Estudo de Interações Hiperfinas em Óxidos RCoO3 (R= Gd e Tb) e Filmes Finos de HfO2 por Meio da Técnica de Espectrospia de Correlação Angular Gama- Gama Perturbada

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2009
Autor(a) principal: Fabio Henrique de Moraes Cavalcante
Orientador(a): Artur Wilson Carbonari
Banca de defesa: Roberta Nunes Attili Franzin, Jose Mestnik Filho, Henrique Saitovich, Rajendra Narain Saxena
Tipo de documento: Tese
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Tecnologia Nuclear
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/T.85.2009.tde-05102009-143114
Resumo: O presente trabalho estudou os efeitos das intera»c~oes hiper¯nas em dois sistemas de ¶oxidos: RCoO3 (R = Gd e Tb) com estrutura perovskita e ¯lmes ¯nos monocristalinos de HfO2 por meio da t¶ecnica de Correla»c~ao Angular Gama-Gama Perturbada (CAP), com o objetivo de fazer um estudo sistem¶atico do comportamento da varia»c~ao do gradiente de campo el¶etrico em fun»c~ao da temperatura. Para realiza»c~ao das medidas de intera»c~oes de quadrupolo el¶etrico utilizamos como de pontas de prova os n¶ucleos 111In ¡!111 Cd e o 181Hf ¡!181 Ta. As amostras de perovskitas foram confeccionadas por meio de um processo qu¶³mico denominado Sol-Gel e as an¶alises foram realizadas com aux¶³lio de difra»c~ao de raios-X. As pontas de prova foram inseridas nas solu»c~oes qu¶³micas durante o preparo das amostras. Os ¯lmes ¯nos foram fornecidos pelo Laborat¶orio de Intera»c~oes Hiper¯nas da Universidade de Lisboa e a ponta de prova de 181Hf foi ativada por meio da irradia»c~ao do ¯lme ¯no no reator IEA-R1 do IPEN no tempo adequado a espessura do ¯lme. As medidas foram realizadas na faixa de temperatura de 10 - 1560 K. Os resultados das medidas das amostras de perovskita indicam uma depend^encia do GCE com o s¶³tio de ocupa»c~ao dos ¶atomos da ponta de prova e uma varia»c~ao do GCE com a temperatura, que pode ser explicada por transi»c~oes de spins no ¶atomo de Co. As medidas do GCE dos ¯lmes ¯nos com mesma espessura apresentam uma segunda fra»c~ao, al¶em daquela correspondente a freqÄu^encia da HfO2 em amostras de bulk.
id USP_a287259a865407abce97d61f62133774
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-05102009-143114
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/doctoralThesis Estudo de Interações Hiperfinas em Óxidos RCoO3 (R= Gd e Tb) e Filmes Finos de HfO2 por Meio da Técnica de Espectrospia de Correlação Angular Gama- Gama Perturbada Hyper¯ne Interaction Study in RCoO3 (R = Gd and Tb) and HfO2 thin ¯lm oxides by Perturbed Angular Correlation Technique 2009-03-10Artur Wilson CarbonariRoberta Nunes Attili FranzinJose Mestnik FilhoHenrique SaitovichRajendra Narain SaxenaFabio Henrique de Moraes CavalcanteUniversidade de São PauloTecnologia NuclearUSPBR correlação angular perturbada correlação angular perturbada gradiente de campo elétrico gradiente de campo elétrico Interações hiperfinas Interações hiperfinas óxidos perovskitas e óxido de háfnio óxidos perovskitas e óxido de háfnio O presente trabalho estudou os efeitos das intera»c~oes hiper¯nas em dois sistemas de ¶oxidos: RCoO3 (R = Gd e Tb) com estrutura perovskita e ¯lmes ¯nos monocristalinos de HfO2 por meio da t¶ecnica de Correla»c~ao Angular Gama-Gama Perturbada (CAP), com o objetivo de fazer um estudo sistem¶atico do comportamento da varia»c~ao do gradiente de campo el¶etrico em fun»c~ao da temperatura. Para