O desenvolvimento da teoria do preço justo: Martín de Azpilcueta entre a originalidade e a tradição

Esta tese de doutorado pretende explorar a teoria do preço justo em Martín de Azpilcueta (1492-1586), também conhecido como Dr. Navarro, buscando, de maneira específica, destacar quais os elementos de sua teoria que são portadores de originalidade e quais refletem sua influência oriunda da tradição...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2019
Main Author: Nascimento, Marlo do
Orientador/a: Culleton, Alfredo Santiago
Format: Tese
Language:por
Published: Universidade do Vale do Rio dos Sinos
Programa: Programa de Pós-Graduação em Filosofia
Department: Escola de Humanidades
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/8712
Resumo Português:Esta tese de doutorado pretende explorar a teoria do preço justo em Martín de Azpilcueta (1492-1586), também conhecido como Dr. Navarro, buscando, de maneira específica, destacar quais os elementos de sua teoria que são portadores de originalidade e quais refletem sua influência oriunda da tradição filosófica medieval. Para atingir este objetivo, no primeiro capítulo buscou-se expor o amplo debate sobre a questão do preço justo na filosofia medieval, anterior a Azpilcueta, com destaque para a abordagem do tema nos seguintes pensadores: Agostinho de Hipona (354-430), Alberto Magno (1200-1280), Tomás de Aquino (1225-1274), Pedro de João Olivi (1248-1298), Duns Scotus (1265-1308), Bernardino de Siena (1380-1444) e Antonino de Florença (1389-1459). No segundo capítulo, buscou-se demonstrar que há no século XX um resgate do pensamento da segunda escolástica por parte de pesquisadores da história do pensamento econômico. E é devido a este resgate que vem à luz a discussão de temas presentes nas obras de pensadores do século XVI, início do XVII, no que se refere à filosofia econômica. Dentre eles é possível encontrar o trabalho de Martín de Azpilcueta. Ressalta-se também, que no século XXI, segue-se com um avultante interesse, por parte de pesquisadores ao redor do mundo, pelas ideias desenvolvidas na segunda escolástica e para provar isso apresentamos alguns projetos de pesquisa desenvolvidos. No terceiro capítulo, adentrando mais propriamente no pensamento de Martín de Azpilcueta, será discutida a defesa da licitude moral da atividade comercial como sendo um pressuposto para a discussão do preço justo em Martin de Azpilcueta, discussão esta encontrada em sua obra chamada Commentaria in septem distinctiones de poenitentia. Destacar-se-á também a influência de Tomás de Aquino e Duns Scotus em sua apreciação sobre a questão. No quarto e último capítulo, será exposta a teoria do preço justo do Dr. Navarro, questão discutida em sua obra chamada Manual de confessores e penitentes. Para melhor aprofundar o tema será realizada a apreciação da teoria do preço de Azpilcueta em duas das edições de seu Manual, a saber: na edição castelhana de 1556 (Manual de confessores y penitentes) e na latina de 1573 (Enchiridion sive Manuale confessariorum et poenitentium) traduzida e revisada pelo próprio autor. Feito isso, apresentar-se-á nas considerações finais um paralelo que permite destacar alguns elementos originais da teoria do preço justo de Azpilcueta e outros resultantes de sua influência proveniente da tradição filosófica medieval.
Resumo inglês:This dissertation aims to explore the theory of just price according to Martín de Azpilcueta (1492-1586), also known as Doctor Navarro, more specifically, it aims to highlight which elements in his theory are original and which ones reflect the influence of the medieval philosophical tradition. In order to reach such aim, in the first chapter the wide debate on just price in medieval philosophy prior to Azpilcueta is discussed, focusing on the following authors: Augustine of Hippo (354-430), Albert the Great (1200-1280), Thomas Aquinas (1225-1274), Peter John Olivi (1248-1298), Duns Scotus (1265-1308), Bernardino of Siena (1380-1444) e Antonino of Florence (1389-1459). The second chapter demonstrates that, in the 20th Century there is a process of retrieving ideas of the second scholastic by history researchers of the economical thinking and such process brings to light the discussion of themes related to economical philosophy approached by late 16th, early 17th Century authors, the writings of Martín de Azpilcueta are one of them. In the 21st Century there is significant interest on the ideas developed in the second scholastic by researchers worldwide, and to prove such thesis some research projects developed are presented. The third chapter focuses on the ideas of Martín de Azpilcueta and discusses the defense of the moral legality of the commercial activity as an assumption for the discussion of just price in Martin de Azpilcueta, found in his writtings Commentaria in septem distinctiones de poenitentia. The influence of Thomas Aquinas and Duns Scotus as concerns the discussion of such subject is also stressed. The fourth and last chapter approaches the theory of the just price of Doctor Navarro, which is discussed in his writings named Handbook of confessors and penitents. A more profound analysis of the theme is accomplished through the assessment of Azpicuelta’s just price theory in two editions of his Handbook, that is, in the Spanish edition of 1556 (Manual de confessores y penitentes), and in the Latin edition of 1573 (Enchiridion sive Manuale confessariorum et poenitentium), translated and revised by the author himself. Lastly, final considerations draw a parallel between original elements in the theory of just price of Azpilcueta and other elements resulting of his influence of the medieval philosophical tradition.