Aspectos psicológicos associados a reganho e excesso de peso em pessoas submetidas a cirurgia bariátrica

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2023
Autor(a) principal: Jogilmira Macêdo Silva Mendes
Orientador(a): Francisco Lotufo Neto
Banca de defesa: Leorides Severo Duarte Guerra, Gilvânia Smith da Nóbrega Morais, Avelino Luiz Rodrigues, Antonio de Padua Serafim
Tipo de documento: Tese
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Psicologia Clínica
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/T.47.2023.tde-05092023-180416
Resumo: O reganho e excesso de peso em indivíduos bariátricos são considerados um grande desafio para os profissionais de saúde envolvidos na assistência. Este estudo objetivou analisar a relação entre os aspectos psicológicos de indivíduos submetidos a cirurgia bariátrica quanto ao reganho e ao excesso de peso. Trata-se de um estudo analítico correlacional de corte transversal, conduzido na abordagem quantitativa, que utilizou uma revisão integrativa, precedido por estudos descritivos. Para o desenvolvimento da revisão integrativa da literatura, foi feito um levantamento dos manuscritos nas seguintes bases de dados: MEDLINE/Pubmed, SCIELO, Index psicologia, CINAHL e EMBASE, abrangendo toda literatura acerca da temática, até julho de 2020. Foram encontrados 2815 manuscritos, após filtragem, selecionou-se 8 artigos. Em seguida, foram elaborados estudos analíticos correlacionais de corte transversal, conduzidos na abordagem quantitativa, desenvolvidos com indivíduos operados pela equipe de cirurgia bariátrica do Centro de Tratamento Médico e Obesidade do Hospital Samaritano. A população do estudo foi composta por 2000 indivíduos submetidos à cirurgia bariátrica. Constituíram a amostra 121 indivíduos selecionados por amostragem aleatória. A coleta de dados foi estruturada de forma online, com inclusão dos instrumentos na plataforma Google Forms e divulgada em plataformas digitais, no período de outubro de 2020 a setembro de 2022. Utilizou-se formulário estruturado para coleta de dados sociodemográficos e clínicos. Para avaliar os transtornos psicológicos, foram utilizadas algumas escalas, como a Escala de Compulsão Alimentar Periódica (ECAP), a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão - EHAD e a Escala de Audit. Os dados foram processados através do software JAMOVI (V2.3), baseado em análise descritiva, incluindo média e desvio padrão para as variáveis quantitativas, e frequências absolutas e relativas para as variáveis qualitativas. A distribuição dos dados foi verificada pelo teste Shapiro Wilks e técnicas de exploração visual. Para comparar os desfechos entre os grupos das variáveis qualitativas, foram aplicados os testes não paramétricos U-Mann Whitney para dois grupos e o teste de Kruskal Wallis para avaliação de três ou mais grupos. Para comparar a amostra, nas diferentes avaliações nos três momentos avaliados, foi utilizado o teste não paramétrico Friedman de medidas repetidas com as devidas comparações múltiplas pelo teste Wilcoxon para amostras dependentes e a correção nos testes post-hoc aplicada foi Holms. Para avaliar a relação entre os desfechos e os transtornos psicológicos foi utilizado o coeficiente de correlação de Spearman. No estudo, foi considerado um nível de significância de 5% (p <0,05). Os resultados apontam a necessidade de acompanhamento multiprofissional, a longo prazo, a fim de controlar os principais fatores determinantes para o reganho de peso. Percebeu-se que a cirurgia bariátrica é bastante eficaz para perda de peso e controle das comorbidades associadas à obesidade, destacando-se a hipertensão, a apneia do sono e a ansiedade. Dentre as comorbidades psiquiátricas, apenas a compulsão alimentar apresentou uma associação com o reganho e excesso de peso. Nesse sentido, enfatiza-se que a cirurgia bariátrica pode promover benefícios físicos e sociais e deve ser aliada ao monitoramento contínuo do acompanhamento multidisciplinar, a longo prazo, focando-se nos aspectos psicológicos da obesidade, que impactarão no sucesso da cirurgia.
