Jovens vivendo com HIV e AIDS, vínculos e sexualidadeuma etnografia em uma policlínica do município do Rio de Janeiro

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2015
Autor(a) principal: Lima, Vinícius Mauricio de
Orientador(a): Santos, Adriana Kelly
Banca de defesa: Não Informado pela instituição
Tipo de documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Não Informado pela instituição
Programa de Pós-Graduação: Não Informado pela instituição
Departamento: Não Informado pela instituição
País: Não Informado pela instituição
Link de acesso: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/14471
Resumo: O avanço de casos de HIV/aids entre jovens se tornou objeto de preocupação de pesquisadores, gestores públicos e profissionais de saúde. Ao chegarem ao serviço público de saúde para iniciarem o tratamento, os jovens trazem demandas relativas ao impacto da soropositividade em seus projetos de vida que se iniciam. Nesta pesquisa, tivemos como objetivo analisar discursos sobre sexualidade e práticas sexuais de jovens vivendo com HIV e aids, em uma policlínica de referência na rede pública de saúde do município do Rio de Janeiro. Adotamos como referencial os princípios da análise dos discursos sociais e da produção social dos sentidos, de modo a evidenciar como o vínculo dos jovens com profissionais era um elemento importante de comunicação associado à humanização das práticas de saúde e à normatização das práticas sexuais. Para isso, desenvolvemos uma etnografia, de julho de 2013 a dezembro de 2014, na qual utilizamos para a coleta de dados as técnicas da observação participante de atendimentos individuais e de ações coletivas da policlínica, entrevistas com profissionais e jovens vivendo com HIV e aids e análise de documentos Concluímos que, diante das dificuldades de comunicação, por exemplo, com familiares, esses jovens podiam encontrar no vínculo com os profissionais suporte no enfrentamento do HIV/aids. No entanto, esse vínculo nem sempre pressupunha a discussão sobre determinados aspectos da sexualidade, como os diversos sentidos que os jovens tinham do sexo seguro
id CRUZ_ad7af4827c391e457a635b15ac7ff796
oai_identifier_str oai:www.arca.fiocruz.br:icict/14471
network_acronym_str CRUZ
network_name_str Repositório Institucional da FIOCRUZ (ARCA)
repository_id_str
spelling Lima, Vinícius Mauricio deBenítez, María Elvira DíazMonteiro, Simone SouzaAguiar, Adriana Cavalcanti deCardoso, Janine MirandaSantos, Adriana KellySantos, Adriana Kelly2016-06-15T17:44:06Z2016-07-06T00:24:27Z2016-06-15T17:44:06Z2016-07-06T00:24:27Z2015LIMA, V. M. de. Jovens vivendo com HIV e AIDS, vínculos e sexualidadeuma etnografia em uma policlínica do município do Rio de Janeiro. 2015. 96f. Dissertação (Mestrado em Informação e Comunicação em Saúde) - Fundação Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde, Rio de janeiro, RJ, 2015https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/14471O avanço de casos de HIV/aids entre jovens se tornou objeto de preocupação de pesquisadores, gestores públicos e profissionais de saúde. Ao chegarem ao serviço público de saúde para iniciarem o tratamento, os jovens trazem demandas relativas ao impacto da soropositividade em seus projetos de vida que se iniciam. Nesta pesquisa, tivemos como objetivo analisar discursos sobre sexualidade e práticas sexuais de jovens vivendo com HIV e aids, em uma policlínica de referência na rede pública de saúde do município do Rio de Janeiro. Adotamos como referencial os princípios da análise dos discursos sociais e da produção social dos sentidos, de modo a evidenciar como o vínculo dos jovens com profissionais era um elemento importante de comunicação associado à humanização das práticas de saúde e à normatização das práticas sexuais. Para isso, desenvolvemos uma etnografia, de julho de 