Ensaios sobre o impacto das instituições de ensino superior no crescimento regional

Orientador: Prof. Dr. Alexandre Alves Porsse

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2019
Main Author: Bragança, Raissa Carvalho, 1989-
Orientador/a: Porsse, Alexandre Alves, 1974-
Format: Tese
Language:por
Assuntos em Português:
Online Access:https://hdl.handle.net/1884/63528
Resumo Português:Resumo: Nos dias atuais, o papel das Instituições de Ensino Superior (IES) transcende suas atividades de ensino e pesquisa, e estas podem se tornar também um importante agente econômico para o desenvolvimento e crescimento regional. O presente estudo analisa os impactos da recente expansão e do surgimento de IES públicas e privadas brasileiras no contexto local. Para tanto, estudos observacionais de avaliação de impacto são conduzidos. A abordagem metodológica diferencia-se dos demais trabalhos empíricos na área devido à minuciosa estratificação e pareamento amostral por escore de propensão combinado ao método de diferenças em diferenças. No que se refere à abrangência, este estudo apresenta importantes contribuições para a literatura empírica, dado que considera os efeitos e nuances das IES públicas e privadas isolada ou conjuntamente. A tese está estruturada em dois artigos: o Ensaio 1 aborda o impacto das instituições de ensino superior no crescimento regional, buscando verificar como a expansão de cursos superiores privados e públicos alterou a renda per capita dos municípios brasileiros entre os anos de 2000 e 2010; e o Ensaio 2 analisa o impacto econômico local da criação das primeiras IES no período recente, procurando avaliar esses efeitos nas variáveis de PIB e do mercado de trabalho local entre 2002 e 2015. Os resultados do Ensaio 1 apontam que a criação de cursos superiores está relacionada a um aumento de 10% na renda dos municípios. Contudo, os resultados divergem bastante de acordo com a categoria administrativa em questão, sendo o aumento de renda de 11% quando a criação contempla apenas IES privadas e nulo quando o município recebe apenas IES públicas. Entretanto, a expansão combinada de cursos superiores públicos e privados foi o modelo que obteve melhor resultado. Neste último caso, a renda per capita apresentou-se 8% maior do que se o município tivesse recebido cursos de apenas uma categoria administrativa. Os resultados do Ensaio 2 mostram que o surgimento recente das primeiras IES em municípios selecionados geram uma queda no PIB per capita e na participação dos setores agrícola, industrial e de serviços, porém, um aumento na participação da administração pública no PIB e nos setores de construção civil e de comércio. Os resultados, assim, apontam para impactos apenas financeiros de curto prazo relacionados com o aumento da demanda local por bens e serviços provocados direta e indiretamente pelas atividades das IESs, que são majoritariamente públicas nesta base amostral. Cabe ressaltar que o horizonte de curto prazo neste estudo limita identificar efeitos de mudança estrutural associados ao ensino superior numa perspectiva de longo prazo. Palavras-chave: Universidades. IES. Impacto econômico. Educação superior. Expansão do Ensino Superior. Avaliação de Impacto.
Abstract: Nowadays, the role of Higher Education Institutions (HEIs) goes beyond education and research activities. They have become also an important economic actor for regional economic development and growth. This study analyzes the impacts of the recent expansion and emergence of Brazilian public and private HEIs in the local context. For this purpose, observational impact assessment studies are conducted. The methodological approach differs from other empirical studies in the area due to the detailed stratification and sample matching by propensity score (PSM) combined with the differences in differences method (DID). Regarding to the scope, this study presents important contributions to the empirical literature, as it considers the effects and nuances of public and private HEIs singly or jointly. The doctoral dissertation is structured in two essays. The Essay 1 addresses the impact of HEIs on regional growth, seeking to verify how the expansion of private and public higher education has changed the per capita income of Brazilian municipalities between 2000 and 2010. The Essay 2 analyzes the local economic impact of the creation of the first HEIs in the recent period, seeking to assess these effects on GDP and local labor market variables between 2002 and 2015. The results of Essay 1 show that the creation of higher education courses is related to a 10% increase in the per capita income of the municipalities. However, the results differ greatly according to the administrative category in question. The income increase is 11% when the creation includes only private HEIs and null when the municipality receives only public HEIs. However, the combined expansion of public and private higher education has showed the best results. In this case, per capita income was 8% higher than if the municipality had received courses from only one administrative category. The results of Essay 2 show that the recent emergence of the first HEIs in selected municipalities leads to a decrease in GDP per capita and in the share of the agricultural, industrial and service sectors. But an increase in construction and commerce sectors and government participation in the GDP. Thus, the results point to only short-term financial impacts related to the increase in local demand for goods and services directly and indirectly caused by HEIs activities, which are mostly public ones in this sample basis. It is noteworthy that the short-term horizon in this study limits identifying effects of structural change associated with higher education from a long-term perspective. Keywords: Universities. HEIs. Economic impact. Higher education. Higher education expansion. Impact Evaluation.