Os Nematoda da plataforma continental da região sudeste brasileira sob a influência da Água Central do Atlântico Sul: Cabo Frio (RJ) e Ubatuba (SP)

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2009
Autor(a) principal: Maria Clara Colla Argeiro
Orientador(a): Thais Navajas Corbisier
Banca de defesa: Sérgio Antonio Netto, Paulo Yukio Gomes Sumida
Tipo de documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Oceanografia (Oceanografia Biológica)
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/D.21.2009.tde-05082011-105858
Resumo: Um importante componente dos ecossistemas marinhos bentônicos é a meiofauna, que apresenta altas densidades em sedimentos de plataforma continental e reflete rapidamente as condições ambientais prevalescentes. Dentre os organismos da meiofauna, o grupo mais abundante é Nematoda, altamente diverso e que pode ser utilizado, assim como a meiofauna, como ferramenta no monitoramento de impactos naturais e antropogênicos no ambiente. O presente trabalho está inserido no projeto institucional do Instituto Oceanográfico da USP denominado \"Dinâmica do Ecossistema de Plataforma da Região Oeste do Atlântico Sul\" (DEPROAS-PRONEX), que teve como objetivo geral o estudo dos mecanismos físicos que possibilitam a penetração sazonal da ACAS na plataforma continental e do impacto que essa penetração têm sobre os processos biológicos do ecossistema em duas áreas: ao largo de Cabo Frio e de Ubatuba. Os objetivos específicos deste estudo foram: Analisar a composição e estrutura da comunidade meiobentônica, em nível de grandes grupos, as associações das famílias e gêneros dos Nematoda nas plataformas interna e externa ao largo de Cabo Frio e Ubatuba, bem como suas relações com as variáveis ambientais, em especial com o tipo de sedimento, biomassa de fitopigmentos e características das massas d\'água. As coletas foram realizadas em duas profundidades (40 e 100 m), no verão e inverno de 2001 ao largo de Cabo Frio e inverno de 2001 e verão de 2002 em Ubatuba. Foi utilizado um amostrador tipo caixa, ou \"box-corer\", de 30 x 30 cm, em duplicata. Tubos amostradores de 4,9 cm2 de área superficial e 10 cm de altura foram utilizados para a coleta da meiofauna, em duplicata, por box-corer. A meiofauna foi triada e separada em grandes grupos e foram identificados cerca de 200 nematódeos por estação. As maiores densidades da meiofauna foram encontradas aos 40 m de Ubatuba no verão (2001,7±703,1) e aos 100 m de Cabo Frio no verão (1010,0±959,0), o que pode ter sido conseqüência do aumento da produção primária pelágica, devido à intrusão da ACAS, e sua sedimentação em Cabo Frio e Ubatuba, além do aporte terrígeno na plataforma interna de Ubatuba. A composição genérica dos Nematoda foi relacionada principalmente à granulometria. A plataforma interna de Cabo Frio, com sedimento arenoso e dinâmica constante, foi caracterizada pela dominância do gênero Daptonema (Xyalidae), enquanto que a externa no verão pelo gênero Aponema (Microlaimidae), associado aos fitodetritos e sedimentos finos, e no inverno Sabatieria (Comesomatidae) foi dominante. As estações de Ubatuba caracterizaram-se pelos gêneros Terschellingia (Linhomoeidae) e Sabatieria (Comesomatidae) na plataforma interna, no inverno e verão. Aos 100 m Desmoscolex (Desmoscolecidae) e Sabatieria (Comesomatidae) foram os gêneros mais abundantes no inverno e verão. As maiores diversidades de gêneros foram encontradas nas estações de Ubatuba, o que sugere que a diversidade esteja mais relacionada com sedimentos arenosos e heterogêneos. Quanto aos grupos tróficos, os depositívoros seletivos e não seletivos tiveram maior ocorrência nos locais de estudo. As análises multivariadas comprovaram que análise no nível de gêneros permitiu uma melhor caracterização ambiental das áreas de estudo, quando comparado às análises no nível de famílias ou grupos da meiofauna.