2013 a dezembro de 2014, na qual utilizamos para a coleta de dados as técnicas da observação participante de atendimentos individuais e de ações coletivas da policlínica, entrevistas com profissionais e jovens vivendo com HIV e aids e análise de documentos Concluímos que, diante das dificuldades de comunicação, por exemplo, com familiares, esses jovens podiam encontrar no vínculo com os profissionais suporte no enfrentamento do HIV/aids. No entanto, esse vínculo nem sempre pressupunha a discussão sobre determinados aspectos da sexualidade, como os diversos sentidos que os jovens tinham do sexo seguroThe advance of HIV/ AIDS among young people became the object of concern to researchers, policy makers and health professionals. When they reached the public health service to start treatment, young people bring claims regarding the impact of seropositivity in their life projects that start. In this research , w e aimed to analyze discourses about sexuality and sexual practices of young people living with HIV and AIDS, in a reference clinic in the public health of the city of Rio de Janeiro. We adopted the principles of analysis of social discourse and the social production of the senses in order to show how the bond of young people with professionals has been an importa nt element of communication associated with the humanization of health practices and regulation of sexual practices. For this, we developed an ethnography, from July 2013 to D ecember 2014, in which we use for data collection techniques of participant obser vation of individual consultations and collective actions in the polyclinic, interviews with professionals and young people living with HIV and AIDS and document analysis. We conclude that, given the difficulties of communication, for example, with family, these young people could find in the bond with the professional support in addressing HIV /AIDS. However, the bond not always presupposed a disc ussion about certain aspects of sexuality of young people , as the several ways to make safe sex.Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, BrasilporJovens vivendo com HIV e AIDS, vínculos e sexualidadeuma etnografia em uma policlínica do município do Rio de Janeiroinfo:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesis2015Pós-Graduação em Informação e Comunicação em SaúdeFundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em SaúdeRio de Janeiro/RJPrograma de Pós-Graduação em Informação e Comunicação em SaúdeSíndrome de Imunodeficiência AdquiridaAdolescenteHIVApego ao ObjetoSexualidadeinfo:eu-repo/semantics/openAccessreponame:Repositório Institucional da FIOCRUZ (ARCA)instname:Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ)instacron:FIOCRUZTEXTvinicius_lima_icict_mest_2015.pdf.txtvinicius_lima_icict_mest_2015.pdf.txtExtracted texttext/plain319931https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/icict/14471/4/vinicius_lima_icict_mest_2015.pdf.txt925f4533e869c42a8db0375e56ee19b1MD54LICENSElicense.txttext/plain1748https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/icict/14471/2/license.txt8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33MD52ORIGINALvinicius_lima_icict_mest_2015.pdfapplication/pdf1382325https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/icict/14471/3/vinicius_lima_icict_mest_2015.pdf2c3d133fdb51f93ef4938d932911b1e2MD53icict/144712023-08-23 