Detecção e caracterização bioquímica e molecular de Bacillus Cereus em grãos

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2012
Autor(a) principal: Reis, Valquíria Boff Martelo
Orientador(a): Delamare, Ana Paula Longaray, Laurino, Jomar Pereira
Banca de defesa: Não Informado pela instituição
Tipo de documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Não Informado pela instituição
Programa de Pós-Graduação: Não Informado pela instituição
Departamento: Não Informado pela instituição
País: Não Informado pela instituição
Palavras-chave em Português:
Link de acesso: https://repositorio.ucs.br/handle/11338/667
Resumo: O Bacillus cereus é um microrganismo com ampla distribuição na natureza estando presente no solo, poeira e água, sendo caracterizado pela formação de esporos, possui potencial patogênico e deteriorante. Em condições favoráveis, esse microrganismo produz enzimas que confere características sensoriais indesejáveis e produz toxinas numa grande variedade de alimentos, principalmente em cereais e derivados. Estas toxinas produzidas são responsáveis pela ocorrência de intoxicação alimentar. Desta forma, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a presença de B. cereus de cereais destinados a produção de alimentos farináceos, realizar o isolamento destas bactérias quando presentes nas amostras testadas e avaliar a presença de genes relacionados aos fatores de virulência nestes isolados. Para tanto foram avaliadas 130 amostras de cereais obtidos de uma empresa processadora de grãos, sendo que deste total, 54 isolados apresentaram positividade para B. cereus. Foram realizados os testes bioquímicos de motilidade, hemolisina, decomposição da tirosina, redução do nitrato a nitrito, crescimento rizóide e corpúsculos de inclusão cristalina, para confirmação dos isolados. Dos 54 isolados, 5 foram reclassificados como Bacillus thuringiensis e 2 como Bacillus megaterium. Quanto a caracterização molecular, todos os isolados foram submetidos a análise de PCR por BOX, REP e ERIC – PCR, visto que nenhuma das técnicas apresentou diferença significativa quanto a separação do B. cereus. Os isolados foram avaliados quanto aos fatores patogênicos para os genes Bcet, Piplc, NheB, EntB, HbA e Sph, onde o grupo do arroz foi o que apresentou maior número de genes positivos. Do total dos isolados avaliados, os genes HblA e NheB foram os que apresentaram maiores números de isolados positivos. Os dados obtidos nesse trabalho evidenciaram que os genes de patogenicidade de B. cereus estão amplamente distribuídos entre os grupos que contaminam os cereais e derivados.
id UCS_5d4b780de3bf975f416ec21cd2254c29
oai_identifier_str oai:repositorio.ucs.br:11338/667
network_acronym_str UCS
network_name_str Repositório Institucional da UCS
repository_id_str
spelling Reis, Valquíria Boff MarteloCansian, Rogério LuísValduga, EuniceCamassola, MarliDelamare, Ana Paula LongarayLaurino, Jomar Pereira2014-06-12T11:44:41Z2014-06-12T11:44:41Z2014-06-122012-12-14https://repositorio.ucs.br/handle/11338/667O Bacillus cereus é um microrganismo com ampla distribuição na natureza estando presente no solo, poeira e água, sendo caracterizado pela formação de esporos, possui potencial patogênico e deteriorante. Em condições favoráveis, esse microrganismo produz enzimas que confere características sensoriais indesejáveis e produz toxinas numa grande variedade de alimentos, principalmente em cereais e derivados. Estas toxinas produzidas são responsáveis pela ocorrência de intoxicação alimentar. Desta forma, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a presença de B. cereus de cereais destinados a produção de alimentos farináceos, realizar o isolamento destas bactérias quando presentes nas amostras testadas e avaliar a presença de genes relacionados aos fatores de virulência nestes isolados. Para tanto foram avaliadas 130 amostras de cereais obtidos de uma empresa processadora de grãos, sendo que deste total, 54 isolados apresentaram positividade para B. cereus. Foram realizados os testes bioquímicos de motilidade, hemolisina, decomposição da tirosina, redução do nitrato a nitrito, crescimento rizóide e corpúsculos de inclusão cristalina, para confirmação dos isolados. Dos 54 isolados, 5 foram reclassificados como Bacillus thuringiensis e 2 como Bacillus megaterium. Quanto a caracterização molecular, todos os isolados foram submetidos a análise de PCR por BOX, REP e ERIC – PCR, visto que nenhuma das técnicas apresentou diferença significativa