id USP_6d46762e37d370a51c6e0c1c38e843a2
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-05082011-105858
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesis Os Nematoda da plataforma continental da região sudeste brasileira sob a influência da Água Central do Atlântico Sul: Cabo Frio (RJ) e Ubatuba (SP) The Nematoda of the continental shelf of the Brazil\'s southern region under the influence of the South Atlantic Central Water intrusion: Cabo Frio (RJ) and Ubatuba (SP) 2009-09-25Thais Navajas CorbisierSérgio Antonio NettoPaulo Yukio Gomes SumidaMaria Clara Colla ArgeiroUniversidade de São PauloOceanografia (Oceanografia Biológica)USPBR Brasil. Brazil Continental shelf Meiofauna Meiofauna Nematoda Nematoda Plataforma continental ressurgência Southeast Sudeste upwellinhg Um importante componente dos ecossistemas marinhos bentônicos é a meiofauna, que apresenta altas densidades em sedimentos de plataforma continental e reflete rapidamente as condições ambientais prevalescentes. Dentre os organismos da meiofauna, o grupo mais abundante é Nematoda, altamente diverso e que pode ser utilizado, assim como a meiofauna, como ferramenta no monitoramento de impactos naturais e antropogênicos no ambiente. O presente trabalho está inserido no projeto institucional do Instituto Oceanográfico da USP denominado \"Dinâmica do Ecossistema de Plataforma da Região Oeste do Atlântico Sul\" (DEPROAS-PRONEX), que teve como objetivo geral o estudo dos mecanismos físicos que possibilitam a penetração sazonal da ACAS na plataforma continental e do impacto que essa penetração têm sobre os processos biológicos do ecossistema em duas áreas: ao largo de Cabo Frio e de Ubatuba. Os objetivos específicos deste estudo foram: Analisar a composição e estrutura da comunidade meiobentônica, em nível de grandes grupos, as associações das famílias e gêneros dos Nematoda nas plataformas interna e externa ao largo de Cabo Frio e Ubatuba, bem como suas relações com as variáveis ambientais, em especial com o tipo de sedimento, biomassa de fitopigmentos e características das massas d\'água. As coletas foram realizadas em duas profundidades (40 e 100 m), no verão e inverno de 2001 ao largo de Cabo Frio e inverno de 2001 e verão de 2002 em Ubatuba. Foi utilizado um amostrador tipo caixa, ou \"box-corer\", de 30 x 30 cm, em duplicata. Tubos amostradores de 4,9 cm2 de área superficial e 10 cm de altura foram utilizados para a coleta da meiofauna, em duplicata, por box-corer. A meiofauna foi triada e separada em grandes grupos e foram identificados cerca de 200 nematódeos por estação. As maiores densidades da meiofauna foram encontradas aos 40 m de Ubatuba no verão (2001,7±703,1) e aos 100 m de Cabo Frio no verão (1010,0±959,0), o que pode ter sido conseqüência do aumento da produção primária pelágica, devido à intrusão da ACAS, e sua sedimentação em Cabo Frio e Ubatuba, além do aporte terrígeno na plataforma interna de Ubatuba. A composição genérica dos Nematoda foi relacionada principalmente à granulometria. A plataforma interna de Cabo Frio, com sedimento arenoso e dinâmica constante, foi caracterizada pela dominância do gênero Daptonema (Xyalidae), enquanto que a externa no verão pelo gênero Aponema (Microlaimidae), associado aos fitodetritos e sedimentos finos, e no inverno Sabatieria (Comesomatidae) foi dominante. As estações de Ubatuba caracterizaram-se pelos gêneros Terschellingia (Linhomoeidae) e Sabatieria (Comesomatidae) na plataforma interna, no inverno e verão. Aos 100 m Desmoscolex (Desmoscolecidae) e Sabatieria (Comesomatidae) foram os gêneros mais abundantes no inverno e verão. As maiores diversidades de gêneros foram encontradas nas estações de Ubatuba, o que sugere que a diversidade esteja mais relacionada com sedimentos arenosos e heterogêneos. Quanto aos grupos tróficos, os depositívoros seletivos e não seletivos tiveram maior ocorrência nos locais de estudo. As análises multivariadas comprovaram que análise no nível de gêneros permitiu uma melhor caracterização ambiental das áreas de estudo, quando comparado às análises no nível de famílias ou grupos da meiofauna. Meiofauna is an important component of the marine benthic ecosystem as its densities are usually high in continental shelf sediments and respond quickly to environmental changes. Nematoda is the dominant group among meiofauna organisms, is highly