CAMPANHA PRESIDENCIAL DE ARTHUR DA COSTA E SILVA: A festa da democracia autoritária

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2010
Autor(a) principal: Caldas, Fabio Ciaccia Rodrigues
Orientador(a): Não Informado pela instituição
Banca de defesa: Não Informado pela instituição
Tipo de documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso embargado
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade Metodista de São Paulo
Processo Comunicacionais
BR
UMESP
PÓS GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO
Programa de Pós-Graduação: Não Informado pela instituição
Departamento: Não Informado pela instituição
País: Não Informado pela instituição
Palavras-chave em Português:
Link de acesso: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/923
Resumo: Em 1966 o Brasil chegava ao término do primeiro governo do regime militar. Disputavam o poder dois grupos das Forças Armadas, a Sorbonne e a Linha Dura. Esta indicou o nome do Ministro da Guerra Arthur da Costa e Silva como candidato à sucessão do Presidente Castello Branco. Costa e Silva fez campanha, percorrendo o Brasil para conhecer os problemas nacionais e apresentar suas propostas. O inusitado está no fato de a eleição ser indireta e apenas os membros do Congresso Nacional ter direito a voto, estando a população à margem da escolha do novo mandatário do país. O objetivo do trabalho é traçar o perfil do Marechal Arthur da Costa e Silva levantando fatos históricos que o tornaram, em 1966, um candidato viável à Presidência da República do Brasil e compreender a estratégia de marketing eleitoral utilizada. O trabalho utilizou como metodologia a pesquisa bibliográfica, entrevistas semiestruturadas com personagens que viveram a época e análise de conteúdo dos jornais O Estado de São Paulo e Jornal do Brasil, para indicar suas posições na cobertura das eleições presidenciais de 1966.
id METODISTA_7ce629a0bb10f04213ca33ec2bcc8787
oai_identifier_str oai:tahbit.umesp.edu.dti:tede/923
network_acronym_str METODISTA
network_name_str Repositório Institucional da Metodista
repository_id_str
spelling CAMPANHA PRESIDENCIAL DE ARTHUR DA COSTA E SILVA: A festa da democracia autoritáriaeleição presidencialCosta e SilvaBrasilpresidential electionCosta e SilvaBrazilCNPQ::CIENCIAS HUMANASEm 1966 o Brasil chegava ao término do primeiro governo do regime militar. Disputavam o poder dois grupos das Forças Armadas, a Sorbonne e a Linha Dura. Esta indicou o nome do Ministro da Guerra Arthur da Costa e Silva como candidato à sucessão do Presidente Castello Branco. Costa e Silva fez campanha, percorrendo o Brasil para conhecer os problemas nacionais e apresentar suas propostas. O inusitado está no fato de a eleição ser indireta e apenas os membros do Congresso Nacional ter direito a voto, estando a população à margem da escolha do novo mandatário do país. O objetivo do trabalho é traçar o perfil do Marechal Arthur da Costa e Silva levantando fatos históricos que o tornaram, em 1966, um candidato viável à Presidência da República do Brasil e compreender a estratégia de marketing eleitoral utilizada. O trabalho utilizou como metodologia a pesquisa bibliográfica, entrevistas semiestruturadas com personagens que viveram a época e análise de conteúdo dos jornais O Estado de São Paulo e Jornal do Brasil, para indicar suas posições na cobertura das eleições presidenciais de 1966.In 1966 the first Military Government was ending in Brazil. Two groups were sharing the political power: The Army Forces, called Sorbonne and Linha Dura . This wanted the Ministry of War, Arthur da Costa e Silva, as a successor of the former President Castello Branco. Costa e Silva made his political campaign running around Brazil to know about the national problems and to show his proposal. The unusual think is the fact that the election was indirect and just the members of National Congress were entitled to vote, so the population was a part of the process. The objective of this research is to profile the Marshal Arthur da Costa e Silva though history facts that made him, in 1966, a candidate for Presidency of the Republic and to understand the marketing strategy used. The methodology to be used was literature, semi-structure interviews with people that were living at the time, and content analyses of the newspapers: O Estado de São Paulo and Jornal do Brasil. The objective was to show their positions during the campaign of the Presidential Election in 1966.Universidade Metodista de São PauloProcesso ComunicacionaisBRUMESPPÓS GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃOQueiroz, Adolpho Carlos FrançosoCPF:94674123412http://lattes.cnpq.br/2554925339792900Peruzzo, Cicília M. KrohlingCPF:16453586456Caldas, Fabio Ciaccia Rodrigues2016-08-03T12:31:16Z2011-02-242010-05-23info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesisapplication/pdfCALDAS, Fabio Ciaccia Rodrigues. CAMPANHA PRESIDENCIAL DE ARTHUR DA COSTA E SILVA: A festa da democracia autoritária. 2010. 47 f. Dissertação (Mestrado em Processo Comunicacionais) - Universidade Metodista de São Paulo, São Paulo, 2010.http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/923porinfo:eu-repo/semantics/embargoedAccessreponame:Repositório Institucional da Metodistainstname:Universidade Metodista de São Paulo (METODISTA)instacron:METODISTA2016-08-03T18:08:57Zoai:tahbit.umesp.edu.dti:tede/923Repositório InstitucionalPRIhttp://tede.metodista.br/oai/requestbiblioteca@metodista.bropendoar:2016-08-03T18:08:57Repositório Institucional da Metodista - Universidade Metodista de São Paulo (METODISTA)false