quanto a separação do B. cereus. Os isolados foram avaliados quanto aos fatores patogênicos para os genes Bcet, Piplc, NheB, EntB, HbA e Sph, onde o grupo do arroz foi o que apresentou maior número de genes positivos. Do total dos isolados avaliados, os genes HblA e NheB foram os que apresentaram maiores números de isolados positivos. Os dados obtidos nesse trabalho evidenciaram que os genes de patogenicidade de B. cereus estão amplamente distribuídos entre os grupos que contaminam os cereais e derivados.The Bacillus cereus is an organism widely distributed in nature and is present in soil, dust and water. This bacterium is characterized by spores formation and food deteriorating and pathogenic potential. Under favorable conditions, this microorganism produces enzymes that confer undesirable sensory characteristics and toxins in a wide variety of foods, mainly in cereals and derivatives. These toxins produced are responsible for the occurrence of food poisoning. This study aims to evaluate the presence and isolate of B. cereus on grains for the production of food starches, as well the evaluate the presence of genes related to virulence factors on these isolates. Therefore, it was evaluated 130 samples obtained from a cereal grain processing company, 54 isolates were positive for B. cereus. Biochemical tests were realized for motility, haemolysin, tyrosine decomposition, reduction of nitrate to nitrite, type of growth and corpuscles crystalline inclusion. Seven samples of 54 isolates were reclassified as 5 B. thuringiensis and 2 B. megaterium. As the molecular characterization, all isolates were analyzed by PCR BOX, REP and ERIC - PCR, whereas none of the techniques presented significant difference separating B. cereus. The isolates were also evaluated for presence of pathogenic factors genes Bcet, PIPLC, NheB, EntB, HbA and Sph, where the group from rice isolates showed the highest number of positive genes. The HblA and NheB genes were the most prevalence on the isolates. The data obtained in this study showed that genes for pathogenicity of B. cereus are widely distributed among the groups that contaminate cereals and derivatives.Alimentos - MicrobiologiaBiotecnologiaDetecção e caracterização bioquímica e molecular de Bacillus Cereus em grãosinfo:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesisporreponame:Repositório Institucional da UCSinstname:Universidade de Caxias do Sul (UCS)instacron:UCSinfo:eu-repo/semantics/openAccessUniversidade de Caxias do Sulhttp://lattes.cnpq.br/7434320765754782MARTELO, V. B.Programa de Pós-Graduação em BiotecnologiaTEXTDissertacao Valquíria Boff Martelo Reis.pdf.txtDissertacao Valquíria Boff Martelo Reis.pdf.txtExtracted texttext/plain120402https://repositorio.ucs.br/xmlui/bitstream/11338/667/3/Dissertacao%20Valqu%c3%adria%20Boff%20Martelo%20Reis.pdf.txt1369a6c7d2f9474469f23df142739555MD53THUMBNAILDissertacao Valquíria Boff Martelo Reis.pdf.jpgDissertacao Valquíria Boff Martelo Reis.pdf.jpgGenerated Thumbnailimage/jpeg1380https://repositorio.ucs.br/xmlui/bitstream/11338/667/4/Dissertacao%20Valqu%c3%adria%20Boff%20Martelo%20Reis.pdf.jpg04d868204161f2eda768a87a370aaad7MD54ORIGINALDissertacao Valquíria Boff Martelo Reis.pdfDissertacao Valquíria Boff Martelo Reis.pdfapplication/pdf1975642https://repositorio.ucs.br/xmlui/bitstream/11338/667/1/Dissertacao%20Valqu%c3%adria%20Boff%20Martelo%20Reis.pdf007f34e5e4fa26dbe52638a46e5918ddMD51LICENSElicense.txtlicense.txttext/plain; charset=utf-8279https://repositorio.ucs.br/xmlui/bitstream/11338/667/2/license.txtdeeb8fa550aaa0758114cbdeb0c0955dMD5211338/6672018-08-17 06:07:34.707oai:repositorio.ucs.br:11338/667IERlY2xhcmEgcXVlIG8gZG9jdW1lbnRvIGVudHJlZ3VlIMOpIHNldSB0cmFiYWxobyBvcmlnaW5hbCwgZSBxdWUgZGV0w6ltIG8gZGlyZWl0byBkZSBjb25jZWRlciBvcyBkaXJlaXRvcyBjb250aWRvcyBuZXN0YSBsaWNlbsOnYS4gCiBEZWNsYXJhIHRhbWLDqW0gcXVlIGEgZW50cmVnYSBkbyBkb2N1bWVudG8gbsOjbyBpbmZyaW5nZSwgdGFudG8gcXVhbnRvIGxoZSDDqSBwb3Nzw612ZWwgc2FiZXIsIG9zIGRpcmVpdG9zIGRlIHF1YWxxdWVyIG91dHJhIHBlc3NvYSBvdSBlbnRpZGFkZS4KRepositório de Publicaçõeshttp://repositorio.ucs.br/oai/requestopendoar:2018-08-17T06:07:34Repositório Institucional da UCS - Universidade de Caxias do Sul (UCS)false
dc.title.pt_BR.fl_str_mv Detecção e caracterização bioquímica e molecular de Bacillus Cereus em grãos
title Detecção e caracterização bioquímica e molecular de Bacillus Cereus em grãos
spellingShingle Detecção e caracterização bioquímica e molecular de Bacillus Cereus em grãos
Reis, Valquíria Boff Martelo
