended as new cultivars for the region of the São Francisco Valley.