O processo de envelhecimento para pesssoas idosas: estudo de representações sociais e crenças de Rokeach

Pesquisa de delineamento qualitativo que objetivou analisar as representações sociais e o sistema de crenças de Rokeach para o processo de envelhecimento para pessoas com idade ≥65 anos na perspectiva do cuidado de enfermagem. Fundamentada na Teoria das Representações Sociais na abordagem estrutural...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Melo, Laércio Deleon de lattes
Orientador/a: Arreguy-Sena, Cristina lattes
Banca: Gomes, Antônio Marcos Tosoli lattes, Silva, Girlene Alves da lattes, Parreira, Pedro Miguel Diniz lattes, Pinto, Paulo Ferreira lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de Juiz de Fora
Programa: Programa de Pós-graduação em Enfermagem
Department: Faculdade de Enfermagem
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/343
Resumo Português:Pesquisa de delineamento qualitativo que objetivou analisar as representações sociais e o sistema de crenças de Rokeach para o processo de envelhecimento para pessoas com idade ≥65 anos na perspectiva do cuidado de enfermagem. Fundamentada na Teoria das Representações Sociais na abordagem estrutural e processual para os termos indutores “pessoa ser idosa” e “pessoa ser envelhecida” e no sistema de crenças de Rokeach para concepções do processo de envelhecimento. Foram referenciais teóricos: políticas (inter)nacionais do processo do envelhecimento, legislação brasileira, teorias para o processo de envelhecimento humano; sistema de crenças de Rokeach; Teoria das Representações Sociais e Teoria do Cuidado Transcultural de Madeleine Leininger. Participaram desta investigação 93 sujeitos de ambos os gêneros, todos os graus de escolaridade e estado civil declarados, moradores da área de abrangência de uma Unidade de Saúde cobertura pelo PAC, que possuíam idade ≥65 anos, que concordaram em participar como voluntários não remunerados, externando sua aquiescência pela assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE) pós-informado. Programas NVivo e Evoc subsidiaram tratamento dos dados. Atendidos todos os requisitos éticos e legais de pesquisa envolvendo seres humanos. Foram elementos comuns aos dois núcleos centrais das representações sobre pessoa ser idosa e pessoa ser envelhecida os cognemas: avaliação de ser velho, avaliação da vida e idade chega, cujos conteúdos obtidos nas abordagens estrutural e processual permitiram identificação da ancoragem no conhecimento popular e científico. Identificaram-se 1.826 crenças, sendo 696 centrais e 1.006 periféricas, o que fez com que o eixo de centralidade/perifericidade tendesse à perifericidade. A análise dos conteúdos centrais do eixo de centralidade/perifericidade segundo Rokeach com os componentes nucleares da abordagem estrutural e processual da TRS possibilitou identificar aproximações para alguns conteúdos (“não poder fazer as coisas” e “não aguenta fazer as coisas”; o “valor da pessoa idosa e avaliação da pessoa ser idosa” com “avaliação de ser velho e idade chega”; “aprendizado de vida” com “experiência” e; “cuidado profissional” com “precisa de cuidador e cuidado”). A semelhança entre eles, obtida a partir de diferentes métodos, possibilitou identificar: crenças, comportamentos, atitudes, valores, informações, conhecimentos e posicionamentos dos sujeitos investigados a respeito do processo de envelhecimento, que são componentes fundamentais à estruturação do cuidado de enfermagem. A releitura dos resultados à luz da Teoria Transcultural de Leininger forneceu a esta investigação a argamassa capaz de reunir a aplicabilidade do sistema de crenças de Rokeach, das RS nas abordagens estrutural e processual e das políticas públicas com vistas à elaboração de reflexões sobre a atuação do enfermeiro no processo de planejamento do cuidado de enfermagem a pessoas em processo de envelhecimento. Esta investigação trouxe como contribuição um diagnóstico situacional direcionado a pessoas com idade ≥65 anos, moradoras de uma área de saúde coberta pelo PAC e que possuem vulnerabilidades (socioculturais e sociorrelacionais) e uma reflexão sobre formas distintas de apreender as respostas dos indivíduos a partir de referenciais teóricos, metodológicos, filosóficos, sociais e políticos de grupos socialmente constituídos para que pessoas em processo de envelhecimento sejam ativas e que isso se dê em consonância com o conceito ampliado de saúde.
Qualitative design study which aims to analyze the social representations and the Rokeach belief system to the aging process for people aged ≥65 years in the nursing care perspective. Based on the Theory of Social Representations in the structural and procedural approach for inducing words "person is elderly" and "be aged person" and Rokeach belief system to conceptions of the aging process. Were theoretical frameworks: policy (inter) national of the aging process, Brazilian law theories to the process of human aging; Rokeach system of beliefs; Social Representations Theory and Theory of Transcultural Care of Madeleine Leininger. Participated in this investigation 93 subjects of both genders, all levels of schooling and declared marital status, living in the catchment area of a health unit coverage by the PAC, which had age ≥65 years, who agreed to participate as unpaid volunteers, expressing their consent by signing the Informed Consent (IC) post-informed. NVivo and Evoc programs subsidized processing of data. Met all legal and ethical requirements for research involving humans. Were elements common to the two central nuclei of representations of person is elderly and aged person is the cognemas: evaluation be old, evaluation of life and age arrives, the contents obtained in the structural and procedural approaches allowed anchoring of identification in the popular and scientific knowledge. We identified 1,826 beliefs, and 696 central and peripheral 1006, which caused the axis of centrality / peripherality tended to remoteness. The analysis of the central axis of the centrality / peripherality second Rokeach content with the core components of structural and procedural approach of TRS possible to identify approaches for some content ("can not do it" and "can not bear to do things"; the "value the elderly and evaluation of the person is elderly "with" assessment be old age arrives, "" life learning "to" experience "and," professional care "with" needs caregiver and care "). The similarity between them, obtained from different methods, enabled the identification of: beliefs, behaviors, attitudes, values, information, knowledge and attitudes of the subjects investigated about the aging process, which are key components to the structuring of nursing care. Rereading the results in light of Transcultural Theory of Leininger provided to this investigation mortar able to gather the applicability of Rokeach belief system, the RS in the structural and procedural approaches and public policies with a view to preparing reflections on the role of nurse in the process of nursing care planning for people in the aging process. This research brought as contribution a situational diagnosis aimed at people aged ≥65 years living in a health area covered by the CAP and have vulnerabilities (sociocultural and sociorrelacionais) and reflect on different ways of understanding the responses of individuals from the theoretical frameworks, methodological, philosophical, social and political socially constituted groups for people as they age are active and that it be given in line with the wider definition of health.