Trabalhos de campo na disciplina geografia = um olhar sobre a educação básica em Ponta Grossa (PR)

Orientador: Celso Dal Ré Carneiro

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2010
Main Author: Justen, Rosangela
Orientador/a: Carneiro, Celso Dal Ré, 1951-
Banca: Compiani, Mauricio, Melo, Mário Sérgio de
Format: Dissertação
Language:por
Published: [s.n.]
Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Geociências
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Online Access:http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287232
Citação:JUSTEN, Rosangela. Trabalhos de campo na disciplina geografia = um olhar sobre a educação básica em Ponta Grossa (PR). 2010. 113 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287232>. Acesso em: 16 ago. 2018.
Resumo Português:Resumo: Métodos de ensino baseados em atividades de campo proporcionam aproximação entre o objeto estudado e o indivíduo. Para assimilação do saber geográfico, é importante que sejam considerados tanto o conhecimento do aluno como a realidade que o envolve, devendo estes servir de referência para o estudo do espaço geográfico. O campo constitui ótimo ambiente de ensino, além de promover maior socialização de grupos. Nesse quadro favorável aos trabalhos de campo, realizamos pesquisa sobre atividades de campo desenvolvidas na disciplina Geografia em escolas e colégios da rede pública e particular de Ponta Grossa, Estado do Paraná. O principal objetivo da pesquisa é investigar a realização ou não de trabalhos de campo em Geografia, em estabelecimentos de ensino público e particular, nos níveis de ensino fundamental e médio do município. As informações foram coletadas por meio de questionário enviado aos professores responsáveis. Como resultado, verificou-se que mais de 50% dos professores aplicam metodologias de campo no ensino de Geografia. Mas também são apontadas inúmeras dificuldades para não-realização de atividades de campo com os alunos, que incluem: (a) aspectos de ordem financeira dos alunos, (b) a responsabilidade que o professor assume ao levar o aluno para fora do ambiente escolar, e (c) a falta de tempo para preparação das atividades de campo. A pesquisa confirmou amplamente a hipótese inicial de que os professores do município participantes da pesquisa valorizam tal recurso didático porque obtêm bons resultados de sua utilização. Mesmo aqueles que não as realizam consideram essa linha de atividades como de grande importância. A pesquisa fornece alguns indicadores bastante úteis para planejamento de atividades didáticas de campo
Resumo inglês:Abstract: Currently, teaching is not a simple task, because teachers are endeavoured not only for transmitting knowledge, but to encourage young people to learn the contents and to change personal attitudes towards improving their relationship with the environment. For these processes to occur, a teacher needs to attract the attention of his/her students. Many resources enhance the effectiveness of the teaching-learning process. Field activities have been increasingly used as a tool. Teaching methodologies for field-based activities provide approximation between the studied object to the individual who studies it. At the same time, the field is an excellent environment for learning, and stimulates some social connections as well. To study geography, the reality which involves the student should be considered, as long as it can be a reference for the study of the geographical space. In this positive framework for fieldwork, we have started a research on field activities that have been developed in the Geography discipline in public and private schools from the elementary up to the high school teaching levels in the municipality of Ponta Grossa (PR). The main objective of the research is to investigate whether or not fieldwork is a current practice for teaching of Geography. Data was collected by means of a questionnaire delivered to teachers. The results may describe the teachers' fieldwork practice, and the procedures regarding this use from the point-of-view of pedagogical practices. A preliminary analysis of the received contributions allows us to say that well-done fieldwork can increase environmental conscious and awareness. It is possible to say that many teachers use this practice to supplement the theoretical methodology taught in the classroom. Even those teachers that currently do not apply them consider these activities as greatly important. The research provides some indicators useful for planning teaching activities of fieldwork