id USP_b7fd6349066b6f11a5138f9075379c65
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-05092023-180416
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/doctoralThesis Aspectos psicológicos associados a reganho e excesso de peso em pessoas submetidas a cirurgia bariátrica Psychological aspects associated with regaining and excess weight in people undergoing Bariatric Surgery 2023-07-24Francisco Lotufo NetoLeorides Severo Duarte GuerraGilvânia Smith da Nóbrega MoraisAvelino Luiz RodriguesAntonio de Padua SerafimJogilmira Macêdo Silva MendesUniversidade de São PauloPsicologia ClínicaUSPBR Bariatric Surgery Cirurgia Bariátrica Mental disorders Obesidade Obesity Transtornos mentais O reganho e excesso de peso em indivíduos bariátricos são considerados um grande desafio para os profissionais de saúde envolvidos na assistência. Este estudo objetivou analisar a relação entre os aspectos psicológicos de indivíduos submetidos a cirurgia bariátrica quanto ao reganho e ao excesso de peso. Trata-se de um estudo analítico correlacional de corte transversal, conduzido na abordagem quantitativa, que utilizou uma revisão integrativa, precedido por estudos descritivos. Para o desenvolvimento da revisão integrativa da literatura, foi feito um levantamento dos manuscritos nas seguintes bases de dados: MEDLINE/Pubmed, SCIELO, Index psicologia, CINAHL e EMBASE, abrangendo toda literatura acerca da temática, até julho de 2020. Foram encontrados 2815 manuscritos, após filtragem, selecionou-se 8 artigos. Em seguida, foram elaborados estudos analíticos correlacionais de corte transversal, conduzidos na abordagem quantitativa, desenvolvidos com indivíduos operados pela equipe de cirurgia bariátrica do Centro de Tratamento Médico e Obesidade do Hospital Samaritano. A população do estudo foi composta por 2000 indivíduos submetidos à cirurgia bariátrica. Constituíram a amostra 121 indivíduos selecionados por amostragem aleatória. A coleta de dados foi estruturada de forma online, com inclusão dos instrumentos na plataforma Google Forms e divulgada em plataformas digitais, no período de outubro de 2020 a setembro de 2022. Utilizou-se formulário estruturado para coleta de dados sociodemográficos e clínicos. Para avaliar os transtornos psicológicos, foram utilizadas algumas escalas, como a Escala de Compulsão Alimentar Periódica (ECAP), a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão - EHAD e a Escala de Audit. Os dados foram processados através do software JAMOVI (V2.3), baseado em análise descritiva, incluindo média e desvio padrão para as variáveis quantitativas, e frequências absolutas e relativas para as variáveis qualitativas. A distribuição dos dados foi verificada pelo teste Shapiro Wilks e técnicas de exploração visual. Para comparar os desfechos entre os grupos das variáveis qualitativas, foram aplicados os testes não paramétricos U-Mann Whitney para dois grupos e o teste de Kruskal Wallis para avaliação de três ou mais grupos. Para comparar a amostra, nas diferentes avaliações nos três momentos avaliados, foi utilizado o teste não paramétrico Friedman de medidas repetidas com as devidas comparações múltiplas pelo teste Wilcoxon para amostras dependentes e a correção nos testes post-hoc aplicada foi Holms. Para avaliar a relação entre os desfechos e os transtornos psicológicos foi utilizado o coeficiente de correlação de Spearman. No estudo, foi considerado um nível de significância de 5% (p <0,05). Os resultados apontam a necessidade de acompanhamento multiprofissional, a longo prazo, a fim de controlar os principais fatores determinantes para o reganho de peso. Percebeu-se que a cirurgia bariátrica é bastante eficaz para perda de peso e controle das comorbidades associadas à obesidade, destacando-se a hipertensão, a apneia do sono e a ansiedade. Dentre as comorbidades psiquiátricas, apenas a compulsão alimentar apresentou uma associação com o reganho e excesso de peso. Nesse sentido, enfatiza-se que a cirurgia bariátrica pode promover benefícios físicos e sociais e deve ser aliada ao monitoramento contínuo do acompanhamento multidisciplinar, a longo prazo, focando-se nos aspectos psicológicos da obesidade, que impactarão no sucesso da cirurgia. Late regain and excess weight in bariatric individuals is considered a major challenge for health professionals involved in care. This study aimed to analyze the relationship between the psychological aspects of bariatric individuals and late regain and excess weight. This is