Citometria de fluxo de leucócitos sangüíneos de Phrynops geoffroanus (Schweigger, 1812) provenientes de ambientes poluídos: metodologia de isolamento e estimulação

O quelônio Phrynops geoffroanus aparece freqüentemente associado a cursos d\'água poluídos, sem que, no entanto, sejam conhecidos aspectos que descrevam sua atividade imune celular frente situações adversas (efeitos antrópicos). A citometria de fluxo permite mensurar características estruturais...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Elmer Alexander Genoy-Puerto
Orientador/a: Eliana Reiko Matushima
Banca: José Luiz Catão-Dias, Vanessa de Moura Sá Rocha
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade de São Paulo
Programa: Patologia Experimental e Comparada
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Online Access:http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10133/tde-19112008-171339/
Resumo Português:O quelônio Phrynops geoffroanus aparece freqüentemente associado a cursos d\'água poluídos, sem que, no entanto, sejam conhecidos aspectos que descrevam sua atividade imune celular frente situações adversas (efeitos antrópicos). A citometria de fluxo permite mensurar características estruturais e imunológicas de células em suspensão submetidas a um fluxo contínuo, sendo capaz de analisar inúmeros tipos celulares. Neste trabalho foi desenvolvida metodologia para estudar e avaliar a função celular de leucócitos sangüíneos do Phrynops geoffroanus através da fagocitose e burst oxidativo espontâneo e induzido utilizando a citometria de fluxo. Para definir a metodologia foram utilizadas 86 amostras sangüíneas de Phrynops geoffroanus encontrados em ambientes antrópicos do rio Piracicaba, ribeirão Piracicamirim e Fundação Parque Zoológico de São Paulo como grupo de comparação. Estes resultados foram complementados pelo perfil hematológico. O processamento incluiu transporte e conservação das amostras em RPMI 1640 Gibco® para posterior utilização de Ficoll-PaqueTM PLUS como agente separador entre leucócitos e hemácias, utilizando-se centrifugações refrigeradas (18°C) com acelerações e desacelerações graduais. Amostras com porcentagens de viabilidade inferiores a 90 % não foram utilizadas na realização dos estímulos: Zymosan A (Saccharomyces cerevisiae) Bio Particles®, Alexa Fluor® 594 conjugate para induzir fagocitose e miristato acetato de phorbol (PMA) e Saccharomyces cerevisiae (Zymosan) na indução do burst oxidativo. Condições ambientais, espécie específica e da metodologia da citometria de fluxo determinaram uma melhor resposta para realização da fagocitose em comparação com o burst oxidativo dos leucócitos aqui avaliados.
Resumo inglês:The freshwater turtle Phrynops geoffroanus is frequently associated with polluted waters; however, the aspects that describe the cellular immune activity against adverse situations (anthropogenic effects) are still unknown. Flow cytometry allows us to measure and analyze the characteristics of the suspended cells when submitted to a continuous flow; it is capable of analyzing a number of different types of cells. In this study, it designed a methodology in order to study and evaluate the cellular function of blood leucocytes, through phagocytosis and spontaneous or induced oxidative bursts, using flow cytometry. This methodology, was designed with 86 blood samples, collected from Phrynops geoffroanus in anthropogenic environments of the river Piracicaba and its tributary Piracicamirim and the Sao Paulo Zoological Park Foundation, as a comparison group, all in Sao Paulo State, Brazil. These results were complemented with the blood profile. The samples were stored in RPMI 1640 Gibco®, medium for transportation. Initially, it was used Ficoll-PaqueTM PLUS, as a separator of leucocytes and red blood cells. Later the samples were centrifuged at 18°C, with gradual break and speed. Samples with viability percentage under 90% were not used. The agents used for stimulation were Zymosan A (Saccharomyces cerevisiae) Bio Particles®, Alexa Fluor® 594 conjugate to induce phagocytosis and phorbol miristate-acetate (PMA) and Saccharomyces cerevisiae (Zymosan) to induce oxidative burst. Environmental, species-specific and cytometric methodology conditions determined a better response for the occurrence of phagocytosis in comparison with oxidative burst of the leucocytes analyzed.