Desafios do consumo sustentável nas classes populares do Brasil: estudo da relação entre as práticas cotidianas de consumo e seus níveis de sustentabilidade

Sustentabilidade pressupõe o conceito de que o futuro das sociedades será influenciado pelas ações realizadas atualmente e refletirá as transformações ocorridas no tempo e espaço em prol dos princípios sociais, econômicos e ambientais. O consumo sustentável é um tema que tem se destacado tanto nas d...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2014
Main Author: Waquil, Helena Dantas
Orientador/a: Fonseca, Marcelo Jacques
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade do Vale do Rio dos Sinos
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gestão e Negócios
Department: Escola de Gestão e Negócios
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/4782
Resumo Português:Sustentabilidade pressupõe o conceito de que o futuro das sociedades será influenciado pelas ações realizadas atualmente e refletirá as transformações ocorridas no tempo e espaço em prol dos princípios sociais, econômicos e ambientais. O consumo sustentável é um tema que tem se destacado tanto nas discussões internacionais entre governos e organizações como em pesquisas recentes, porém ainda apresenta carência de estudos que aprofundem a questão no entendimento do comportamento dos consumidores atuais (i.e. PROTHERO et al., 2010; SCHAFER e al., 2010; CONNOLLY e PROTHERO, 2003;). Da mesma forma, o grupo socioeconômico composto pelas classes populares também tem sido investigado em diversos aspectos devido a sua importância no crescimento e desenvolvimento das sociedades emergentes, como o Brasil tem vivenciado nos últimos anos. O presente estudo tem por objetivo cruzar estes temas, analisando o consumo sustentável dos consumidores de classes populares e buscando interpretar suas práticas cotidianas e seus significados para os consumidores dentro deste contexto social. A partir de um estudo qualitativo interpretativista, cinco comunidades brasileiras da cidade de Porto Alegre e região metropolitana foram visitadas e vivenciadas para a obtenção de resultados. As evidências permitiram refletir sobre as práticas de consumo exercidas e seus níveis de sustentabilidade, preenchendo, assim, uma das lacunas de pesquisa sugeridas por estudos anteriores. Nas visitas às comunidades o estudo combinou entrevistas em profundidade com pesquisa observatória participante, e os resultados surpreenderam apontando que muitas das práticas de consumo cotidianas manifestadas nesse ambiente socioeconômico são sustentáveis e criativas. Ainda assim, os consumidores pesquisados manifestaram algumas práticas não sustentáveis que refletiram hábitos específicos. Todas as práticas encontradas foram interpretadas à luz de um sólido embasamento teórico que permitiu a reflexão e algumas conexões a partir de estudos anteriores. Convida-se o leitor a mergulhar na descrição e interpretação dos hábitos cotidianos de consumo, sustentáveis ou não, investigados no contexto social das classes populares estudadas.
Resumo inglês:Sustainability implies the concept that the future of the global population will be influenced by the actions currently undertaken and that it reflects the transformation occurring in time and space towards the social, economic and environmental principles. Sustainable consumption is a theme that has been prominent in discussions between governments and international organizations as in recent researches, but still presents several opportunities to learn further investigation about the issue in the understanding of the behavior of today's consumers. Besides, the socio-economic group composed by the poor (popular) consumers have also been investigated in many aspects due to its importance in the growth and development of emerging countries, as Brazil has experienced the latest years. This research aims to cross these issues by analyzing both the sustainable consumption and the poor consumers, seeking to interpret their daily practices as their meanings to consumers within this social context. From an interpretive qualitative study, five Brazilian communities in the city of Porto Alegre and its metropolitan area were visited, investigates and experienced for obtaining results. Evidence allowed to reflect on the practices exercised within their levels of consumption and sustainability, thus fulfilling one of the research gaps suggested by previous studies. Through the visits, this study combined interviews with participant observatory research and surprisingly results showed that many of the everyday practices of consumption expressed in this socio-economic environment are sustainable and creative. Still, consumers surveyed also expressed some unsustainable practices that reflected specific habits. All practices found were interpreted by a solid theoretical foundation that allowed reflection and some connections from previous studies with present results. The reader is invited to soak in the description and interpretation of everyday consumption habits, sustainable or not, investigated at the social context of the popular classes of poor consumers studied.