Investigação do comportamento dinâmico dos coeficientes da curva de Phillips Novo Keynesiana no Brasil e a importância da globalização comercial

Nos últimos tempos a literatura empírica tem reportado inúmeras evidências relativas à alterações dos coeficientes da curva de Phillips Novo Keynesiana em diversas economias, dentre as quais reduções dos impactos da inércia inflacionária, do hiato do produto, da inflação importada e elevação do coef...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2009
Main Author: Leonardo Porto de Almeida
Orientador/a: Fabiana Fontes Rocha
Banca: Eurilton Alves Araujo Junior, Pedro Garcia Duarte, Marcelo Kfoury Muinhos, Affonso Celso Pastore
Format: Tese
Language:por
Published: Universidade de São Paulo
Programa: Economia
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Online Access:http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-17122009-111729/
Resumo Português:Nos últimos tempos a literatura empírica tem reportado inúmeras evidências relativas à alterações dos coeficientes da curva de Phillips Novo Keynesiana em diversas economias, dentre as quais reduções dos impactos da inércia inflacionária, do hiato do produto, da inflação importada e elevação do coeficiente das expectativas de inflação. Neste contexto, uma parte da literatura tem atribuído à maior globalização comercial entre as economias uma das principais causas para algumas dessas evidências. O presente trabalho teve como objetivo investigar uma parte deste extenso debate aplicando-o aos dados da economia brasileira. Especificamente, os dois principais objetivos deste trabalho foram: i) investigar se a dinâmica inflacionária da economia brasileira sofreu alguma alteração nos últimos anos em termos de mudanças das magnitudes dos coeficientes da Curva de Phillips Novo Keynesiana; ii) avaliar se a maior globalização comercial da economia brasileira ocorrida ao longo das duas últimas décadas exerceu alguma influência sobre os coeficientes da Curva de Phillips Novo Keynesiana. Ressalta-se que os resultados apresentados para esse segundo objetivo sempre levaram em consideração o significativo aperfeiçoamento da condução da política monetária na economia brasileira desde a implantação do regime de metas de inflação. Com relação ao primeiro objetivo as evidências deste trabalho apontaram que há indicações de redução dos coeficientes da inércia inflacionária e da inflação importada concomitante à elevação do coeficiente das expectativas de inflação. Neste sentido, não se evidenciou alterações significativas no coeficiente do hiato do produto. No tocante ao segundo objetivo, os resultados sugeriram que o aumento da credibilidade tende a reduzir os coeficientes da inércia inflacionária, do hiato do produto e da inflação importada ao mesmo tempo em que eleva o coeficiente das expectativas de inflação. Finalmente, a importância da maior globalização comercial mostrou-se restrita ao coeficiente da inflação importada na direção de ampliá-lo.
Resumo inglês:Over the latest years, the empirical literature has been reporting several evidences across economies regarding changes in coefficients of the New Keynesian Phillips Curve such as reductions on impacts of inflationary inertia, output gap, imported inflation, as well as an increase in the inflation expectation coefficient. In this context, the trade globalization has been pointed as one of the main causes behind some of those changes. The present paper aims to address part of this broad debate, applying it to the Brazilian economy data. In particular, the two most important objectives were: i) to investigate whether the inflation dynamic in Brazil suffered any significant change over the last years, focusing on the coefficients estimates of the Brazilian New Keynesian Phillips Curve; ii) to evaluate whether the recent greater trade globalization of the Brazilian economy led to any effect on its New Keynesian Phillips Curve coefficients. One should note that the results of this second objective will always be evaluated taking into account the significant improvement in the monetary policy management in Brazil since the implementation of the inflation targeting regime. In relation to the first objective the results found in this paper suggested reductions on inflationary inertia and imported inflation coefficients and increase in the inflation expectation coefficient. Therefore, it was not found any significant change in the output gap coefficient. Regarding the second objective, the evidences pointed the greater credibility tends to decrease the coefficients of inflationary inertia, output gap, and imported inflation amid an increase in inflation expectation impact. Finally, the potential impacts of greater trade globalization showed restricted to higher imported inflation coefficient.