Alimentos - Microbiologia
Biotecnologia
title_short Detecção e caracterização bioquímica e molecular de Bacillus Cereus em grãos
title_full Detecção e caracterização bioquímica e molecular de Bacillus Cereus em grãos
title_fullStr Detecção e caracterização bioquímica e molecular de Bacillus Cereus em grãos
title_full_unstemmed Detecção e caracterização bioquímica e molecular de Bacillus Cereus em grãos
title_sort Detecção e caracterização bioquímica e molecular de Bacillus Cereus em grãos
author Reis, Valquíria Boff Martelo
author_facet Reis, Valquíria Boff Martelo
author_role author
dc.contributor.other.none.fl_str_mv Cansian, Rogério Luís
Valduga, Eunice
Camassola, Marli
dc.contributor.author.fl_str_mv Reis, Valquíria Boff Martelo
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Delamare, Ana Paula Longaray
Laurino, Jomar Pereira
contributor_str_mv Delamare, Ana Paula Longaray
Laurino, Jomar Pereira
dc.subject.por.fl_str_mv Alimentos - Microbiologia
Biotecnologia
topic Alimentos - Microbiologia
Biotecnologia
description O Bacillus cereus é um microrganismo com ampla distribuição na natureza estando presente no solo, poeira e água, sendo caracterizado pela formação de esporos, possui potencial patogênico e deteriorante. Em condições favoráveis, esse microrganismo produz enzimas que confere características sensoriais indesejáveis e produz toxinas numa grande variedade de alimentos, principalmente em cereais e derivados. Estas toxinas produzidas são responsáveis pela ocorrência de intoxicação alimentar. Desta forma, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a presença de B. cereus de cereais destinados a produção de alimentos farináceos, realizar o isolamento destas bactérias quando presentes nas amostras testadas e avaliar a presença de genes relacionados aos fatores de virulência nestes isolados. Para tanto foram avaliadas 130 amostras de cereais obtidos de uma empresa processadora de grãos, sendo que deste total, 54 isolados apresentaram positividade para B. cereus. Foram realizados os testes bioquímicos de motilidade, hemolisina, decomposição da tirosina, redução do nitrato a nitrito, crescimento rizóide e corpúsculos de inclusão cristalina, para confirmação dos isolados. Dos 54 isolados, 5 foram reclassificados como Bacillus thuringiensis e 2 como Bacillus megaterium. Quanto a caracterização molecular, todos os isolados foram submetidos a análise de PCR por BOX, REP e ERIC – PCR, visto que nenhuma das técnicas apresentou diferença significativa quanto a separação do B. cereus. Os isolados foram avaliados quanto aos fatores patogênicos para os genes Bcet, Piplc, NheB, EntB, HbA e Sph, onde o grupo do arroz foi o que apresentou maior número de genes positivos. Do total dos isolados avaliados, os genes HblA e NheB foram os que apresentaram maiores números de isolados positivos. Os dados obtidos nesse trabalho evidenciaram que os genes de patogenicidade de B. cereus estão amplamente distribuídos entre os grupos que contaminam os cereais e derivados.
publishDate 2012
dc.date.submitted.none.fl_str_mv 2012-12-14
dc.date.accessioned.fl_str_mv 2014-06-12T11:44:41Z
dc.date.available.fl_str_mv 2014-06-12T11:44:41Z
dc.date.issued.fl_str_mv 2014-06-12
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://repositorio.ucs.br/handle/11338/667
url https://repositorio.ucs.br/handle/11338/667
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Repositório Institucional da UCS
instname:Universidade de Caxias do Sul (UCS)
instacron:UCS
instname_str Universidade de Caxias do Sul (UCS)
instacron_str UCS
institution UCS
reponame_str Repositório Institucional da UCS
collection Repositório Institucional da UCS
bitstream.url.fl_str_mv https://repositorio.ucs.br/xmlui/bitstream/11338/667/3/Dissertacao%20Valqu%c3%adria%20Boff%20Martelo%20Reis.pdf.txt
https://repositorio.ucs.br/xmlui/bitstream/11338/667/4/Dissertacao%20Valqu%c3%adria%20Boff%20Martelo%20Reis.pdf.jpg
https://repositorio.ucs.br/xmlui/bitstream/11338/667/1/Dissertacao%20Valqu%c3%adria%20Boff%20Martelo%20Reis.pdf
https://repositorio.ucs.br/xmlui/bitstream/11338/667/2/license.txt
bitstream.checksum.fl_str_mv 1369a6c7d2f9474469f23df142739555
04d868204161f2eda768a87a370aaad7
007f34e5e4fa26dbe52638a46e5918dd
deeb8fa550aaa0758114cbdeb0c0955d
bitstream.checksumAlgorithm.fl_str_mv MD5
MD5
MD5
MD5
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da UCS - Universidade de Caxias do Sul (UCS)
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1798309146950369280