Papel de ciclina D1 na interação entre FGF-2, ACTH e outros peptídeos na sinalização em células adrenocorticais Y-1

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2001
Autor(a) principal: Telma Tiemi Schwindt
Orientador(a): Hugo Aguirre Armelin
Banca de defesa: Pedro Soares de Araujo, Paulo Lee Ho, Antonio Roberto Martins, João Bosco Pesquero, Bryan Eric Strauss
Tipo de documento: Tese
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Ciências Biológicas (Bioquímica)
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/T.46.2019.tde-23042019-165525
Resumo: O principal controle do ciclo celular de mamíferos, que é dividido em G0/G1/S/G2/M, ocorre na transição G0→G1→S. Nesta tese mostramos que a proteína ciclina D1 desempenha um papel fundamental nos circuitos de transdução de sinais que regulam a transição G0→G1→S na linhagem Y-1 de células adrenocorticais de camundongo. Esta conclusão não é surpreendente, uma vez que, ao longo dos últimos anos, muitos laboratórios contribuíram para estabelecer a noção de que a atividade das diversas formas do complexo ciclina/CDK é essencial para a transição G0→G1→S, e também para outras etapas do ciclo celular. Em células Y-1, FGF-2 induz tardiamente (5-6h) a expressão do gene e da proteína ciclina D 1, através de um processo dependente de síntese de proteínas. Peptídeos hipofisários não identificados e vasopressina bloqueiam a indução de ciclina DI, antagonizando FGF-2. Por este mecanismo, vasopressina exerce um efeito anti-mitótico, bloqueando a transição G0→G1→S promovida por FGF-2. ACTH, que também exibe um forte efeito anti-mitótico sobre FGF-2 não afeta a indução de ciclina D1. A transfecção dupla de uma forma induzível de c-Myc (MycER) e constitutiva do cDNA de ciclina D1, em presença de ACTH mimetiza a ação mitogênica de FGF-2 em células Y-1 no estado G0. Estes resultados mostram que, em células adrenocorticais, c-Fos, c-Jun, c-Myc e ciclina D1 agem de forma independente e complementar, sendo necessários para a transição G0→G1→S do ciclo celular.
id USP_f44a37ee73a12f48492d851b1199b934
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-23042019-165525
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/doctoralThesis Papel de ciclina D1 na interação entre FGF-2, ACTH e outros peptídeos na sinalização em células adrenocorticais Y-1 Role of cyclin D1 in the interaction between FGF-2, ACTH and other peptides in Y-1 adrenocortical cell signaling 2001-11-20Hugo Aguirre ArmelinPedro Soares de AraujoPaulo Lee HoAntonio Roberto MartinsJoão Bosco PesqueroBryan Eric StraussTelma Tiemi SchwindtUniversidade de São PauloCiências Biológicas (Bioquímica)USPBR Biologia celular Biologia molecular Cell cycle Cell signaling (Cellular cycle) Células Y-1 Ciclinas Ciclo celular Ciclo celular (Controle; Fases) Cyclins Expression vectors Fatores de crescimento Growth factors Sinalização celular Vetores de expressão Y-1 cells O principal controle do ciclo celular de mamíferos, que é dividido em G0/G1/S/G2/M, ocorre na transição G0→G1→S. Nesta tese mostramos que a proteína ciclina D1 desempenha um papel fundamental nos circuitos de transdução de sinais que regulam a transição G0→G1→S na linhagem Y-1 de células adrenocorticais de camundongo. Esta conclusão não é surpreendente, uma vez que, ao longo dos últimos anos, muitos laboratórios contribuíram para estabelecer a noção de que a atividade das diversas formas do complexo ciclina/CDK é essencial para a transição G0→G1→S, e também para outras etapas do ciclo celular. Em células Y-1, FGF-2 induz tardiamente (5-6h) a expressão do gene e da proteína ciclina D 1, através de um processo dependente de síntese de proteínas. Peptídeos hipofisários não identificados e vasopressina bloqueiam a indução de ciclina DI, antagonizando FGF-2. Por este mecanismo, vasopressina exerce um efeito anti-mitótico, bloqueando a transição G0→G1→S promovida por FGF-2. ACTH, que também exibe um forte efeito anti-mitótico sobre FGF-2 não afeta a indução de ciclina D1. A transfecção dupla de uma forma induzível de c-Myc (MycER) e constitutiva do cDNA de ciclina D1, em presença de ACTH mimetiza a ação mitogênica de FGF-2 em células Y-1 no estado G0. Estes resultados mostram que, em células adrenocorticais, c-Fos, c-Jun, c-Myc e ciclina D1 agem de forma independente e complementar, sendo necessários para a transição G0→G1→S do ciclo celular. The main control of mammalian cell cycle, which is divided in G0/G1/S/G2/M, occurs in G0→G1→S transition. In this work we show that cyclin D1 protein plays a key role in signal transduction circuits underlying the G0→G1→S transition of mouse Y-1 adrenocortical cell line. This conclusion is not surprising, once in the last years, many laboratories have contributed to establish the notion that the activity of the distinct forms of cyclin/CDK complexes is essential for the G0→G1→S transition, and