Quantifica????o e avalia????o de constituintes inorg??nicos presentes em poeira urbana: estudo das cidades de Jagaquara e Salvador, Bahia, Brasil

Neste trabalho foram determinados e avaliados constituintes inorg??nicos em amostras de poeira urbana fracionadas (A < 63 ??m, 63 ??m > B > 38 ??m e C < 38 ??m), coletadas nas cidades deJaguaquara (27 amostras) e Salvador (54 amostras), estado da Bahia, Brasil. O procedimento de preparo...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2018
Main Author: Ribeiro, Vaniele Souza
Orientador/a: Araujo, Rennan Geovanny Oliveira
Co-orientador/a: Korn, Maria das Gra??as Andrade
Banca: Campos, V??nia Palmeira, Santos, Walter Nei Lopes dos, Maranh??o, Tatiane De Andrade, Garcia, Karina Santos
Format: Tese
Language:por
Published: Instituto de Qu??mica
Programa: Programa de P??s-Gradua????o em Qu??mica
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/28779
Resumo Português:Neste trabalho foram determinados e avaliados constituintes inorg??nicos em amostras de poeira urbana fracionadas (A < 63 ??m, 63 ??m > B > 38 ??m e C < 38 ??m), coletadas nas cidades deJaguaquara (27 amostras) e Salvador (54 amostras), estado da Bahia, Brasil. O procedimento de preparo de amostra foi otimizado, utilizando planejamento Box-Behnken, o qual mostrou que o melhor compromisso de extra????o assistida por radia????o de micro-ondas dos elementos qu??micos ocorreu utilizando os volumes de 1,0 mL de HNO3,1,5 mL de HCl e 1,3 mL de H2O2, para a determina????o de Cd, Co, Cu, Fe, Mn, Mo, Ni, Pb, Sb, V e Zn empregando m??todos baseados em plasma indutivamente acoplado (ICP). A exatid??o e precis??o foram avaliadas atrav??s da an??lise do material de refer??ncia certificado de poeira de estrada (road dust, BCR 723), obtendo valores concordantes entre 80 e 112 %. A precis??o foi expressa como desvio padr??o relativo, sendo melhor do que 3,7% (n=3). Os valores de limites de quantifica????o (LoQ) variaram entre 0,14 mg kg-1 (Sb) e 0,009% (Fe). Os valores de fator de enriquecimento (EF) mostraram que a fra????o C (< 38 ??m) foi a mais enriquecida por elementos. Com base nos valores de ??ndice de geoacumula????o (Igeo) constatou-se que a ??rea urbana de Salvador ?? mais ambientalmente impactada por constituintes inorg??nicos do que Jaguaquara. A an??lise multivariada de dados e a correla????o de Pearson revelaram que as concentra????es de constituintes inorg??nicosna poeira de Jaguaquara e Salvador podem ser provenientes tanto de fontes naturais quanto antr??picas. Para a cidade de Salvador, a principal fonte antr??pica estava relacionada ao tr??fego, para Cd, Co, Cu, Mn, Mo, Ni, Pb, Sb e Zn. Foram calculados os coeficientes de riscos para os constituintes inorg??nicos que obtiveram a????o antr??pica, sendo que os valores derisco n??o carcinog??nico (HQ) e o??ndice de risco (HI), indicaram que n??o existe poss??veis efeitos adversos ?? sa??de humana em rela????o aos elementos qu??micos contaminantes dos ambientes, para as duas cidades. A determina????o de K, P, S, Si e Ti, para 12amostras foi realizada usando an??lise direta de s??lidos empregando a espectrometria de fluoresc??ncia de raios-X com energia dispersiva (EDXRF). Os LoQ obtidos variaram entre 0,002%(S) e 0,63% (Si). A metodologia apresentou boa exatid??o atrav??s da an??lise do CRM de solo de Montana I (Montana I Soil, NIST 2710) que apresentou valores concordantes entre 81 e 90 %, e RSD melhor do que 3,7% (n=3). A an??lise de componente principal (PCA) apontou poss??veis fontes relacionadas ao tr??fego veicular em Salvador, para as concentra????es de P e S. Pot??ssio e Ti foram oriundos tanto de fontes naturais (Jaguaquara), quanto antr??picas (Salvador). As concentra????es de Si foram relacionadas ?? geologia do solo em Jaguaquara. Foi proposta tamb??m, uma metodologia de an??lise de especia????o qu??mica de As e Sb por amostragem em suspens??o, e detec????o por espectrometria de absor????o at??mica com gera????o de hidretos (HG-AAS), usando o modo sequencial r??pido (FS ??? fast sequential). Atrav??s da matriz de Doehlert e da fun????o de desejabilidade foi poss??vel encontrar as condi????es ??timas para a gera????o de hidretos (HCl 1,0 mol L-1 e NaBH40,9 % m v-1). A exatid??o do m??todo anal??tico foi avaliada atrav??s da an??lise do CRM de cinzas atmosf??ricas (Fly Ash, BCR 176R), teste de adi????o e recupera????o das esp??cies inorg??nicas de As e a compara????o de m??todos independentes para a determina????o de Sb. As determina????es das concentra????es totais e suas esp??cies inorg??nicasapresentaram boa exatid??o (80- 101 %). O valor de RSD obtido foi melhor do que 4,6 % (n=3). Os LoQ encontrados foram de 0,23 mg kg-1 para As e 1,03 mg kg-1 para Sb. A metodologia foi aplicada em 08 amostras de poeira urbana, para a menor fra????o (< 38 ??m), as quaisapresentaram concentra????es para as esp??cies inorg??nicas pentavalentes (iAs5+ e iSb5+) mais altas em rela????o ??s esp??cies trivalentes (iAs3+ e iSb3+), que s??o tidas como mais t??xicas, para ambos elementos. Os valores de EF e Igeo mostraram que existe contribui????o de fonte antr??pica para as concentra????es de As e Sb totais em amostras de Salvador. Neste trabalho, os resultados encontrados possibilitaram tra??ar os perfis das cidades do estado da Bahia em rela????o aos constituintes inorg??nicos em amostras de poeira urbana, sugerindo uma rela????o direta entre a ocorr??ncia dos elementos e a maior urbaniza????o, atrav??s da contribui????o associada ao tr??fego, principalmente para Salvador.