Estratégia global e adaptação local no setor bancário brasileiro: uma análise da subsidiária brasileira do banco Citibank

Os Bancos, com o objetivo de atender (e reter) seus clientes ao redor do mundo, se internacionalizam, implantando subsidiárias em diferentes países que possuem regulamentações, culturas e hábitos muitas vezes distintos da matriz, aumentando assim a complexidade da gestão e dos papéis que devem ser a...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2010
Main Author: Itamar Pacheco da Silva
Orientador/a: Moacir de Miranda Oliveira Júnior
Banca: Alvaro Bruno Cyrino
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade de São Paulo
Programa: Administração
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Online Access:http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-19042011-201325/
Resumo Português:Os Bancos, com o objetivo de atender (e reter) seus clientes ao redor do mundo, se internacionalizam, implantando subsidiárias em diferentes países que possuem regulamentações, culturas e hábitos muitas vezes distintos da matriz, aumentando assim a complexidade da gestão e dos papéis que devem ser assumidos pelas subsidiárias e pela matriz. Os clientes (bancários) exigem o mesmo padrão de atendimento e qualidade, com sistemas e interface padronizados que centralizem as informações, ao mesmo tempo requerem um conhecimento do mercado local e suas regulamentações. Alguns elementos são mais fáceis de serem centralizados, outros dependem de capacidades locais tendo resultados melhores de forma descentralizada. Neste contexto, é importante compreender como o Banco Citibank, uma das instituições mais internacionalizadas do mundo, equaciona a questão da adaptação de sua estratégia global às condições locais. Para entender como o Banco lida com este trade-off, foi realizado um estudo de caso exploratório, com uma abordagem qualitativa. A análise permitiu explicitar qual estratégia a empresa adotou para os diferentes elementos estratégicos, identificando quais foram adaptados ou padronizados e os motivadores para esta decisão. Na análise realizada com base na Matriz de Day (1990), constatou-se que o banco adotou diferentes estratégias para cada elemento, padronizando principalmente os elementos de orientação estratégica e o de recursos humanos, adaptando localmente os elementos de marketing e assumindo uma estratégia mista em operações e tecnologia. Adicionalmente, verificou-se que o papel estratégico assumido pela subsidiária brasileira pode ser considerado principalmente na América Latina como um líder estratégico.
Resumo inglês:With the aim of attending (and retaining) clients around the world, Banks are becoming international, by establishing subsidiaries in different countries that have regulations, cultures, and habits, which many times are different from the headquarter. Thus, increasing the management and roles\' complexity that must be assumed by subsidiaries and headquarter. Clients (bankers) require the same service and quality standard, with standardized systems and interface that centralize information, while requiring domestic market knowledge and its regulations. Some elements are easier to be centralized, others depend on domestic capacities with better results in a decentralized manner. Hence, it is important to comprehend how Bank Citibank, which is one of the most universal institutions in the world, equates the global strategy issue to the domestic conditions. An exploratory case study was carried out to understand how the Bank deals with this trade-off, with a qualitative approach. This analysis clarified which strategy the company adopted for different strategic elements, identifying the ones that were adapted or standardized and the motivators for this decision. In the analysis carried out in Day\'s matrix (1990), it was seen that the bank adopted different strategies for each element, by standardizing mainly the strategic guidance and human resources elements, domestically adapting the marketing elements, and assumed a mixed strategy in operations and technology. In sum, the strategic role assumed by the Brazilian subsidiary was verified for being mainly considered in Latin America as a strategic leader.