dc.title.none.fl_str_mv CAMPANHA PRESIDENCIAL DE ARTHUR DA COSTA E SILVA: A festa da democracia autoritária
title CAMPANHA PRESIDENCIAL DE ARTHUR DA COSTA E SILVA: A festa da democracia autoritária
spellingShingle CAMPANHA PRESIDENCIAL DE ARTHUR DA COSTA E SILVA: A festa da democracia autoritária
Caldas, Fabio Ciaccia Rodrigues
eleição presidencial
Costa e Silva
Brasil
presidential election
Costa e Silva
Brazil
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
title_short CAMPANHA PRESIDENCIAL DE ARTHUR DA COSTA E SILVA: A festa da democracia autoritária
title_full CAMPANHA PRESIDENCIAL DE ARTHUR DA COSTA E SILVA: A festa da democracia autoritária
title_fullStr CAMPANHA PRESIDENCIAL DE ARTHUR DA COSTA E SILVA: A festa da democracia autoritária
title_full_unstemmed CAMPANHA PRESIDENCIAL DE ARTHUR DA COSTA E SILVA: A festa da democracia autoritária
title_sort CAMPANHA PRESIDENCIAL DE ARTHUR DA COSTA E SILVA: A festa da democracia autoritária
author Caldas, Fabio Ciaccia Rodrigues
author_facet Caldas, Fabio Ciaccia Rodrigues
author_role author
dc.contributor.none.fl_str_mv Queiroz, Adolpho Carlos Françoso
CPF:94674123412
http://lattes.cnpq.br/2554925339792900
Peruzzo, Cicília M. Krohling
CPF:16453586456
dc.contributor.author.fl_str_mv Caldas, Fabio Ciaccia Rodrigues
dc.subject.por.fl_str_mv eleição presidencial
Costa e Silva
Brasil
presidential election
Costa e Silva
Brazil
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
topic eleição presidencial
Costa e Silva
Brasil
presidential election
Costa e Silva
Brazil
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
description Em 1966 o Brasil chegava ao término do primeiro governo do regime militar. Disputavam o poder dois grupos das Forças Armadas, a Sorbonne e a Linha Dura. Esta indicou o nome do Ministro da Guerra Arthur da Costa e Silva como candidato à sucessão do Presidente Castello Branco. Costa e Silva fez campanha, percorrendo o Brasil para conhecer os problemas nacionais e apresentar suas propostas. O inusitado está no fato de a eleição ser indireta e apenas os membros do Congresso Nacional ter direito a voto, estando a população à margem da escolha do novo mandatário do país. O objetivo do trabalho é traçar o perfil do Marechal Arthur da Costa e Silva levantando fatos históricos que o tornaram, em 1966, um candidato viável à Presidência da República do Brasil e compreender a estratégia de marketing eleitoral utilizada. O trabalho utilizou como metodologia a pesquisa bibliográfica, entrevistas semiestruturadas com personagens que viveram a época e análise de conteúdo dos jornais O Estado de São Paulo e Jornal do Brasil, para indicar suas posições na cobertura das eleições presidenciais de 1966.
publishDate 2010
dc.date.none.fl_str_mv 2010-05-23
2011-02-24
2016-08-03T12:31:16Z
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv CALDAS, Fabio Ciaccia Rodrigues. CAMPANHA PRESIDENCIAL DE ARTHUR DA COSTA E SILVA: A festa da democracia autoritária. 2010. 47 f. Dissertação (Mestrado em Processo Comunicacionais) - Universidade Metodista de São Paulo, São Paulo, 2010.
http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/923
identifier_str_mv CALDAS, Fabio Ciaccia Rodrigues. CAMPANHA PRESIDENCIAL DE ARTHUR DA COSTA E SILVA: A festa da democracia autoritária. 2010. 47 f. Dissertação (Mestrado em Processo Comunicacionais) - Universidade Metodista de São Paulo, São Paulo, 2010.
url http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/923
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/embargoedAccess
eu_rights_str_mv embargoedAccess
dc.format.none.fl_str_mv application/pdf
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade Metodista de São Paulo
Processo Comunicacionais
BR
UMESP
PÓS GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO
publisher.none.fl_str_mv Universidade Metodista de São Paulo
Processo Comunicacionais
BR
UMESP
PÓS GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Repositório Institucional da Metodista
instname:Universidade Metodista de São Paulo (METODISTA)
instacron:METODISTA
instname_str Universidade Metodista de São Paulo (METODISTA)
instacron_str METODISTA
institution METODISTA
reponame_str Repositório Institucional da Metodista
collection Repositório Institucional da Metodista
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da Metodista - Universidade Metodista de São Paulo (METODISTA)
repository.mail.fl_str_mv biblioteca@metodista.br
_version_ 1792601920863469568