Avaliação radiográfica de enxerto ósseo xenogênico em alvéolos de terceiros molares inferiores não-irrompidos

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2005
Autor(a) principal: Etiene de Andrade Munhoz
Orientador(a): Osny Ferreira Júnior
Banca de defesa: Andrea Gonçalves, Jose Mauro Granjeiro
Tipo de documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Odontologia (Estomatologia e Biologia Oral)
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/D.25.2005.tde-05092005-100647
Resumo: O propósito deste trabalho foi avaliar uma associação de matriz óssea bovina inorgânica, orgânica, colágeno e BMP (Gen-tech®) como material de enxerto em alvéolos de terceiros molares inferiores nãoirrompidos. A amostra constituiu-se de 39 pacientes entre 15 e 25 anos de idade que possuíam terceiros molares inferiores não-irrompidos bilateralmente, com indicação para extração e que se apresentavam de maneira simétrica com relação ao seu posicionamento. Os dentes foram extraídos, sendo um dos lados mantido apenas com coágulo (grupo controle) e o outro lado (grupo experimental) recebeu o enxerto do material proposto e membrana de cortical óssea bovina desmineralizada (Gen- derm®). A análise constituiu de medidas da distância da crista óssea alveolar à junção amelo-cementária e da densidade radiográfica. Esses exames foram realizados no trans-operatório do grupo experimental e pós-operatório imediato, pós-operatório de 60 e 180 dias do ambos os grupos, através de radiografias periapicais digitais diretas. Os resultados demonstraram que houve uma diminuição na medida da distância da crista óssea alveolar à junção amelo-cementária significante ao longo dos períodos analisados, porém não houve diferenças entre grupos. Com relação à medida de densidade, houve um aumento significante ao longo do tempo nos dois grupos e significantemente maior no grupo experimental, porém não significante, comparando os grupos nos períodos de tempo separadamente. Entretanto, não se pode afirmar que esse aumento se deve a neoformação óssea ou a radiopacidade do material ainda presente. Os resultados mostram que há melhora nas condições periodontais nos segundos molares adjacentes após a extração dos terceiros molares inferiores nãoirrompidos e sugere que o material foi bem aceito na região e teve comportamento semelhante ao coágulo.
id USP_629240b29402f49d5389c6fd0cfa26b6
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-05092005-100647
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesis Avaliação radiográfica de enxerto ósseo xenogênico em alvéolos de terceiros molares inferiores não-irrompidos Radiographic assessment of impacted mandibular third molar sockets filled with composite xenogenic bone graft 2005-03-31Osny Ferreira JúniorAndrea GonçalvesJose Mauro GranjeiroEtiene de Andrade MunhozUniversidade de São PauloOdontologia (Estomatologia e Biologia Oral)USPBR dente não erupcionado implante de osso orgânico terceiro molar O propósito deste trabalho foi avaliar uma associação de matriz óssea bovina inorgânica, orgânica, colágeno e BMP (Gen-tech®) como material de enxerto em alvéolos de terceiros molares inferiores nãoirrompidos. A amostra constituiu-se de 39 pacientes entre 15 e 25 anos de idade que possuíam terceiros molares inferiores não-irrompidos bilateralmente, com indicação para extração e que se apresentavam de maneira simétrica com relação ao seu posicionamento. Os dentes foram extraídos, sendo um dos lados mantido apenas com coágulo (grupo controle) e o outro lado (grupo experimental) recebeu o enxerto do material proposto e membrana de cortical óssea bovina desmineralizada (Gen- derm®). A análise constituiu de medidas da distância da crista óssea alveolar à junção amelo-cementária e da densidade radiográfica. Esses exames foram realizados no trans-operatório do grupo experimental e pós-operatório imediato, pós-operatório de 60 e 180 dias do ambos os grupos, através de radiografias periapicais digitais diretas. Os resultados demonstraram que houve uma diminuição na medida da distância da crista óssea alveolar à junção amelo-cementária significante ao longo dos períodos analisados, porém não houve diferenças entre grupos. Com relação à medida de densidade, houve um aumento significante ao longo do tempo nos dois grupos e significantemente maior no grupo experimental, porém não significante, comparando os grupos nos períodos de tempo separadamente. Entretanto, não se pode afirmar que esse aumento se deve a neoformação óssea ou a radiopacidade do material ainda presente. Os resultados mostram que há melhora nas condições periodontais nos segundos molares adjacentes após a extração dos terceiros molares inferiores nãoirrompidos e sugere que o material foi bem aceito na região e teve comportamento semelhante ao coágulo. The aim of this study was to evaluate the radiographic aspect of bone healing filled with a xenogenic graft material (Gent-techTM). Thirty- nine