QUALIDADE DE VIDA NA PERSPECTIVA DE MULHERES CLIMATÉRICAS COM INCONTINÊNCIA URINÁRIA

Our purpose with this study was to verify the quality of life in climacterical women with urinary incontinence by Quality Life Questionnaire (King s Health Questionnaire). Interviews were held with 98 climacterical women with urinary incontinence enrolled from an Urology Ambulatory. Ages ranging fro...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Cordeiro, Giovanna Valéria Belo
Orientador/a: BRITO, Luciane Maria Oliveira
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal do Maranhão
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE MATERNO-INFANTIL
Department: saúde da mulher e saúde materno-infantil
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1119
Citação:CORDEIRO, Giovanna Valéria Belo. QUALITY OF LIFE IN VIEW OF CLIMATERIC WOMEN WITH URINARY INCONTINENCE. 2008. 49 f. Dissertação (Mestrado em saúde da mulher e saúde materno-infantil) - Universidade Federal do Maranhão, São Luis, 2008.
Resumo Português:O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade de vida de mulheres climatéricas com Incontinência Urinária (IU) por meio do Questionário de Qualidade de Vida (King s Health Questionnaire). A amostra foi composta por 98 mulheres climatéricas com queixas de incontinência urinária recrutadas em ambulatório de Urologia. As idades variaram de 35 a 58 anos e referiram restrições relativas à sua vida cotidiana como atividades físicas, sociais, domésticas, relações pessoais, relacionamento conjugal, atividade sexual e emoções. As estratégias mais utilizadas para minimizar a incontinência urinária foram o uso de absorventes higiênicos, a troca regular de roupa íntima e o controle da ingesta de líquidos. Concluiu-se que a IU impõe considerável sobrecarga emocional às pacientes climatéricas, limitando sua qualidade de vida e produzindo substancial impacto na vida cotidiana.
Resumo inglês:Our purpose with this study was to verify the quality of life in climacterical women with urinary incontinence by Quality Life Questionnaire (King s Health Questionnaire). Interviews were held with 98 climacterical women with urinary incontinence enrolled from an Urology Ambulatory. Ages ranging from 35 to 58 years old and indicated restrictions regarding their daily life activities such fisical activities, social, domestic, personal and conjugal relationships, sexual and emotions. The most employed strategies in dealing urinary incontinence was the disposable pad system, the regular replace of underwear and control the liquid ingestion. It was concluded that urinary incontinence impose a considerable emotional surcharge to climacterical women, limiting their quality of life and producing substantial impact o n the daily life.