also for other phases transition of cell cycle. In Y-1 cells, FGF-2 causes a delayed (5-6h) induction of cyclin D1 gene and protein, through a process dependent on protein synthesis. Hypophisary peptides, not identified, as well as vasopressin, block cyclin D1 induction, antagonizing FGF-2. By this mechanism, vasopressin exert an antimitotic effect, blocking G0→G1→S transition promoted by FGF-2. ACTH, which also exhibit a strong anti-mitotic effect upon FGF-2, does not affect cyclin D1 induction. Double transfection of inducible c-Myc (MycER) and constitutive cyclin D1 cDNA, in the presence of ACTH, mimics the mitogenic action of FGF-2 in G0 Y-1 cells. Altogether, these results show that, in adrenocortical cells, c-Fos, c-Jun, c-Myc and cyclin D1 act in an independent and complementary manner, being necessary for the G0→G1→S transition of cell cycle. https://doi.org/10.11606/T.46.2019.tde-23042019-165525info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T19:57:41Zoai:teses.usp.br:tde-23042019-165525Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212019-06-07T17:47:31Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Papel de ciclina D1 na interação entre FGF-2, ACTH e outros peptídeos na sinalização em células adrenocorticais Y-1
dc.title.alternative.en.fl_str_mv Role of cyclin D1 in the interaction between FGF-2, ACTH and other peptides in Y-1 adrenocortical cell signaling
title Papel de ciclina D1 na interação entre FGF-2, ACTH e outros peptídeos na sinalização em células adrenocorticais Y-1
spellingShingle Papel de ciclina D1 na interação entre FGF-2, ACTH e outros peptídeos na sinalização em células adrenocorticais Y-1
Telma Tiemi Schwindt
title_short Papel de ciclina D1 na interação entre FGF-2, ACTH e outros peptídeos na sinalização em células adrenocorticais Y-1
title_full Papel de ciclina D1 na interação entre FGF-2, ACTH e outros peptídeos na sinalização em células adrenocorticais Y-1
title_fullStr Papel de ciclina D1 na interação entre FGF-2, ACTH e outros peptídeos na sinalização em células adrenocorticais Y-1
title_full_unstemmed Papel de ciclina D1 na interação entre FGF-2, ACTH e outros peptídeos na sinalização em células adrenocorticais Y-1
title_sort Papel de ciclina D1 na interação entre FGF-2, ACTH e outros peptídeos na sinalização em células adrenocorticais Y-1
author Telma Tiemi Schwindt
author_facet Telma Tiemi Schwindt
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Hugo Aguirre Armelin
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Pedro Soares de Araujo
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Paulo Lee Ho
dc.contributor.referee3.fl_str_mv Antonio Roberto Martins
dc.contributor.referee4.fl_str_mv João Bosco Pesquero
dc.contributor.referee5.fl_str_mv Bryan Eric Strauss
dc.contributor.author.fl_str_mv Telma Tiemi Schwindt
contributor_str_mv Hugo Aguirre Armelin
Pedro Soares de Araujo
Paulo Lee Ho
Antonio Roberto Martins
João Bosco Pesquero
Bryan Eric Strauss
description O principal controle do ciclo celular de mamíferos, que é dividido em G0/G1/S/G2/M, ocorre na transição G0→G1→S. Nesta tese mostramos que a proteína ciclina D1 desempenha um papel fundamental nos circuitos de transdução de sinais que regulam a transição G0→G1→S na linhagem Y-1 de células adrenocorticais de camundongo. Esta conclusão não é surpreendente, uma vez que, ao longo dos últimos anos, muitos laboratórios contribuíram para estabelecer a noção de que a atividade das diversas formas do complexo ciclina/CDK é essencial para a transição G0→G1→S, e também para outras etapas do ciclo celular. Em células Y-1, FGF-2 induz tardiamente (5-6h) a expressão do gene e da proteína ciclina D 1, através de um processo dependente de síntese de proteínas. Peptídeos hipofisários não identificados e vasopressina bloqueiam a indução de ciclina DI, antagonizando FGF-2. Por este mecanismo, vasopressina exerce um efeito anti-mitótico, bloqueando a transição G0→G1→S promovida por FGF-2. ACTH, que também exibe um forte efeito anti-mitótico sobre FGF-2 não afeta a indução de ciclina D1. A transfecção dupla de uma forma induzível de c-Myc (MycER) e constitutiva do cDNA de ciclina D1, em presença de ACTH mimetiza a ação mitogênica de FGF-2 em células Y-1 no estado G0. Estes resultados mostram que, em células adrenocorticais, c-Fos, c-Jun, c-Myc e ciclina D1 agem de forma independente e complementar, sendo necessários para a transição G0→G1→S do ciclo celular.
publishDate 2001
dc.date.issued.fl_str_mv 2001-11-20
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
format doctoralThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/T.46.2019.tde-23042019-165525
url https://doi.org/10.11606/T.46.2019.tde-23042019-165525
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Ciências Biológicas (Bioquímica)
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786377083904065536