diverse and can be used, as well as meiofauna, as a tool for natural and anthropogenic impacts monitoring. This study is part of the institutional project \" Dynamic of the Continental Shelf Ecosystem of the South Atlantic West Region\". The objective of this project is to study the physics mechanisms that provide the South Atlantic Central Water (ACAS) penetration in the continental shelf and the impact that it causes on the biological processes in two locations: Cabo Frio and Ubatuba. The objectives of this study were: to analyze the composition and structure of the meiofauna community, the associations of families and genus of Nematoda on the inner and outer shelf of Cabo Frio and Ubatuba, as well as its relations to the environmental variables, especially with sediment grain size, phytopigments biomass and water masses characteristics. Samples were taken on two depths (40 and 100 m), in the summer and winter of 2001 in Cabo Frio and in the winter of 2001 and summer of 2002 in Ubatuba. Two 30 x 30 cm boxcorer were used, and from each one two samples were taken with a 4.9 cm2 superficial area and 10 cm height tube corer, for the meiofauna sampling. Meiofauna was separated in higher groups and 200 Nematoda were identified per station. The highest meiofauna densities were found on 40 m during summer in Ubatuba (2001.7±703.1) and on 100 m during summer in Cabo Frio (1010.0±959.0). These benthic responses could be a consequence of the increase of primary pelagic production, in consequence of the intrusion of SACW (South Atlantic Central Water), and its sedimentation in Cabo Frio and Ubatuba, as well as the terrigenous input on the Ubatuba inner shelf. The Nematoda genus composition was related mainly to sediment grain size. Cabo Frio inner shelf, with sandy sediments and constant dynamics was characterized by the dominance of the genera Daptonema (Xyalidae), while outer shelf in the summer in Cabo Frio by the genera Aponema (Microlaimidae), that was associated with phytodetritos and fine sediments. During winter Sabatieria (Comesomatidae) was dominant. Ubatuba stations were characterized by Terschellingia (Linhomoeidae) and Sabatieria (Comesomatidae) on the inner shelf, in summer and winter times. At 100 m depth Desmoscolex (Desmoscolecidae) and Sabatieria (Comesomatidae) were the most abundant genus during winter and summer. The highest genus diversities were observed in Ubatuba, which suggests that diversity may be related to sandy, heterogeneous sediments. Regarding the trophic groups, selective and non-selective deposit feeders were the most abundant on the study area. The multivariate analyses proved that analyses on a genus level allowed a better environmental characterization of the study area, when compared to analyses on the level of family or meiofauna groups. https://doi.org/10.11606/D.21.2009.tde-05082011-105858info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:16:17Zoai:teses.usp.br:tde-05082011-105858Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212016-07-28T16:10:30Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Os Nematoda da plataforma continental da região sudeste brasileira sob a influência da Água Central do Atlântico Sul: Cabo Frio (RJ) e Ubatuba (SP)
dc.title.alternative.en.fl_str_mv The Nematoda of the continental shelf of the Brazil\'s southern region under the influence of the South Atlantic Central Water intrusion: Cabo Frio (RJ) and Ubatuba (SP)
title Os Nematoda da plataforma continental da região sudeste brasileira sob a influência da Água Central do Atlântico Sul: Cabo Frio (RJ) e Ubatuba (SP)
spellingShingle Os Nematoda da plataforma continental da região sudeste brasileira sob a influência da Água Central do Atlântico Sul: Cabo Frio (RJ) e Ubatuba (SP)
Maria Clara Colla Argeiro
title_short Os Nematoda da plataforma continental da região sudeste brasileira sob a influência da Água Central do Atlântico Sul: Cabo Frio (RJ) e Ubatuba (SP)
title_full Os Nematoda da plataforma continental da região sudeste brasileira sob a influência da Água Central do Atlântico Sul: Cabo Frio (RJ) e Ubatuba (SP)
title_fullStr Os Nematoda da plataforma continental da região sudeste brasileira sob a influência da Água Central do Atlântico Sul: Cabo Frio (RJ) e Ubatuba (SP)
title_full_unstemmed Os Nematoda da plataforma continental da região sudeste brasileira sob a influência da Água Central do Atlântico Sul: Cabo Frio (RJ) e Ubatuba (SP)