15:34:04.658oai:www.arca.fiocruz.br:icict/14471Tk9URTogUExBQ0UgWU9VUiBPV04gTElDRU5TRSBIRVJFClRoaXMgc2FtcGxlIGxpY2Vuc2UgaXMgcHJvdmlkZWQgZm9yIGluZm9ybWF0aW9uYWwgcHVycG9zZXMgb25seS4KCk5PTi1FWENMVVNJVkUgRElTVFJJQlVUSU9OIExJQ0VOU0UKCkJ5IHNpZ25pbmcgYW5kIHN1Ym1pdHRpbmcgdGhpcyBsaWNlbnNlLCB5b3UgKHRoZSBhdXRob3Iocykgb3IgY29weXJpZ2h0Cm93bmVyKSBncmFudHMgdG8gRFNwYWNlIFVuaXZlcnNpdHkgKERTVSkgdGhlIG5vbi1leGNsdXNpdmUgcmlnaHQgdG8gcmVwcm9kdWNlLAp0cmFuc2xhdGUgKGFzIGRlZmluZWQgYmVsb3cpLCBhbmQvb3IgZGlzdHJpYnV0ZSB5b3VyIHN1Ym1pc3Npb24gKGluY2x1ZGluZwp0aGUgYWJzdHJhY3QpIHdvcmxkd2lkZSBpbiBwcmludCBhbmQgZWxlY3Ryb25pYyBmb3JtYXQgYW5kIGluIGFueSBtZWRpdW0sCmluY2x1ZGluZyBidXQgbm90IGxpbWl0ZWQgdG8gYXVkaW8gb3IgdmlkZW8uCgpZb3UgYWdyZWUgdGhhdCBEU1UgbWF5LCB3aXRob3V0IGNoYW5naW5nIHRoZSBjb250ZW50LCB0cmFuc2xhdGUgdGhlCnN1Ym1pc3Npb24gdG8gYW55IG1lZGl1bSBvciBmb3JtYXQgZm9yIHRoZSBwdXJwb3NlIG9mIHByZXNlcnZhdGlvbi4KCllvdSBhbHNvIGFncmVlIHRoYXQgRFNVIG1heSBrZWVwIG1vcmUgdGhhbiBvbmUgY29weSBvZiB0aGlzIHN1Ym1pc3Npb24gZm9yCnB1cnBvc2VzIG9mIHNlY3VyaXR5LCBiYWNrLXVwIGFuZCBwcmVzZXJ2YXRpb24uCgpZb3UgcmVwcmVzZW50IHRoYXQgdGhlIHN1Ym1pc3Npb24gaXMgeW91ciBvcmlnaW5hbCB3b3JrLCBhbmQgdGhhdCB5b3UgaGF2ZQp0aGUgcmlnaHQgdG8gZ3JhbnQgdGhlIHJpZ2h0cyBjb250YWluZWQgaW4gdGhpcyBsaWNlbnNlLiBZb3UgYWxzbyByZXByZXNlbnQKdGhhdCB5b3VyIHN1Ym1pc3Npb24gZG9lcyBub3QsIHRvIHRoZSBiZXN0IG9mIHlvdXIga25vd2xlZGdlLCBpbmZyaW5nZSB1cG9uCmFueW9uZSdzIGNvcHlyaWdodC4KCklmIHRoZSBzdWJtaXNzaW9uIGNvbnRhaW5zIG1hdGVyaWFsIGZvciB3aGljaCB5b3UgZG8gbm90IGhvbGQgY29weXJpZ2h0LAp5b3UgcmVwcmVzZW50IHRoYXQgeW91IGhhdmUgb2J0YWluZWQgdGhlIHVucmVzdHJpY3RlZCBwZXJtaXNzaW9uIG9mIHRoZQpjb3B5cmlnaHQgb3duZXIgdG8gZ3JhbnQgRFNVIHRoZSByaWdodHMgcmVxdWlyZWQgYnkgdGhpcyBsaWNlbnNlLCBhbmQgdGhhdApzdWNoIHRoaXJkLXBhcnR5IG93bmVkIG1hdGVyaWFsIGlzIGNsZWFybHkgaWRlbnRpZmllZCBhbmQgYWNrbm93bGVkZ2VkCndpdGhpbiB0aGUgdGV4dCBvciBjb250ZW50IG9mIHRoZSBzdWJtaXNzaW9uLgoKSUYgVEhFIFNVQk1JU1NJT04gSVMgQkFTRUQgVVBPTiBXT1JLIFRIQVQgSEFTIEJFRU4gU1BPTlNPUkVEIE9SIFNVUFBPUlRFRApCWSBBTiBBR0VOQ1kgT1IgT1JHQU5JWkFUSU9OIE9USEVSIFRIQU4gRFNVLCBZT1UgUkVQUkVTRU5UIFRIQVQgWU9VIEhBVkUKRlVMRklMTEVEIEFOWSBSSUdIVCBPRiBSRVZJRVcgT1IgT1RIRVIgT0JMSUdBVElPTlMgUkVRVUlSRUQgQlkgU1VDSApDT05UUkFDVCBPUiBBR1JFRU1FTlQuCgpEU1Ugd2lsbCBjbGVhcmx5IGlkZW50aWZ5IHlvdXIgbmFtZShzKSBhcyB0aGUgYXV0aG9yKHMpIG9yIG93bmVyKHMpIG9mIHRoZQpzdWJtaXNzaW9uLCBhbmQgd2lsbCBub3QgbWFrZSBhbnkgYWx0ZXJhdGlvbiwgb3RoZXIgdGhhbiBhcyBhbGxvd2VkIGJ5IHRoaXMKbGljZW5zZSwgdG8geW91ciBzdWJtaXNzaW9uLgo=Repositório InstitucionalPUBhttps://www.arca.fiocruz.br/oai/requestrepositorio.arca@fiocruz.bropendoar:21352023-08-23T18:34:04Repositório Institucional da FIOCRUZ (ARCA) - Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ)false
dc.title.pt_BR.fl_str_mv Jovens vivendo com HIV e AIDS, vínculos e sexualidadeuma etnografia em uma policlínica do município do Rio de Janeiro
title Jovens vivendo com HIV e AIDS, vínculos e sexualidadeuma etnografia em uma policlínica do município do Rio de Janeiro
spellingShingle Jovens vivendo com HIV e AIDS, vínculos e sexualidadeuma etnografia em uma policlínica do município do Rio de Janeiro
Lima, Vinícius Mauricio de
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Adolescente
HIV
Apego ao Objeto
Sexualidade
title_short Jovens vivendo com HIV e AIDS, vínculos e sexualidadeuma etnografia em uma policlínica do município do Rio de Janeiro
title_full Jovens vivendo com HIV e AIDS, vínculos e sexualidadeuma etnografia em uma policlínica do município do Rio de Janeiro
title_fullStr Jovens vivendo com HIV e AIDS, vínculos e sexualidadeuma etnografia em uma policlínica do município do Rio de Janeiro
title_full_unstemmed Jovens vivendo com HIV e AIDS, vínculos e sexualidadeuma etnografia em uma policlínica do município do Rio de Janeiro
title_sort Jovens vivendo com HIV e AIDS, vínculos e sexualidadeuma etnografia em uma policlínica do município do Rio de Janeiro
author Lima, Vinícius Mauricio de
author_facet Lima, Vinícius Mauricio de
author_role author
dc.contributor.member.none.fl_str_mv Benítez, María Elvira Díaz
Monteiro, Simone Souza
Aguiar, Adriana Cavalcanti de
Cardoso, Janine Miranda
Santos, Adriana Kelly
dc.contributor.author.fl_str_mv Lima, Vinícius Mauricio de
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Santos, Adriana Kelly
contributor_str_mv Santos, Adriana Kelly
dc.subject.decs.pt_BR.fl_str_mv Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Adolescente
