O culto ao corpo em academia de ginástica: um estudo etnográfico na Cidade do Rio de Janeiro

O objetivo principal do presente estudo foi descrever, a partir da ambiência das academias de ginástica, o fenômeno do culto ao corpo na sociedade contemporânea. A ambiência, considerada uma categoria no campo do imaginário social, compreende o espaço como um lugar que é, ao mesmo tempo, produto e p...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Kalyla Maroun lattes
Orientador/a: Luiz Felipe Baêta Neves Flores lattes
Banca: Regina Gloria Nunes Andrade lattes, Vera Lucia de Menezes Costa lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Online Access:http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=5046
Resumo Português:O objetivo principal do presente estudo foi descrever, a partir da ambiência das academias de ginástica, o fenômeno do culto ao corpo na sociedade contemporânea. A ambiência, considerada uma categoria no campo do imaginário social, compreende o espaço como um lugar que é, ao mesmo tempo, produto e produtor de relações simbólicas e de sentidos. Após a revisão de literatura acerca da temática proposta, realizou-se um estudo etnográfico mediado por observação participante e análise de discurso (escola francesa) em uma academia de grande porte situada na zona sul da cidade do Rio de Janeiro. Os resultados da pesquisa de campo apontaram para três categorias de análise da ambiência: 1) a casa dos espelhos: a motivação das imagens, dos objetos e das formas; 2) a motivação humana: o profissional de educação física; e 3) o símbolo da tribo: o corpo. Pode-se considerar que a ambiência contribui significativamente para a emergência do culto ao corpo desenvolvido nas academias e, proliferado em outras esferas da vida social, sendo aparentemente excludente àqueles que não abarcam o fenômeno em questão. Nesse sentido, é possível estabelecer uma analogia da descrição da ambiência com a seguinte ponderação: do hedonismo Dionisíaco à disciplina Apolínea prevalece a imagem de Narciso. Por fim, o mapeamento da ambiência da academia é uma fonte interessante para se pensar algumas das relações sociais da contemporaneidade que, quando comparadas a outros períodos históricos, mantiveram-se, modificaram-se ou que estariam em processo de transição. O fenômeno do culto ao corpo e a forma com que as relações se estabelecem em função da busca pela estética, decerto, representam o momento transitório ao qual as sociedades complexas estão submetidas.
Resumo inglês:The main goal of the present study was to describe, based on the ambience of the gymnastic academies, the phenomenon of body cult in the contemporaneous society. The ambience, considered as a category in the social imaginary field, recognize the space as a place that is both, product and producer of symbolic relationship and senses. After reviewing the literature concerning the purpose here, an ethnographic study was accomplished throughout both the participant observation and the discourse analysis (French school) in a full-size gymnastic academy localized in the south zone of Rio de Janeiro city. The results obtained in the field research highlighted for three categories of ambience analysis: 1) the mirror house: the motivation of images, objects and shapes; 2) the human motivation: the professional of physical education; and 3) the tribe symbol: the body. It is reasonable to consider the ambience as a significant contributor for emerging the body cult developed in academies and, proliferating in other spheres of social life, it apparently excludes those who are not concerned to the phenomenon under discussion. Furthermore, it is possible to establish an analogy for describing the ambience by pondering: from the Dionysian hedonism to the Apollonian discipline, the image of Narcissus prevails. Finally, mapping the ambience of gymnastic academy is an interesting source for reflecting some of the contemporary social relations, which if compared to other historic periods, were either, maintained, modified or would be into a process of transition. The phenomenon of body cult, as well as the approach by the way dealings is ascertained by searching for esthetics represent the transitory moment which the complexes societies are submitted.