realiza»c~ao das medidas de intera»c~oes de quadrupolo el¶etrico utilizamos como de pontas de prova os n¶ucleos 111In ¡!111 Cd e o 181Hf ¡!181 Ta. As amostras de perovskitas foram confeccionadas por meio de um processo qu¶³mico denominado Sol-Gel e as an¶alises foram realizadas com aux¶³lio de difra»c~ao de raios-X. As pontas de prova foram inseridas nas solu»c~oes qu¶³micas durante o preparo das amostras. Os ¯lmes ¯nos foram fornecidos pelo Laborat¶orio de Intera»c~oes Hiper¯nas da Universidade de Lisboa e a ponta de prova de 181Hf foi ativada por meio da irradia»c~ao do ¯lme ¯no no reator IEA-R1 do IPEN no tempo adequado a espessura do ¯lme. As medidas foram realizadas na faixa de temperatura de 10 - 1560 K. Os resultados das medidas das amostras de perovskita indicam uma depend^encia do GCE com o s¶³tio de ocupa»c~ao dos ¶atomos da ponta de prova e uma varia»c~ao do GCE com a temperatura, que pode ser explicada por transi»c~oes de spins no ¶atomo de Co. As medidas do GCE dos ¯lmes ¯nos com mesma espessura apresentam uma segunda fra»c~ao, al¶em daquela correspondente a freqÄu^encia da HfO2 em amostras de bulk. In the present work, the Perturbed Angular Gamma-Gamma Correlation technique (PAC) was used to measure the Electric Field Gradient (EFG) in two oxide systems: RCoO3 (R = Gd, Tb) perovskite oxide and HfO2 in order to study the behavior of the EFG as a function of temperature. Electric quadrupole hyper¯ne interaction measure- ments were carried out using 111In ¡!111 Cd and 181Hf ¡!181 Ta radioactive probe nuclei. The samples were prepared through a chemical route known as Sol-Gel technique and analyzed with x-ray di®raction. Both nuclei were introduced in to the perovskite samples during the chemical procedure. The thin ¯lms were provided by the Laboratory of Hyper¯ne Interactions at the University of 181Hf Lisbon and the probe nuclei was activated by the irradiation of the thin ¯lm in the reactor of IPEN IEA-R1 at an appropriate time regarding the thickness of the ¯lm. The measurements were taken in the temperature range from 4 K to 1560 K. The results for the perovskite oxides measurements show a site-dependence of the EFG with probe-nuclei occupation and a temperature dependence of EFG that can be explained if spins transitions in Co are considered. The results of EFG measurements in the 25 nm thin ¯lm of HfO2 show a second fraction besides that corresponding to bulk. https://doi.org/10.11606/T.85.2009.tde-05102009-143114info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:16:57Zoai:teses.usp.br:tde-05102009-143114Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212016-07-28T16:10Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Estudo de Interações Hiperfinas em Óxidos RCoO3 (R= Gd e Tb) e Filmes Finos de HfO2 por Meio da Técnica de Espectrospia de Correlação Angular Gama- Gama Perturbada
dc.title.alternative.en.fl_str_mv Hyper¯ne Interaction Study in RCoO3 (R = Gd and Tb) and HfO2 thin ¯lm oxides by Perturbed Angular Correlation Technique
title Estudo de Interações Hiperfinas em Óxidos RCoO3 (R= Gd e Tb) e Filmes Finos de HfO2 por Meio da Técnica de Espectrospia de Correlação Angular Gama- Gama Perturbada
spellingShingle Estudo de Interações Hiperfinas em Óxidos RCoO3 (R= Gd e Tb) e Filmes Finos de HfO2 por Meio da Técnica de Espectrospia de Correlação Angular Gama- Gama Perturbada
Fabio Henrique de Moraes Cavalcante