patients, ranging from 15 to 25 years with bilateral impacted mandibular molars were chosen based on bilateral mandibular similarities. After tooth extraction, one socket was filled with experimental materials. The opposite site was left to heal naturally and served as control. Bone density and crest healing were evaluated on digital radiographs taken immediately and 2 and 6 months after the surgery. The data obtained with DigoraTM software were compared statistically. The results showed a significant decrease in the distance from the cemento-enamel junction to the alveolar bone crest, but no difference was found between the control and experimental groups. Bone density increased significantly, but no difference was observed between study periods. The image behavior observed by the authors was similar to that of the control group, suggesting high acceptance of the material as graft option. https://doi.org/10.11606/D.25.2005.tde-05092005-100647info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:16:34Zoai:teses.usp.br:tde-05092005-100647Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212016-07-28T16:09:49Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Avaliação radiográfica de enxerto ósseo xenogênico em alvéolos de terceiros molares inferiores não-irrompidos
dc.title.alternative.en.fl_str_mv Radiographic assessment of impacted mandibular third molar sockets filled with composite xenogenic bone graft
title Avaliação radiográfica de enxerto ósseo xenogênico em alvéolos de terceiros molares inferiores não-irrompidos
spellingShingle Avaliação radiográfica de enxerto ósseo xenogênico em alvéolos de terceiros molares inferiores não-irrompidos
Etiene de Andrade Munhoz
title_short Avaliação radiográfica de enxerto ósseo xenogênico em alvéolos de terceiros molares inferiores não-irrompidos
title_full Avaliação radiográfica de enxerto ósseo xenogênico em alvéolos de terceiros molares inferiores não-irrompidos
title_fullStr Avaliação radiográfica de enxerto ósseo xenogênico em alvéolos de terceiros molares inferiores não-irrompidos
title_full_unstemmed Avaliação radiográfica de enxerto ósseo xenogênico em alvéolos de terceiros molares inferiores não-irrompidos
title_sort Avaliação radiográfica de enxerto ósseo xenogênico em alvéolos de terceiros molares inferiores não-irrompidos
author Etiene de Andrade Munhoz
author_facet Etiene de Andrade Munhoz
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Osny Ferreira Júnior
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Andrea Gonçalves
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Jose Mauro Granjeiro
dc.contributor.author.fl_str_mv Etiene de Andrade Munhoz
contributor_str_mv Osny Ferreira Júnior
Andrea Gonçalves
Jose Mauro Granjeiro
description O propósito deste trabalho foi avaliar uma associação de matriz óssea bovina inorgânica, orgânica, colágeno e BMP (Gen-tech®) como material de enxerto em alvéolos de terceiros molares inferiores nãoirrompidos. A amostra constituiu-se de 39 pacientes entre 15 e 25 anos de idade que possuíam terceiros molares inferiores não-irrompidos bilateralmente, com indicação para extração e que se apresentavam de maneira simétrica com relação ao seu posicionamento. Os dentes foram extraídos, sendo um dos lados mantido apenas com coágulo (grupo controle) e o outro lado (grupo experimental) recebeu o enxerto do material proposto e membrana de cortical óssea bovina desmineralizada (Gen- derm®). A análise constituiu de medidas da distância da crista óssea alveolar à junção amelo-cementária e da densidade radiográfica. Esses exames foram realizados no trans-operatório do grupo experimental e pós-operatório imediato, pós-operatório de 60 e 180 dias do ambos os grupos, através de radiografias periapicais digitais diretas. Os resultados demonstraram que houve uma diminuição na medida da distância da crista óssea alveolar à junção amelo-cementária significante ao longo dos períodos analisados, porém não houve diferenças entre grupos. Com relação à medida de densidade, houve um aumento significante ao longo do tempo nos dois grupos e significantemente maior no grupo experimental, porém não significante, comparando os grupos nos períodos de tempo separadamente. Entretanto, não se pode afirmar que esse aumento se deve a neoformação óssea ou a radiopacidade do material ainda presente. Os resultados mostram que há melhora nas condições periodontais nos segundos molares adjacentes após a extração dos terceiros molares inferiores nãoirrompidos e sugere que o material foi bem aceito na região e teve comportamento semelhante ao coágulo.
publishDate 2005
dc.date.issued.fl_str_mv 2005-03-31
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/D.25.2005.tde-05092005-100647
url https://doi.org/10.11606/D.25.2005.tde-05092005-100647
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Odontologia (Estomatologia e Biologia Oral)
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376583432372224