A tradução do planejamento em resultados: uma proposta de um artefato operacional de execução da estratégia para uma cooperativa agrícola

A execução da estratégia torna-se um fator desafiador e que se configura como um elemento fundamental para a sustentabilidade e o crescimento das organizações. Nesse sentido, o presente trabalho teve por objetivo elaborar e propor um artefato operacional de execução da estratégia para uma cooperativ...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2017
Main Author: Bocolli, Aércio Fernando
Orientador/a: Kronmeyer Filho, Oscar Rudy
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade do Vale do Rio dos Sinos
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gestão e Negócios
Department: Escola de Gestão e Negócios
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/6242
Resumo Português:A execução da estratégia torna-se um fator desafiador e que se configura como um elemento fundamental para a sustentabilidade e o crescimento das organizações. Nesse sentido, o presente trabalho teve por objetivo elaborar e propor um artefato operacional de execução da estratégia para uma cooperativa agrícola do Rio Grande do Sul (RS). Para isso, partiu-se da seguinte questão: Quais as práticas necessárias para a tradução da estratégia em ações e resultados em uma cooperativa agrícola? A fim de se atingir o objetivo proposto, o estudo está ancorado nos fundamentos teóricos de DeLisi (2000), Neilson; Martin e Powers (2008), Spence (2009), Kaplan; Norton (2008), Higgins (2005), Zagotta e Robinson (2002), Bialoskorski Neto (2012), Oliveira (2015), entre outros. As unidades da cooperativa agrícola fizeram parte do estudo por meio de entrevista com gerentes e colaboradores de diferentes níveis setoriais. Como resultado da análise permitiu a identificação de barreiras à execução da estratégia, com também a consolidação dos aspectos considerados essenciais à execução. E a partir disso, foi elaborado e proposto um artefato operacional para execução do plano estratégico, constando todas as etapas fundamentais para a melhor performance na execução. Partindo-se da constatação de Oliveira (2015), de que as principiais dificuldades das cooperativas não são físicas e ambientais, mas sim gerenciais.
Resumo inglês:The execution of the strategy becomes a challenging factor and it is configured as a fundamental element for the sustainability and growth of organizations. In this sense, the present study had the objective of elaborating and proposing an operational artifact of execution of the strategy for an agricultural cooperative of Rio Grande do Sul (RS). For this, the following question arises: What are the practices necessary fot the translation of the strategy into actions and results in an agricultural cooperative? In order to achieve the proposed objective, the study is anchored in the theoretical foundations of DeLisi (2000), Neilson; Martin and Powers (2008), Spence (2009), Kaplan; Norton (2008), Higgins (2005), Zagotta and Robinson (2002), Bialoskorski Neto (1997), Oliveira (2015), among others. The agricultural cooperative units were part of the study through an interview with managers and employees from different sectoral levels. As a result of the analysis, it was possible to identify barriers to the execution of the strategy, as well as to consolidate the aspects considered essential to execution. And from that, an operational artifact was developed and proposed to execute the strategic plan, with all the key steps for the best execution performance. Based on Oliveira's (2015) observation, that the main difficulties of cooperatives are not physical and environmental, but rather managerial.