title_sort Os Nematoda da plataforma continental da região sudeste brasileira sob a influência da Água Central do Atlântico Sul: Cabo Frio (RJ) e Ubatuba (SP)
author Maria Clara Colla Argeiro
author_facet Maria Clara Colla Argeiro
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Thais Navajas Corbisier
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Sérgio Antonio Netto
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Paulo Yukio Gomes Sumida
dc.contributor.author.fl_str_mv Maria Clara Colla Argeiro
contributor_str_mv Thais Navajas Corbisier
Sérgio Antonio Netto
Paulo Yukio Gomes Sumida
description Um importante componente dos ecossistemas marinhos bentônicos é a meiofauna, que apresenta altas densidades em sedimentos de plataforma continental e reflete rapidamente as condições ambientais prevalescentes. Dentre os organismos da meiofauna, o grupo mais abundante é Nematoda, altamente diverso e que pode ser utilizado, assim como a meiofauna, como ferramenta no monitoramento de impactos naturais e antropogênicos no ambiente. O presente trabalho está inserido no projeto institucional do Instituto Oceanográfico da USP denominado \"Dinâmica do Ecossistema de Plataforma da Região Oeste do Atlântico Sul\" (DEPROAS-PRONEX), que teve como objetivo geral o estudo dos mecanismos físicos que possibilitam a penetração sazonal da ACAS na plataforma continental e do impacto que essa penetração têm sobre os processos biológicos do ecossistema em duas áreas: ao largo de Cabo Frio e de Ubatuba. Os objetivos específicos deste estudo foram: Analisar a composição e estrutura da comunidade meiobentônica, em nível de grandes grupos, as associações das famílias e gêneros dos Nematoda nas plataformas interna e externa ao largo de Cabo Frio e Ubatuba, bem como suas relações com as variáveis ambientais, em especial com o tipo de sedimento, biomassa de fitopigmentos e características das massas d\'água. As coletas foram realizadas em duas profundidades (40 e 100 m), no verão e inverno de 2001 ao largo de Cabo Frio e inverno de 2001 e verão de 2002 em Ubatuba. Foi utilizado um amostrador tipo caixa, ou \"box-corer\", de 30 x 30 cm, em duplicata. Tubos amostradores de 4,9 cm2 de área superficial e 10 cm de altura foram utilizados para a coleta da meiofauna, em duplicata, por box-corer. A meiofauna foi triada e separada em grandes grupos e foram identificados cerca de 200 nematódeos por estação. As maiores densidades da meiofauna foram encontradas aos 40 m de Ubatuba no verão (2001,7±703,1) e aos 100 m de Cabo Frio no verão (1010,0±959,0), o que pode ter sido conseqüência do aumento da produção primária pelágica, devido à intrusão da ACAS, e sua sedimentação em Cabo Frio e Ubatuba, além do aporte terrígeno na plataforma interna de Ubatuba. A composição genérica dos Nematoda foi relacionada principalmente à granulometria. A plataforma interna de Cabo Frio, com sedimento arenoso e dinâmica constante, foi caracterizada pela dominância do gênero Daptonema (Xyalidae), enquanto que a externa no verão pelo gênero Aponema (Microlaimidae), associado aos fitodetritos e sedimentos finos, e no inverno Sabatieria (Comesomatidae) foi dominante. As estações de Ubatuba caracterizaram-se pelos gêneros Terschellingia (Linhomoeidae) e Sabatieria (Comesomatidae) na plataforma interna, no inverno e verão. Aos 100 m Desmoscolex (Desmoscolecidae) e Sabatieria (Comesomatidae) foram os gêneros mais abundantes no inverno e verão. As maiores diversidades de gêneros foram encontradas nas estações de Ubatuba, o que sugere que a diversidade esteja mais relacionada com sedimentos arenosos e heterogêneos. Quanto aos grupos tróficos, os depositívoros seletivos e não seletivos tiveram maior ocorrência nos locais de estudo. As análises multivariadas comprovaram que análise no nível de gêneros permitiu uma melhor caracterização ambiental das áreas de estudo, quando comparado às análises no nível de famílias ou grupos da meiofauna.
publishDate 2009
dc.date.issued.fl_str_mv 2009-09-25
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/D.21.2009.tde-05082011-105858
url https://doi.org/10.11606/D.21.2009.tde-05082011-105858
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Oceanografia (Oceanografia Biológica)
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376581732630528