Alterações na produção de TNF-<font face=\"symbol\">a e IL-10 no músculo esquelético de ratos com insuficiência cardíaca secundária a infarto do miocárdio: possível efeito antiinflamatório do treinamento aeróbio moderado.

Nos últimos anos, vários estudos têm demonstrado que durante o desenvolvimento da insuficiência cardíaca (IC) ocorre uma ativação no sistema imunológico, notadamente através de alterações nos níveis plasmático de citocinas pro e antiinflamatórias. Desta forma, estratégias terapêuticas têm sido utili...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2007
Main Author: Miguel Luiz Batista Junior
Orientador/a: Antonio Herbert Lancha Junior
Banca: Patricia Chakur Brum, Tania Cristina Pithon Curi, Carlos Eduardo Negrão, Marilia Cerqueira Leite Seelaender
Format: Tese
Language:por
Published: Universidade de São Paulo
Programa: Ciências (Biologia Celular e Tecidual)
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Online Access:http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42134/tde-18022008-091327/
Resumo Português:Nos últimos anos, vários estudos têm demonstrado que durante o desenvolvimento da insuficiência cardíaca (IC) ocorre uma ativação no sistema imunológico, notadamente através de alterações nos níveis plasmático de citocinas pro e antiinflamatórias. Desta forma, estratégias terapêuticas têm sido utilizadas com o intuito de modular a ação destas citocinas e neste caso, o treinamento físico aeróbio parece promissor. Em nosso estudo, avaliamos o efeito de oito semanas de um programa de treinamento aeróbio em esteira para ratos com IC secundária a infarto do miocárdio (IM). Apesar da produção e expressão dos genes (TNF-<font face=\"symbol\">a, IL-6 e IL10) estarem aumentados nos músculo sóleo dos animais com IC, o programa de treinamento aeróbio foi capaz de reverter este quadro, demonstrando valores próximos aos animais normais (sem IC). Desta forma, nos estudo sugere que o treinamento aeróbio moderado demonstrou efeito antiinflamatório em animais com IC secundária a (IM), podendo exercer um importante papel como terapêutica em programas de reabilitação de doenças cardiovasculares.
Resumo inglês:Recently, several studies has demonstrated immune activation during heart failure (HF) development, notably through changes in plasmatic levels pro and anti-inflammatory cytokines. For this reason, therapeutic interventions have been used with targeting to modulate this cytokine action and in this way, endurance training may be promising. In our study, we evaluated the effect of 8 weeks of endurance training program in a treadmill for post-myocardial (MI) HF rats. Despite increased of levels and gene expression (TNF-<font face=\"symbol\">a, IL-6 e IL10) in soleus muscle of post-MI HF rats, endurance training was able to reverse this change, showing similar values that as founded in control group (without HF). In this way, our study suggests that moderate endurance training demonstrated anti-inflammatory effect in post-MI HF rats, and it may play an important role as therapeutic in rehabilitation programs of cardiovascular disease.