a cross-sectional correlational analytical study, conducted using a quantitative approach, which used an integrative review, preceded by descriptive studies. For the development of the integrative literature review, a survey of the manuscripts was carried out in the following databases: MEDLINE/Pubmed, SCIELO, Index Psicologia, CINAHL and EMBASE covering all literature on the subject until July 2020, 2815 manuscripts were found, after filtering, 8 articles were selected. Then, cross-sectional correlational analytical studies were carried out, conducted using a quantitative approach, developed with individuals operated on by the bariatric surgery team at the Center for Medical Treatment and Obesity at Hospital Samaritano. The study population consisted of 2000 individuals undergoing bariatric surgery. The sample consisted of 121 individuals selected by random sampling. Data collection was structured online, including instruments on the Google Forms platform and disseminated on digital platforms, from October 2020 to September 2022. A structured form was used to collect sociodemographic and clinical data. To assess psychological disorders, some scales were used, such as the Periodic Eating Compulsion Scale (ECAP), the Hospital Anxiety and Depression Scale - EHAD and the Audit Scale. Data were processed using the JAMOVI software (V2.3), based on descriptive analysis including mean and standard deviation for quantitative variables, and absolute and relative frequencies for qualitative variables. Data distribution was verified using the Shapiro Wilks test and visual exploration techniques. To compare the outcomes between the groups of qualitative variables, the non-parametric U-Mann Whitney tests were applied for two groups and the Kruskal Wallis test for the evaluation of three or more groups. To compare the sample in the different evaluations in the three evaluated moments, the non-parametric Friedman test of repeated measures was used with the appropriate multiple comparisons by the Wilcoxon test for dependent samples and the correction in the post-hoc tests applied was Holms. To assess the relationship between outcomes and psychological disorders, Spearman\'s correlation coefficient was used. In the study, a significance level of 5% was considered (p <0.05). The results point to the need for multidisciplinary long-term monitoring in order to control the main determining factors for weight regain. It is noticed that bariatric surgery is quite effective for weight loss and control of comorbidities associated with obesity, with emphasis on hypertension, sleep apnea and anxiety. Among the psychiatric comorbidities, only binge eating was associated with regaining weight and being overweight. In this sense, it is emphasized that bariatric surgery can promote physical and social benefits and should be combined with continuous monitoring of long-term multidisciplinary follow-up, focused on the psychological aspects of obesity, which will impact the success of the surgery. https://doi.org/10.11606/T.47.2023.tde-05092023-180416info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:16:51Zoai:teses.usp.br:tde-05092023-180416Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212023-09-15T20:35:02Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Aspectos psicológicos associados a reganho e excesso de peso em pessoas submetidas a cirurgia bariátrica
dc.title.alternative.en.fl_str_mv Psychological aspects associated with regaining and excess weight in people undergoing Bariatric Surgery
title Aspectos psicológicos associados a reganho e excesso de peso em pessoas submetidas a cirurgia bariátrica
spellingShingle Aspectos psicológicos associados a reganho e excesso de peso em pessoas submetidas a cirurgia bariátrica
Jogilmira Macêdo Silva Mendes
title_short Aspectos psicológicos associados a reganho e excesso de peso em pessoas submetidas a cirurgia bariátrica
title_full Aspectos psicológicos associados a reganho e excesso de peso em pessoas submetidas a cirurgia bariátrica
title_fullStr Aspectos psicológicos associados a reganho e excesso de peso em pessoas submetidas a cirurgia bariátrica
title_full_unstemmed Aspectos psicológicos associados a reganho e excesso de peso em pessoas submetidas a cirurgia bariátrica
title_sort Aspectos psicológicos associados a reganho e excesso de peso em pessoas submetidas a cirurgia bariátrica
author Jogilmira Macêdo Silva Mendes
author_facet Jogilmira Macêdo Silva Mendes