HIV
Apego ao Objeto
Sexualidade
topic Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Adolescente
HIV
Apego ao Objeto
Sexualidade
description O avanço de casos de HIV/aids entre jovens se tornou objeto de preocupação de pesquisadores, gestores públicos e profissionais de saúde. Ao chegarem ao serviço público de saúde para iniciarem o tratamento, os jovens trazem demandas relativas ao impacto da soropositividade em seus projetos de vida que se iniciam. Nesta pesquisa, tivemos como objetivo analisar discursos sobre sexualidade e práticas sexuais de jovens vivendo com HIV e aids, em uma policlínica de referência na rede pública de saúde do município do Rio de Janeiro. Adotamos como referencial os princípios da análise dos discursos sociais e da produção social dos sentidos, de modo a evidenciar como o vínculo dos jovens com profissionais era um elemento importante de comunicação associado à humanização das práticas de saúde e à normatização das práticas sexuais. Para isso, desenvolvemos uma etnografia, de julho de 2013 a dezembro de 2014, na qual utilizamos para a coleta de dados as técnicas da observação participante de atendimentos individuais e de ações coletivas da policlínica, entrevistas com profissionais e jovens vivendo com HIV e aids e análise de documentos Concluímos que, diante das dificuldades de comunicação, por exemplo, com familiares, esses jovens podiam encontrar no vínculo com os profissionais suporte no enfrentamento do HIV/aids. No entanto, esse vínculo nem sempre pressupunha a discussão sobre determinados aspectos da sexualidade, como os diversos sentidos que os jovens tinham do sexo seguro
publishDate 2015
dc.date.issued.fl_str_mv 2015
dc.date.accessioned.fl_str_mv 2016-06-15T17:44:06Z
2016-07-06T00:24:27Z
dc.date.available.fl_str_mv 2016-06-15T17:44:06Z
2016-07-06T00:24:27Z
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.citation.fl_str_mv LIMA, V. M. de. Jovens vivendo com HIV e AIDS, vínculos e sexualidadeuma etnografia em uma policlínica do município do Rio de Janeiro. 2015. 96f. Dissertação (Mestrado em Informação e Comunicação em Saúde) - Fundação Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde, Rio de janeiro, RJ, 2015
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/14471
identifier_str_mv LIMA, V. M. de. Jovens vivendo com HIV e AIDS, vínculos e sexualidadeuma etnografia em uma policlínica do município do Rio de Janeiro. 2015. 96f. Dissertação (Mestrado em Informação e Comunicação em Saúde) - Fundação Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde, Rio de janeiro, RJ, 2015
url https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/14471
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Repositório Institucional da FIOCRUZ (ARCA)
instname:Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ)
instacron:FIOCRUZ
instname_str Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ)
instacron_str FIOCRUZ
institution FIOCRUZ
reponame_str Repositório Institucional da FIOCRUZ (ARCA)
collection Repositório Institucional da FIOCRUZ (ARCA)
bitstream.url.fl_str_mv https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/icict/14471/4/vinicius_lima_icict_mest_2015.pdf.txt
https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/icict/14471/2/license.txt
https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/icict/14471/3/vinicius_lima_icict_mest_2015.pdf
bitstream.checksum.fl_str_mv 925f4533e869c42a8db0375e56ee19b1
8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33
2c3d133fdb51f93ef4938d932911b1e2
bitstream.checksumAlgorithm.fl_str_mv MD5
MD5
MD5
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da FIOCRUZ (ARCA) - Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ)
repository.mail.fl_str_mv repositorio.arca@fiocruz.br
_version_ 1798325846701768704