Os mecanismos de exclusão na trajetória escolar de alunos privados de liberdade do centro estadual de educação básica para jovens e adultos professor Odair Pasqualini

The present study has the object the mechanisms of school exclusion for students in privation of freedom from State Center for Basic Education for Youth and Adults - CENSE Odair Pasqualini, from the understanding of the school as the complex social structure component, which is involved in a network...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2016
Main Author: Dias, Elisabete de Paula lattes
Orientador/a: Viana, Iêda
Banca: Velozo, Emerson Luís, Fontana, Maria Iolanda
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Tuiuti do Parana
Programa: Mestrado em Educação
Department: Educação
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede.utp.br:8080/jspui/handle/tede/1586
Citação:Dias, Elisabete de Paula. Os mecanismos de exclusão na trajetória escolar de alunos privados de liberdade do centro estadual de educação básica para jovens e adultos professor Odair Pasqualini. 2016. 207 f. Dissertação( Mestrado em Educação) - Universidade Tuiuti do Paraná, Curitiba, 2016.
Resumo Português:O presente estudo tem como objeto os mecanismos de exclusão na trajetória escolar de alunos privados de liberdade do Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos – Professor Odair Pasqualini, a partir da compreensão da escola como componente da complexa estrutura social, em que é envolvida em uma rede de processos, que incluem e excluem as pessoas na dinâmica de suas relações, como, por exemplo, a questão de raça, religião, gênero, filosofia, nível socioeconômico e cultural. Estes mecanismos discriminatórios contribuem para a evasão e seletividade, além de fatores intrínsecos à própria escola. Essas mazelas sociais influenciam diretamente no cotidiano escolar e contribuem para que as crianças e os adolescentes no decorrer do ano letivo sejam conduzidos para fora da fila, para fora do currículo oficial, para fora do sistema de avaliação, para fora da cultura escolar, para fora do ideário educativo e, por fim, direcionam-se para o abandono escolar. Como objetivo geral pretendeu-se a análise da trajetória escolar do aluno privado de liberdade, os fatores que levaram à sua exclusão escolar, os mecanismos de exclusão social que estavam presentes neste processo e como foi a sua inclusão na criminalidade. E, como objetivos específicos: realizar o registro da história da criação, implantação e regularização do CEEBJA Professor Odair Pasqualini, no contexto da modalidade de educação de jovens e adultos, identificar o perfil do sujeito da pesquisa, as pessoas privadas de liberdade, internos desta unidade penal; detectar quais fatores externos e internos à escola que foram determinantes para a evasão escolar, na trajetória de vida escolar dos sujeitos pesquisados. A exclusão escolar foi analisada com um olhar para o interior da escola, nas relações estabelecidas, nos contratos firmados subjetivamente, na cultura legitimada por intermédio do currículo oficial. Como referencial teórico utilizou-se as ferramentas conceituais de Foucault, na perspectiva de escola como instituição disciplinadora que tem como objetivo central moldar, fabricar alunos dóceis e úteis para uma sociedade de controle; como também a leitura de mundo proferida por Freire, sobre a invasão cultural no interior da escola; o conceito de inclusão excludente abordado por Cury; e as interpretações realizadas por Dubet acerca da igualdade. Com o auxilio destes autores procurou-se entender alguns mecanismos que contribuem para o abandono escolar. Como recurso metodológico foi aplicado um questionário com questões abertas e fechadas e solicitada a redação de um texto por parte dos sujeitos selecionados para a pesquisa. A análise dos dados demostrou que os mecanismos de exclusão social interferem diretamente no abandono escolar e a escola como instituição disciplinar na visão de Foucault (2013) deixa nas crianças e nos adolescentes marcas profundas em suas lembranças pelo processo de subjetivação/objetivação que passaram neste ambiente.
Resumo inglês:The present study has the object the mechanisms of school exclusion for students in privation of freedom from State Center for Basic Education for Youth and Adults - CENSE Odair Pasqualini, from the understanding of the school as the complex social structure component, which is involved in a network of processes which include and exclude people in the dynamics of their relationship, for example, the issue of race, religion, gender, philosophy, socioeconomic and cultural level. These discriminatory mechanisms contribute to the avoidance and selectivity, as well as intrinsic factors to the school. These social problems directly influence the daily school and make children and teenagers during the school year carried out in line, out of the official curriculum, out of the evaluation system, out of school culture, out the educational ideal and finally direct to the school leaving. As a general purpose it was intended to analyze the school trajectory of the student who is is privation of freedom, the factors that led to their exclusion from school, the mechanisms of social exclusion that were present in this process and how they were included in crime. And as specific objectives: to carry out the record of the history of creation, implementation and regularization of CEEBJA Odair Pasqualini, in the context of adults and Youth Education mode, to identify the profile of the research subject, the persons deprived of freedom, internals of this criminal unit; to detect external and internal factors to school which were determinant to the school avoidance in school life trajectory of the researched subjects. The school exclusion was analyzed with a look into the school, the relationships established, the contracts signed subjectively legitimized the culture through the official curriculum. As a theoretical framework we used the conceptual tools of Foucault, school perspective as a disciplinary institution whose main objective to shape, to make kind and useful students for a society of control; as well as the world of reading given by Freire about cultural invasion in the school; the concept of exclusionary inclusion approached by Cury; and the interpretations made by Dubet about equality. With the help of these authors we tried to understand some of the mechanisms that contribute to school dropouts. As methodological approach it was applied a questionnaire with open and closed questions and requested the drafting of a text by the selected for the research subjects. The analysis demonstrated data that the mechanisms of social exclusion directly interfere with the school leaving and the school as a disciplinary institution in Foucault's view (2013) leaves in children and adolescents deep marks in their memories by the subjectivation / objectification process that passed in this environment .