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Francisco Lotufo Neto
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Leorides Severo Duarte Guerra
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Gilvânia Smith da Nóbrega Morais
dc.contributor.referee3.fl_str_mv Avelino Luiz Rodrigues
dc.contributor.referee4.fl_str_mv Antonio de Padua Serafim
dc.contributor.author.fl_str_mv Jogilmira Macêdo Silva Mendes
contributor_str_mv Francisco Lotufo Neto
Leorides Severo Duarte Guerra
Gilvânia Smith da Nóbrega Morais
Avelino Luiz Rodrigues
Antonio de Padua Serafim
description O reganho e excesso de peso em indivíduos bariátricos são considerados um grande desafio para os profissionais de saúde envolvidos na assistência. Este estudo objetivou analisar a relação entre os aspectos psicológicos de indivíduos submetidos a cirurgia bariátrica quanto ao reganho e ao excesso de peso. Trata-se de um estudo analítico correlacional de corte transversal, conduzido na abordagem quantitativa, que utilizou uma revisão integrativa, precedido por estudos descritivos. Para o desenvolvimento da revisão integrativa da literatura, foi feito um levantamento dos manuscritos nas seguintes bases de dados: MEDLINE/Pubmed, SCIELO, Index psicologia, CINAHL e EMBASE, abrangendo toda literatura acerca da temática, até julho de 2020. Foram encontrados 2815 manuscritos, após filtragem, selecionou-se 8 artigos. Em seguida, foram elaborados estudos analíticos correlacionais de corte transversal, conduzidos na abordagem quantitativa, desenvolvidos com indivíduos operados pela equipe de cirurgia bariátrica do Centro de Tratamento Médico e Obesidade do Hospital Samaritano. A população do estudo foi composta por 2000 indivíduos submetidos à cirurgia bariátrica. Constituíram a amostra 121 indivíduos selecionados por amostragem aleatória. A coleta de dados foi estruturada de forma online, com inclusão dos instrumentos na plataforma Google Forms e divulgada em plataformas digitais, no período de outubro de 2020 a setembro de 2022. Utilizou-se formulário estruturado para coleta de dados sociodemográficos e clínicos. Para avaliar os transtornos psicológicos, foram utilizadas algumas escalas, como a Escala de Compulsão Alimentar Periódica (ECAP), a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão - EHAD e a Escala de Audit. Os dados foram processados através do software JAMOVI (V2.3), baseado em análise descritiva, incluindo média e desvio padrão para as variáveis quantitativas, e frequências absolutas e relativas para as variáveis qualitativas. A distribuição dos dados foi verificada pelo teste Shapiro Wilks e técnicas de exploração visual. Para comparar os desfechos entre os grupos das variáveis qualitativas, foram aplicados os testes não paramétricos U-Mann Whitney para dois grupos e o teste de Kruskal Wallis para avaliação de três ou mais grupos. Para comparar a amostra, nas diferentes avaliações nos três momentos avaliados, foi utilizado o teste não paramétrico Friedman de medidas repetidas com as devidas comparações múltiplas pelo teste Wilcoxon para amostras dependentes e a correção nos testes post-hoc aplicada foi Holms. Para avaliar a relação entre os desfechos e os transtornos psicológicos foi utilizado o coeficiente de correlação de Spearman. No estudo, foi considerado um nível de significância de 5% (p <0,05). Os resultados apontam a necessidade de acompanhamento multiprofissional, a longo prazo, a fim de controlar os principais fatores determinantes para o reganho de peso. Percebeu-se que a cirurgia bariátrica é bastante eficaz para perda de peso e controle das comorbidades associadas à obesidade, destacando-se a hipertensão, a apneia do sono e a ansiedade. Dentre as comorbidades psiquiátricas, apenas a compulsão alimentar apresentou uma associação com o reganho e excesso de peso. Nesse sentido, enfatiza-se que a cirurgia bariátrica pode promover benefícios físicos e sociais e deve ser aliada ao monitoramento contínuo do acompanhamento multidisciplinar, a longo prazo, focando-se nos aspectos psicológicos da obesidade, que impactarão no sucesso da cirurgia.
publishDate 2023
dc.date.issued.fl_str_mv 2023-07-24
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
format doctoralThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/T.47.2023.tde-05092023-180416
url https://doi.org/10.11606/T.47.2023.tde-05092023-180416
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Psicologia Clínica
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376585564127232