title_short Estudo de Interações Hiperfinas em Óxidos RCoO3 (R= Gd e Tb) e Filmes Finos de HfO2 por Meio da Técnica de Espectrospia de Correlação Angular Gama- Gama Perturbada
title_full Estudo de Interações Hiperfinas em Óxidos RCoO3 (R= Gd e Tb) e Filmes Finos de HfO2 por Meio da Técnica de Espectrospia de Correlação Angular Gama- Gama Perturbada
title_fullStr Estudo de Interações Hiperfinas em Óxidos RCoO3 (R= Gd e Tb) e Filmes Finos de HfO2 por Meio da Técnica de Espectrospia de Correlação Angular Gama- Gama Perturbada
title_full_unstemmed Estudo de Interações Hiperfinas em Óxidos RCoO3 (R= Gd e Tb) e Filmes Finos de HfO2 por Meio da Técnica de Espectrospia de Correlação Angular Gama- Gama Perturbada
title_sort Estudo de Interações Hiperfinas em Óxidos RCoO3 (R= Gd e Tb) e Filmes Finos de HfO2 por Meio da Técnica de Espectrospia de Correlação Angular Gama- Gama Perturbada
author Fabio Henrique de Moraes Cavalcante
author_facet Fabio Henrique de Moraes Cavalcante
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Artur Wilson Carbonari
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Roberta Nunes Attili Franzin
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Jose Mestnik Filho
dc.contributor.referee3.fl_str_mv Henrique Saitovich
dc.contributor.referee4.fl_str_mv Rajendra Narain Saxena
dc.contributor.author.fl_str_mv Fabio Henrique de Moraes Cavalcante
contributor_str_mv Artur Wilson Carbonari
Roberta Nunes Attili Franzin
Jose Mestnik Filho
Henrique Saitovich
Rajendra Narain Saxena
description O presente trabalho estudou os efeitos das intera»c~oes hiper¯nas em dois sistemas de ¶oxidos: RCoO3 (R = Gd e Tb) com estrutura perovskita e ¯lmes ¯nos monocristalinos de HfO2 por meio da t¶ecnica de Correla»c~ao Angular Gama-Gama Perturbada (CAP), com o objetivo de fazer um estudo sistem¶atico do comportamento da varia»c~ao do gradiente de campo el¶etrico em fun»c~ao da temperatura. Para realiza»c~ao das medidas de intera»c~oes de quadrupolo el¶etrico utilizamos como de pontas de prova os n¶ucleos 111In ¡!111 Cd e o 181Hf ¡!181 Ta. As amostras de perovskitas foram confeccionadas por meio de um processo qu¶³mico denominado Sol-Gel e as an¶alises foram realizadas com aux¶³lio de difra»c~ao de raios-X. As pontas de prova foram inseridas nas solu»c~oes qu¶³micas durante o preparo das amostras. Os ¯lmes ¯nos foram fornecidos pelo Laborat¶orio de Intera»c~oes Hiper¯nas da Universidade de Lisboa e a ponta de prova de 181Hf foi ativada por meio da irradia»c~ao do ¯lme ¯no no reator IEA-R1 do IPEN no tempo adequado a espessura do ¯lme. As medidas foram realizadas na faixa de temperatura de 10 - 1560 K. Os resultados das medidas das amostras de perovskita indicam uma depend^encia do GCE com o s¶³tio de ocupa»c~ao dos ¶atomos da ponta de prova e uma varia»c~ao do GCE com a temperatura, que pode ser explicada por transi»c~oes de spins no ¶atomo de Co. As medidas do GCE dos ¯lmes ¯nos com mesma espessura apresentam uma segunda fra»c~ao, al¶em daquela correspondente a freqÄu^encia da HfO2 em amostras de bulk.
publishDate 2009
dc.date.issued.fl_str_mv 2009-03-10
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
format doctoralThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/T.85.2009.tde-05102009-143114
url https://doi.org/10.11606/T.85.2009.tde-05102009-143114
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Tecnologia Nuclear
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376586201661440