Diários gratuitos Destak e Metro no Brasil: o aprofundamento do discurso publijornalístico

Objetivo: Os anúncios veiculados nas capas dos jornais gratuitos Metro e Destak, de São Paulo, apresentam um nível de diálogo entre linguagem publicitária e jornalística pouco comum ao que se observa nos periódicos tradicionais. A aproximação entre esses dois campos também é sentida em algumas chama...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2011
Main Author: Juliano Ribeiro de Lima Machado
Orientador/a: Nancy Nuyen Ali Ramadan
Banca: Jose Coelho Sobrinho, Cláudio Novaes Pinto Coelho
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade de São Paulo
Programa: Ciências da Comunicação
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Online Access:http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27153/tde-14122011-221611/
Resumo Português:Objetivo: Os anúncios veiculados nas capas dos jornais gratuitos Metro e Destak, de São Paulo, apresentam um nível de diálogo entre linguagem publicitária e jornalística pouco comum ao que se observa nos periódicos tradicionais. A aproximação entre esses dois campos também é sentida em algumas chamadas de capa gênero marcadamente jornalístico que recorrem a vários elementos do discurso publicitário. Esta pesquisa busca identificar os mecanismos utilizados pelos anunciantes de jornais gratuitos e pelo veículo em si para obter tal efeito nos dois casos analisados. Métodos: Os conceitos de dialogia de Mikhail Bakhtin e da Análise de Discurso francesa são a principal fundamentação teórica a ser aplicada em uma seleção de anúncios e chamadas nas capas de Metro e Destak. Resultados: embora o mercado jornalístico cultive uma imagem dos gratuitos como concorrentes dos jornais pagos populares, as conclusões da análise do corpus reforçam uma estratégia definida pelos gratuitos de se associar a um público jovem, urbano e de bom poder aquisitivo.
Resumo inglês:Objective: The advertisements published on the front page of the free dailies Metro and Destak, from São Paulo, show a level of dialogue between advertising and journalistic language that is not commonly seen in traditional newspapers. These two discourses get also closer in some top headlines a traditional room for journalistic content that incorporate many elements of the advertising discourse. This study is aimed at identifying the strategies used by both advertisers and the media outlet itself to prompt this effect. Methods: The concepts of dialogism by Mikhail Bakhtin and the French Discourse Analysis are the theoretical basis to be applied to a selection of advertisements and top headlines of Metro and Destak. Results: although the journalistic market regards the free dailies as competitors to popular newspapers, the conclusions drawn from our analysis emphasize a strategy adopted by the free dailies of associating their brand with a young, urban, wealthy audience.